Histórico e Missão

Princípios e premissas do PIPGLA
O PROGRAMA INTERDISCIPLINAR DE PÓS-GRADUAÇÃO EM LINGUÍSTICA APLICADA (PIPGLA) da UFRJ tem como objetivo oferecer formação inter/transdisciplinar a profissionais que possam responder de forma ética e socialmente responsável a questões sócio-históricas contemporâneas nas quais a relação constituinte e constitutiva entre linguagem e sociedade tem papel central. Sua missão é formar mestres/as e doutores/as que trabalham com as diversas facetas da linguagem com vistas a fornecer à sociedade recursos humanos capacitados a atuar com base nos valores que guiam o ensino oferecido pelo Programa, notadamente, interdisciplinaridade, ética, responsividade social, criticidade, proatividade e solidariedade. Em seus 30 anos de existência, durante os quais se firmou como um centro de referência propositivo teórica, metodológica e epistemologicamente para o campo da Linguística Aplicada brasileira, o PIPGLA formou professores/as de língua materna e estrangeiras modernas, historiadores/as, designers, fonoaudiólogos/as, tradutores/as e intérpretes, professores/as de literatura (tanto de expressão em língua portuguesa quanto em línguas estrangeiras), artistas e ativistas sociais. Tais profissionais recebem uma formação que atravessa fronteiras entre campos de conhecimento com vistas a criar inteligibilidade sobre questões atuais nas quais a linguagem tem papel central.

Nos últimos anos, o PIPGLA vem ampliando e diversificando seu universo de pesquisa – cuja ênfase era no ensino e aprendizagem de línguas. O resultado de tal esforço é a incorporação de um leque abrangente de propostas investigativas que abarcam variados processos de letramento além do escolar, como, por exemplo, o computacional, o midiático e o literário que são investigados a partir de visadas teóricas que colocam teorizações sobre a linguagem em dialogo com outros campos do conhecimento. Sem se afastar dos interesses de pesquisa que lhe deram origem, o Programa se caracteriza atualmente pelo movimento responsivo às enormes transformações das práticas, paradigmas e produções sócio-discursivas contemporâneas. Pauta-se em uma visão de Linguística Aplicada como área de pesquisa não somente inter e transdisciplinar, mas, sobretudo, INdisciplinar.

Além disso, vincula a LA aos questionamentos e desafios colocados pelo momento histórico atual em face das mudanças em curso nos mais variados cenários, abordando-as em uma perspectiva trans-histórica e tendo como proposta de investigação a compreensão dos processos de uso da linguagem e de construção de sentido nos domínios micro-macro contextuais, em diferentes espaços sociais (institucionalizados ou não) e em diversos momentos históricos. Parte da premissa de que a linguagem é uma prática social e de que ao estudarmos como ela é empregada em diversos contextos de ação estamos estudando a sociedade e a cultura das quais ela é parte constituinte e constitutiva. Em vista disso, docentes do Programa utilizam um corpo teórico amplo com afinidades disciplinares múltiplas que, de forma inovadora, entrelaça e promove o diálogo entre várias áreas do conhecimento tais como Estudos da Linguagem, Literatura, Psicologia, Educação, Antropologia, Antropologia Linguística, Sociologia, Estudos Culturais, História, Filosofia, entre outros. Unindo os diferentes cursos, projetos de pesquisa e abordagens metodológicas que o integram, encontra-se o interesse pelos processos envolvidos na interação de participantes do discurso e nas diferentes formas de sociabilidades por eles construídas através de diferentes linguagens e sistemas semióticos.

Nossa Missão

O Programa Interdisciplinar de Pós-Graduação em Linguística Aplicada da UFRJ se orienta por uma tripla missão. Em primeiro lugar, busca formar pesquisadores/as que fortaleçam o campo da Linguística Aplicada e seu vínculo com os fenômenos sociais. O Programa também se propõe a qualificar docentes para o Ensino Superior em diferentes áreas que lindem com a questão da linguagem. Finalmente, o PIPGLA visa propiciar formação teórico-prática qualificada de profissionais que têm no uso da linguagem sua principal ferramenta de trabalho.

Visão

Partindo da premissa de que a linguagem é uma prática social e de que ao estudarmos como ela é empregada em uma diversidade de contextos de ação estamos estudando a sociedade e a cultura das quais ela é parte constituinte e constitutiva (BAKHTIN, 1953), o PIPGLA espera conseguir ampliar seu protagonismo, investigando, cada vez mais profundamente, práticas discursivas plurais que respondem às urgências da vida social.

Valores

O Programa Interdisciplinar de Linguística Aplicada da Faculdade de Letras da UFRJ se pauta por um conjunto de princípios nos quais encontra uma orientação condizente com sua proposta comprometida com a vida social. São eles: ética e transparência; integração; diversidade humana e cultural; e, comprometimento social.

COORDENAÇÃO

Coordenador:
Prof. Dr. Rodrigo Borba
Vice-Coordenadora:
Prof(a).  Dr(a). Branca Falabella Fabrício
Secretária:
Solange Tristão

ATENDIMENTO

segunda à sexta:
09h às 17h

Telefone:
21 3938-9701

E-mail:
laplicada.interdisciplinar@letras.ufrj.br

ENDEREÇO

Programa de Interdisciplinar de Linguística Aplicada  (PIPGLA)
Av. Horácio de Macedo, 2151. Sala F-317
Cidade Universitária — Faculdade de Letras da UFRJ.
CEP 21941-917.
Rio de Janeiro — RJ
LogoOuvidoria2 3 - Histórico e Missão
UFRJmarca 100 portal V3 - Histórico e Missão
logo letras horizontal 50 anos v3 - Histórico e Missão