dissertações

Quadrênio 2020 - 2017

Total de dissertações defendidas: 45

DISSERTAÇÕES DEFENDIDAS EM 2020

Total de dissertações defendidas: 6

Evelyn Nathasha Silva do Nascimento

Título: O círculo de leitura dialógico no ensino fundamental I

Orientador(a): Prof. Dr. Christine Siqueira Nicolaides

Coorientador(a): Prof. Dr. Adolfo Tanzi Neto

Páginas: 182

Resumo

A presente dissertação de mestrado investiga a agência de uma aprendiz de inglês como língua adicional (LAd) – imigrante brasileira que tem como língua materna o português, para a (re) construção identitária (AHEARN, 2001). O objetivo desta pesquisa, portanto, é propor uma reflexão sobre as crenças (BARCELOS, 2001) dessa participante que a levaram a tomar determinadas atitudes a fim de ter acesso à comunidade de prática pretendida (WENGER; McDERMOTT; SNYDER, 2002). Também, busco problematizar a relação entre suas crenças e agência que parecem ter lhe empoderado (BAQUERO, 2005), dando-lhe oportunidade de desenvolver sua autonomia (PAIVA, 2006) e (OXFORD, 2003) no que diz respeito à sua aprendizagem de LAd. Este estudo teve como instrumento para a geração de dados narrativas escritas (por e-mail), e com base nelas, foram feitas entrevistas semiestruturadas, a partir das quais foram geradas narrativas que foram compartilhadas via Whatsapp (narrativas orais). Para a análise, propus o cruzamento dos dados gerados, a fim de verificar o que foi reforçado ou alterado e o possível surgimento de novas informações. Por meio de tais narrativas, a participante conta sobre sua experiência como aprendiz de LAd, neste caso, inglês americano, estando inserida no contexto da cultura dos Estados Unidos da América. Importa mencionar que devido ao foco dado à história de vida da participante, esta pesquisa caracteriza-se como um estudo de caso, como poderá ser observado na seção de metodologia. Ademais, este trabalho destaca como as transformações identitárias ocorrem ao passo que a incorporação da aprendiz na comunidade de prática pretendida se amplia gradativamente (WENGER; McDERMOTT; SNYDER, 2002), tais como, as noções de identidade (NORTON, 2013) e (HALL, 2006), noções de identidade de
imigrante (De FINA, 2003) e (RAMANATHAN, V; FEUERHERM, E. M., 2016) e criação de ZPD, como “um espaço de vida” (NEWMAN; HOLZMAN, 2002) produzido pelos indivíduos engajados de forma colaborativa na negociação de quem desejam se tornar. A análise dos dados mostra que, para a participante, a identidade de um aprendiz de LAd pode ser (re) construída à medida que ele se envolve culturalmente com o idioma que estuda. Nesse sentido, podemos entender que o homem está sujeito ao jogo dialético entre suas características como ser biológico e produto da cultura humana, ou seja, é o “outro” e o ambiente que vão impulsionar de alguma forma as mudanças do “eu” (BRUNER, 1987).

Palavras-chave: identidade, agência, ZPD, imigração e aprendizagem de língua adicional.

Abstract

This master’s dissertation investigates the agency of an additional language learner (ALL) – a Brazilian immigrant whose mother tongue is Portuguese, for the (re) construction of identity (AHEARN, 2001). The objective of this research, therefore, is to propose a reflection on the beliefs (BARCELOS, 2001) of this participant that led her to take action in order to have access to the intended community of practice (WENGER; McDERMOTT; SNYDER, 2002). Also, I seek to problematize the relationship between her beliefs and agency that seem to have empowered her (BAQUERO, 2005), giving the participant the opportunity to develop her autonomy (PAIVA, 2006) with respect to her learning of an AL (additional language). This study used narratives as an instrument to generate data. Firstly, we started with the written narratives (via e-mail), and based on them, semi-structured interviews were conducted and shared via WhatsApp (oral narratives). For the analysis, I proposed the cross-checking of data that were generated, in order to check what was reinforced, changed, and the possible emergence of new information. By means of such narratives, she tells about her experience as an ALl, in this case, American English, being inserted in the context of the culture of The United State of America. It is important to
mention that due to the focus given to the life story of the participant, this research is characterized as a case study, as can be observed in the methodology chapter. Furthermore, this study highlights some important identity transformations that may occur while the incorporation of the learner in the intended community of practice is gradually expanded (WENGER; McDERMOTT; SNYDER, 2002), such as, the notions of identity (NORTON, 2013) and (HALL, 2006), notions of immigrant identity (De FINA, 2003) and (RAMANATHAN, V; FEUERHERM, E. M..), 2016) and the creation of ZPD, as a “space of life” (NEWMAN; HOLZMAN, 2002) produced by individuals engaged collaboratively in negotiating who they wish to become. The analysis of the data shows that, for the participant, the identity of an additional language learners can be (re) constructed as they become culturally involved with the language they study. In this sense, we can understand that the human being is subject to the dialectic play between his characteristics as a biological being and product of human culture, that is, it is the “other” and the environment that will somehow drives the changes of the “I” (BRUNER, 1986).

Keywords: identity, agency, ZPD, immigration and additional language learning.

 

Fernanda Aimée de Sá Picauron

Título: O círculo de leitura dialógico no ensino fundamental I

Orientador(a): Prof. Dr. Rodrigo Borba

Páginas: 117

Resumo

Nossa sociedade globalizada é caracterizada por fluxos (Appadurai, 2001) e trocas que acontecem em uma velocidade jamais imaginada antes graças à internet. Na contemporaneidade, os espaços online e off-line se fundem sendo impossível desvencilha-los. Não tardou até que aparecessem as blogueiras e que essa se tornasse uma profissão. Portanto, essa pesquisa se volta para duas blogueiras de moda específicas: Flávia Pavanelli e Blogueirinha de Merda e seus canais no Youtube. As blogueiras de moda, normalmente, falam sobre roupas e beleza feminina em tom de dicas amigáveis. Com isso, proponho um olhar analítico para os vídeos das blogueiras supracitadas que possuem o mesmo tema: as bolsas favoritas de cada. Apoiada nos estudos de gênero e da teoria da performatividade (Butler, 2003), defendo que a moda seja entendida tanto como performance quanto performatividade. Com o propósito de investigar como as blogueiras Flávia e Blogueirinha entextualizam e reentextualizam discursos disciplinadores do corpo e da subjetividade das mulheres em uma dinâmica de poder-resistência, busco compreender processos de circulação dos textos, repetição e mudança, através do conceito de entextualização (Silverstein & Urban, 1996). O conceito de indexicalidade (Silverstein, 2009) contribuirá para investigar os discursos das blogueiras e as enormes redes de significação exteriores aos discursos. Os vídeos serão analisados a partir da proposta de análise de imagens em movimento proposta por Rose (2008). Esse aparato teórico-metodológico permitirá observar como o discurso do mercado da moda e suas ideologias de controle da experiência feminina podem ser enfatizados ou contestados nos vídeos das blogueiras, mostrando, assim, uma fricção entre continuidades e rupturas nos processos de subjetivação e consumo contemporâneos.

Palavras-chave: blogueiras; moda; consumo; discurso; performance

Abstract

Our society is characterized by flows (Appadurai, 2001) and exchanges that happens in a way that was never seen before thanks to the internet. Nowadays, the imbrication between the
online & off-line dimensions is very conspicuous. Since that, fashion bloggers have shown up and it became a real job. This research looks to two specific fashion bloggers: Flávia Pavanelli and Blogueirinha de Merda and their Youtube channels. Usually, fashion bloggers talk about beauty and clothes in a friendly way. Due to that, I propose that we take an analytical look to the videos of Flávia and Blogueirinha that have the same topic: the luxuous purses of each blogger. Based on gender studies and performativity theory (Butler, 2003), I propose that fashion should be understoond not only as a performance but also as performativity. With the purpose of investigating how the two fashion bloggers entextualize and reentextualize discourses that aim at regulating the body and the subjectivity of women in a power-resistance dynamics, I want to comprehend the processes of texts circulation, repetition and change through the concept of entextualization (Silverstein & Urban, 1996). The concept of indexicality (Silverstein, 2009) will help us investigate bloggers discourse and their enormous signification networks that are outside the discourses. The videos are analyzed based on Rose’s (2008) theory of analysis of moving images. This approach will lead us to see how fashion discourse and its ideologies that seeks control over female experience could be emphasized or contested in the bloggers videos, showing some fricction between the continuities and rupture in the processes of subjectivation and consumerism nowadays. 

Keywords: bloggers; fashion; consumerism; discourse; performance

 

Jean Fellipe Silva Lucciola Guedes

Título: Tradução comentada de uma visual novel a partir do conceito de localização e de teorias de tradução

Orientador(a): Prof. Dr. Marcel Alvaro de Amorim

Páginas: 168

Resumo

Esta dissertação apresenta uma tradução de parte da visual novel Doki Doki Literature Club (DDLC), investigando como o ato de traduzir ocorre na prática. Para isso, foram abordadas algumas teorias julgadas relevantes para fundamentar as escolhas realizadas durante o ato de traduzir e ampliar o conhecimento pessoal sobre a área de tradução. Além disso, o conceito de localização de videogames como visto em O‘Hagan e Mangiron (2013), que priorizam a (re)criação de uma experiência de jogo adequada a um novo público, foi seguido aqui, por se considerar que a visual novel escolhida corresponde a um gênero de videogame. O funcionalismo de Nord (2014) foi adotado por condizer com o objetivo da localização, visando reproduzir a função do texto fonte no texto alvo. Seguiu-se também a teoria do texto multimodal de Kress e Van Leeuwen (2006), visto que os significados de uma visual novel não se encontram somente nas palavras, mas também em sua parte visual e sonora. Acredita-se que todas essas partes trabalham em conjunto para formar o texto completo de DDLC. Por sua vez, os procedimentos técnicos de tradução (Barbosa 1990) foram utilizados por servirem como ferramentas para análise e reflexão sobre o trabalho efetuado. A adaptação, tanto no âmbito da ―culturalização‖ de O‘Hagan e Mangiron (2013), quanto na concepção de Bastin (2011), também foi um conceito que orientou a tradução da visual novel. Efetuada a tradução da parte escrita do jogo sem ignorar a parte visual e sonora, seguiu-se um comentário que procura explicar escolhas tradutórias. A proposta de tradução aqui defendida configura uma das possíveis maneiras de localizar o jogo em questão. Observou-se que, mesmo ao priorizar a experiência de um novo jogador (e não o texto fonte), muitos segmentos acabaram por ser linguisticamente semelhantes ao jogo fonte. Isso resultou, principalmente, de dois motivos. Ao considerar que o objetivo foi o de manter os aspectos cruciais de DDLC, certas mudanças não foram desejáveis. Além disso, o texto escrito, em sua maior parte, não situava o jogo em um lugar específico. Sendo assim, a adição de marcas locais não foi considerada necessária. Por conta dessas razões, mesmo após (re)criar a experiência para a cultura alvo, o texto alvo manteve essa similaridade linguística. A tradução proposta aqui serviu para tornar o jogo inteligível a um novo público e, ao fazer isso, transmitiu também os aspectos intrínsecos da história de DDLC. A experiência do jogador foi então (re)criada de uma maneira que ele consiga ultrapassar a barreira da língua do texto fonte e que igualmente desfrute dos aspectos inatos de DDLC.

Palavras-chave: Localização, Tradução comentada, Visual Novel, Videogames

Abstract

This thesis presents a partial translation of the visual novel Doki Doki Literature Club (DDLC), investigating how the act of translation happens in practice. In order to accomplish this, theories and concepts that were deemed relevant were explained to substantiate the choices made during the translation and to learn more about the area of translation. Videogame localization concept, as explained by O‘Hagan & Mangiron (2013), which prioritize the (re)creation of a videogame experience to a new public, was adopted here, since it is believed that the visual novel presented is part of the videogame genre. Nord‘s (2014) functionalist theory was also adopted since it coincided with the localization‘s goal, aiming to preserve the function of the source text in the target text. Another adopted theory was Kress‘ and Van Leeuwen‘s (2006) multimodal text theory, as the meanings of a visual novel do not reside only in its words, but also in its visual and sound parts. All these parts were considered to be working together to create DDLC‘s complete text. At the same time, the translation procedures (Barbosa, 1990) were applied since they worked as a tool for analysis and observation of the work done. Adaptation, both in Bastin‘s (2011) conceptualization and as in O‘Hagan‘s & Mangiron‘s (2013) ―culturalization‖ notion, was also a concept that guided the translation of the visual novel. After completing the translation of the written part of the visual novel, without ignoring its visual and sound parts, a commentary section was made. Certain translation choices were explained in it. The proposed translation created here is but one of the ways to localize the specific game. One aspect found was that, even by prioritizing the experience of a new player (and not necessarily the source text), many segments were still linguistically similar to the source game. This was the result of two main reasons. The goal of keeping DDLC‘s crucial aspects made certain changes unfeasible. Furthermore, the written text, for the most part, did not situate the game in a specific place. Thus, adding local marks was considered unnecessary. Due to these reasons, even after (re)creating the experience to the target culture, the target text kept its linguistic resemblance to the source text. The translation proposed here worked as a way to make the game intelligible to a new public and, by doing so, also kept the intrinsic aspects of DDLC‘s story. The experience of the player was (re)created in a way that the player can now overcome the language barrier of the source text, and also enjoy the innate aspects of DDLC.

Keywords: Localization, Translation with commentary, Visual Novel, Videogames

 

Thayna Pinheiro Ferreira

Título: Características da tradução de ensaios filosóficos: uma análise micro e macrotextual baseada em um corpus paralelo.

Orientador(a): Profa. Dra. Janine Pimentel

Páginas: 115

Resumo

Esta dissertação apresenta uma análise interlinguística dos gêneros textuais ensaio filosófico e philosophical essay através da observação de um corpus paralelo e alinhado composto de seis textos: três ensaios em inglês e suas respectivas traduções para o português. O objetivo desta pesquisa é desenvolver um panorama macro e microtextual das características tradutórias dos textos incluídos no corpus. Depois de caracterizar os gêneros textuais, tanto em inglês quanto em português, realiza-se uma análise contrastiva interlinguística, como propõe Miranda (2017) para avaliar se os gêneros são, ou não, equivalentes em ambas a línguas. Partindo da proposta de Lambert e Van Gorp (1985), primeiro são investigados os aspectos macrotextuais (características do gênero textual, organização do texto, padrões retóricos, coesão e coerência e contagem de palavras) e, depois, os aspectos microtextuais através da observação das ocorrências dos procedimentos técnicos tradutórios propostos por Barbosa (1990). Por fim, o estudo reflete sobre a relação entre os âmbitos macro e microtextual e como essa relação
influencia na interpretação que fazemos a respeito das características da tradução de ensaios.

Palavras-chave: tradução de ensaios; gêneros textuais; corpus paralelo; análise macro e micro.

Abstract

This dissertation analyzes interlinguistically the textual genres philosophical essay and ensaio filosófico, through the observation of a parallel corpus consisting of six texts, i.e. three essays in English and their respective translations in Portuguese. In order to develop an overview of macro and micro-textual characteristics found in the translations, this research first studies the textual genres individually (in English and in Portuguese), and then performs an interliguistic analysis as suggested by Miranda (2017), so as to verify whether the textual genres are equivalent in both languages. Based on Lambert and Van Gorp’s (1985) proposal, the macro-textual aspects of the textual corpus are investigated (textual genre features, textual organization, rhetoric patterns, cohesion and coherence and word count) before the micro-textual aspects. The latter are analyzed by using the translation procedures proposed by Barbosa (1990). The research presented here discusses the relationship between the macro and micro-textual scopes as well as the impact of macro and micro aspects on the translation product.

Keywords: essay translation; textual genres; parallel corpora; macro and micro-textual aspects.

 

Valeria Lima de Almeida

Título: A luta por justiça racial e reprodutiva: o corpo negra tradutora e o corpo política

Orientador(a): Prof(a). Dr(a). Maria de Fátima Lima Santos

Páginas: 107

Resumo

A presente dissertação propõe uma análise de produção e circulação de discursos em contextos de políticas da tradução afrodiaspóricas, a partir de uma perspectiva crítica, para pensar discursos e práticas forjadas sobre corpos e subjetividades das mulheres negras. Entre estas experiências de construções de práticas discursivas figura a criação do CPAIMC (Centro de Pesquisas de Assistência Integrada à Mulher e à Criança), entidade criada em 1971, no âmbito do Hospital Escola São Francisco de Assis, da Universidade Federal do Rio de Janeiro, que contou com o financiamento de organismos internacionais como o Fundo de População das Nações Unidas, a USAID, a JHPIEGO e o Pathfinder Fund. Por outro lado, visa também apresentar um movimento contra discursivo forjado e operado por mulheres negras no que se refere a processos de agência e resistência aos discursos hegemônicos brancos, masculinos e racistas, o qual constituiu-se em uma política de tradução/adaptação diferenciada, no sentido de construção de uma comunidade textual a partir do diálogo entre as diversas vivências negras. Assim, a análise do caso CPAIMC e do desenvolvimento do conceito dinâmico de justiça reprodutiva constituem-se neste lugar de encontro entre o ato de tradução, como ação de resistência e de engendramento de novas formas de ser e agir desde a travessia do Atlântico, produzindo pertencimentos, releituras culturais e ação política, atualizada inclusive no movimento das mulheres negras; e as diferentes políticas de tradução, sendo de um lado o desenvolvimento, no Brasil, de políticas de controle reprodutivo (e, por conseguinte, controle dos corpos) a partir de uma matriz eugenista articulada internacionalmente e, de outro, das produções das mulheres negras.

Palavras-chave: Discurso. Mulheres negras. CPAIMC. Políticas de tradução. Diáspora africana.

Abstract

This dissertation proposes an analysis of discourse production and circulation within Afro-Diasporic translation policies, from a critical perspective, in order to think about discourse and action forged about the bodies and subjectivities of black women. Among the experiences in the construction of discursive practices, this dissertation will analyze the creation of CPAIMC (Research Center for Integrated Assistance to Women and Children), an entity created in 1971, within the scope of the São Francisco de Assis School Hospital, of the Federal University of Rio de Janeiro, funded by international organizations such as the United Nations Population Fund, USAID, JHPIEGO and the Pathfinder Fund. On the other hand, it also aims to present a counterdiscursive movement created and operated by black women with regard to processes of agency and resistance to white, male and racist hegemonic discourses, which constitutes a different translation / adaptation policy, in the sense of building a textual community based on the dialogue between different black experiences. Thus, the analysis of the CPAIMC case and the development of the dynamic concept of reproductive justice embody this meeting place between the act of translation as resistance and creation of new ways of being and acting since the crossing of the Atlantic, which produces belonging, cultural reading and political action, updated in the black women’s movement; and the different translation policies: on the one hand, the development of reproductive control policies (and, consequently, control of the bodies) in Brazil from an internationally articulated eugenic matrix and, on the other, from the intelectual production of black women. 

Keywords: Discourse. Black women. CPAIMC. Translation policies. African diaspora.

 

Victor Alexandre Garcia Souto

Título: O currículo como arena de embates discursivos: uma análise de concepções sobre o ensino de literaturas na BNCC

Orientador(a): Prof. Dr. Marcel Alvaro de Amorim

Páginas: 141

Resumo

A presente dissertação busca investigar a Base Nacional Comum Curricular no Ensino Médio (BNCCEM) no âmbito da educação literária, mais precisamente, sobre as noções de letramento literário e a formação de leitor dialogizadas neste documento. Para isso, parto para analisar os principais componentes curriculares da Base que se referem ao ensino de literatura, a saber: campo de atuação artístico-literário, as habilidades desse campo e as competências um, dois, três e seis. Assim, o percurso para compreender esses elementos ocorre por meio das contribuições teóricas de Apple (2011), Lopes e Macedo (2011), Da Silva (2010 e 2011) e Vasconcelos et al (2016) no âmbito dos estudos curriculares. E para historicizar a área de ensino de literatura a fim de contextualizar a BNCC, elejo Cereja (2004) Tiuman (2017) e Romanelli (1978). A partir desses estudos, busco entender o currículo como uma arena de embates discursivos, em que há vozes sociais, buscando por representatividade, tendo respaldo no Círculo de Bakhtin, principalmente em Bakhtin (2015[1930]), (2017[1930]) e Volóchinov (2017[1929]). Na parte metodológica, dialogo com a Linguística Aplicada indisciplinar (MOITA LOPES, 2006), associando-se com a perspectiva qualitativo-interpretativista de Denzin e Lincoln (2006) e com a análise dialógica do discurso de Sobral e Giaconelli (2016). Para os possíveis resultados, encontra-se uma educação literária idealizada, baseada em modelos preconcebidos de leitores, visão próxima ao letramento autônomo de Street (2015). Contudo, observa-se também uma fricção discursiva, ao perceber fissuras (SZUNDY,2019) que dialogizam perspectivas ideológicas de letramento (STREET, 2015), apontando maneiras de apropriação de sentidos na literatura (COSSON; PAULINO, 2009) no texto da Base.

Palavras-chave: Literatura, BNCC, Letramentos, Currículo.

Abstract

This master’s thesis seeks to investigate the BNCCEM in the scope of literary education, more precisely, it focuses on the notions of literary literacy and reader’ formation proposed by this document. In order to do so, I analyze the commum core components of the Base that refer to the teaching of literature, namely: field of artistic-literary performance, the skills of this field and the competences one, two, three and six. Thus, the path to understand these elements is constructed through the theoretical contributions of Apple (2011), Lopes and Macedo (2011), Da Silva (2010 and 2011) and Vasconcelos et al (2016) in the context of curricular studies. In order to historicize the area of the teaching of literature to contextualize the BNCC, I elect Cereja (2004) Tiuman (2017) and Romanelli (1978). In this context, curriculum is understood as an arena of discursive clashes, in which there are social voices, seeking for representation. This approach is supported by the assumptions of the Bakhtin Circle, mainly in Bakhtin (2015 [1930], 2017 [1930]) and Volóchinov (2017 [1929]). Methodologicaly, an analysis is developed under the frameword proposed by an indisciplinary view of Applied Linguistics (MOITA LOPES, 2006), as well as under the qualitative-interpretative perspective of Denzin and Lincoln (2006) and the Dialogical Discourse Analysis systematized by Sobral and Giacomelli (2016). I concluded that the Base carries out an idealized notion of literary education, based on a preconceived concept of
reader, in a close dialogue to Street’s autonomous literacy view (2015). However, there is also a discursive friction (SZUNDY, 2019) that ressignifies ideological perspectives on literacy (STREET, 2015) on the BNCC, pointing out to ways of appropriating meanings in literature (COSSON; PAULINO, 2009).

Keywords: Literature, BNCC, Literacies, Bakhtin Circle.

 

DISSERTAÇÕES DEFENDIDAS EM 2019

Total de dissertações defendidas: 17

Cínthia da Costa Souza Gabriel

Título: O círculo de leitura dialógico no ensino fundamental I

Orientador(a): Prof. Dr. Rogério Casanovas Tilio

Páginas: 177

Resumo

A presente dissertação de mestrado tem como objetivo investigar que ideologias – entre elas, as ideologias linguísticas – alunos(as) do oitavo ano do Ensino Fundamental, de uma escola
pública da cidade do Rio de Janeiro, expressam e/ou mobilizam a respeito do seu processo de ensino-aprendizagem de inglês como língua adicional, e qual a relação que eles(as) estabelecem entre esse processo e o uso do livro didático de língua inglesa. Tais ideologias são construídas por meio de diversas interações sociais, difundidas por sistemas ideológicos formados (VOLÓCHINOV, [1929] 2017) e estão presentes nos mais variados contextos de ensino dos quais professores(as), alunos(as), editores(as) e autores de livro didático fazem parte. Estas ideologias interferem diretamente na maneira em que os(as) educandos(as) pensam e agem sobre sua educação, sobre a língua e a aprendizagem dela. Elas têm grande impacto nas decisões de como usar a língua e na visão que as pessoas possuem sobre as demais que estão ao seu redor, assim como a forma como usam e as escolhas que fazem sobre o uso da língua (IRVINE, 1998; WOOLARD, 1998; KROSKRITY, 2004). O livro didático, de igual forma, não é isento destas ideologias. Cada texto, imagem, atividade presente no livro traz consigo a concepção de linguagem e aprendizagem de seus(as) autores(as). Por este motivo, se faz necessário que professores(as) estejam sempre atentos às escolhas feitas em relação ao livro didático, a fim de
que este esteja de acordo com o contexto em que está inserido(as) e com as necessidades de seus(as) alunos(as). Com o propósito de auxiliar o(a) professor(a) nessa árdua tarefa, esta
pesquisa apresenta os macro-critérios propostos por Tilio (2016), para que estes sirvam como um guia, uma orientação a ser consultada. Com a finalidade de delimitar o corpus deste trabalho, o livro didático escolhido foi o It Fits 8, da editora SM. O livro faz parte do edital de 2017 do Programa Nacional do Livro e do Material Didático, e tem sido usado na escola desde então. A pesquisa coaduna com a perspectiva de considerar o ponto de vista do discente, valorizando suas práticas e seus conhecimentos (RAJAGOPALAN, 2006), em consonância com a
concepção de um processo de ensino-aprendizagem com base em teorias sociointeracionais (VYGOTSKYY, [1978] 1991; TILIO, 2015; 2017). A fim de tornar essa perspectiva real, este
trabalho contou com a participação de oito alunos(as) que, voluntariamente, aceitaram participar do convite feito por mim, a fim de discutir as ideologias que perpassam o seu entendimento sobre o livro didático e seu processo de ensino-aprendizagem. 

Palavras-chave: Alunos(as). Livro didático. Ideologias. Processo de ensino-aprendizagem. Inglês como língua adicional.

Abstract

The purpose of this research is to investigate the ideologies – among them, linguistic ideologies – students from the eighth grade of Elementary School, from a public school in the city of Rio
de Janeiro express and/or mobilize about their teaching-learning process of English as an additional language, as well as the relationship that they established between this process and
the use of the English language textbook. These ideologies are developed through various social interactions, spread through ideological systems formed (VOLÓCHINOV, [1929] 2017) and
they are present in the most varied teaching contexts in which, students, editors and textbook authors do part. These ideologies directly interfere with the way learners think and act on their
education, the language, and learning of it. These ideologies have a great impact on the decisions of how to use the language and the view that people have about the others around them and the way they use and the choices they make about using the language (IRVINE 1998, WOOLARD 1998, KROSKRITY 2004). The textbook, likewise, is not exempt from these ideologies. Each text, image, activity present in the book reveals the conception of language and learning of its authors. For this reason, it is necessary for teachers to be always attentive to the choices made in relation to the textbook, so that it is in accordance with the context in which they are inserted and with the needs of their students. In order to help the teacher in this arduous duty, this research presents the macro-criteria proposed by Tilio (2016), so that they may serve as a guide, an orientation to be consulted. In order to delimit the corpus of this work, the chosen
textbook was It Fits 8, from the SM publishing house. The book is part of the 2017 public notice of the Brazilian National Coursebook and Teaching Material Program, and has been used in
school ever since. The research coadunate with the perspective of considering the student’s point of view, valuing their practices and their knowledge (RAJAGOPALAN, 2006), in
consonance with the conception of a teaching-learning process based on sociointerational theories (VYGOTSKYY, [1978] 1991, TILIO, 2015, 2017). In order to make this perspective
real, this work counts on the participation of eight students who voluntarily accepted to participate in the invitation made by me in order to discuss the ideologies that span their
understanding about the textbook and their teaching- learning process. 

Keywords: Students. Coursebook. Ideologies. Teaching-learning process. English as an additional language.

 

Danielle Ferreira de Oliveira
Título: É GOLPE, SIM! COM SUPREMO, COM TUDO: Uma análise da comunicabilidade do Jornal Nacional no processo de destituição de Dilma Rousseff em 2016

Orientador(a): Prof. Dr. Rogério Casanovas Tilio

Páginas: 162

Resumo

O presente estudo se propõe à análise de mídia televisiva com ênfase no contexto político, considerando os mapas comunicáveis que nos interpelam e seus efeitos comunicativos. Assim, a
pesquisa vai ao encontro dos numerosos estudos que têm se dedicado ao entendimento do que a mídia brasileira, majoritariamente, noticiou como
impeachment de Dilma Rousseff em 2016. Nesse sentido, tendo em vista a centralidade das mídias de massa brasileiras que têm no recurso televisivo sua maior potência em termos de alcance popular, lidamos aqui com notícias do telejornal do Grupo Globo, Jornal Nacional (JN), no intuito de investigar a atuação do JN no processo de construção e execução do que entendemos como Golpe de Estado de 2016. A proposta analítica é orientada pelo conceito de ideologias linguísticas (SILVERSTEIN, 1979; BLOMMAERT, 2006) e pela noção de Comunicabilidade (BRIGGS, 2007), segundo a abordagem da Linguística Aplicada Indisciplinar (MOITA LOPES, 2006), de modo a levantar as implicações discursivo-ideológicas resultantes das estratégias observadas nas notícias analisadas, salientando a importância do exercício de uma leitura crítica do texto midiático. Por fim, com a análise a ser desenvolvida, além de dialogar com os estudos correntes sobre o golpe, fornecemos argumentos que possam evidenciar o caráter de disputa verificado em torno da classificação da deposição de Dilma Rousseff, apontando a narrativa do impeachment como uma construção midiática voltada para um mapa de sentidos cujos efeitos obscurecem ªa ideia de golpe. O estudo, por sua vez, propõe uma outra metapragmática.

Palavras-chave: mídia televisiva, impeachment, golpe, Jornal Nacional, ACD, ideologia, relações de dominação, comunicabilidade.

Abstract

The present study proposes the analysis of television media with an emphasizes on the political context, considering the communicable maps that interpellate us and their communicative effects. Thus, the research is in line with the numerous studies that have been dedicated to the understanding of what Brazilian media, mostly, reported as Dilma Rousseff’s impeachment in
2016. In this sense, in view of the centrality of the Brazilian mass media that have in the television resource their greatest power in terms of popular reach, we deal here with news from Globo Group’s television news,
Jornal Nacional (JN), in order to investigate the performance of the JN in the process of building and executing what we understand as State Coup of 2016. The analytical proposal will be guided by the concept of ideology (SILVERSTEIN, 1979; BLOMMAERT, 2006), and by the notion of Communicability (BRIGGS, 2007), according to the approach of
Indisciplinary Applied Linguistics (LOPES, 2006), in order to rise the discursive-ideological implications resulting from the strategies observed in the news to be analyzed, stressing the
importance of exercising a critical reading of the media text. Eventually, with the analysis to be developed, in addition to dialoguing with current studies on the coup, it is hoped to provide
arguments which can evidence the character of the dispute regarding the classification of the deposition of Dilma Rousseff, pointing to the narrative of impeachment as a mediatic  construction aimed at concealing the coup d’état of 2016.

Keywords: television media, impeachment, coup, Jornal Nacional, ACD, ideology, relations of domination, communicability

 

Estela Conceição de Albuquerque

Título: O círculo de leitura dialógico no ensino fundamental I

Orientador(a): Prof. Dr. Marcel Alvaro de Amorim

Co-Orientador: Prof. Dr. Tiago Cavalcante da Silva

Páginas: 98

Resumo

O debate em torno do ensino de literatura na Educação Básica tem sido amplo no Brasil. No contexto atual, muitos professores e professoras têm adotado uma postura de resistência/re-existência desde a aprovação da Base Nacional Curricular Comum (BNCC), em 2017. É neste cenário que proponho o Círculo de Leitura Dialógico, pensado a partir do Círculo de Leitura (COSSON, 2016). É um roteiro didático pensado para um bimestre de trabalho com leitura literária, teoricamente guiado pelo conceito de Dialogismo postulado pelo Círculo de Bakhtin ([1929] 2017), que prevê a participação dos alunos e alunas do 5o ano da I etapa do Ensino Fundamental, desde a seleção de obras a serem estudadas, até a organização, atividades e o momento da avaliação. Visa, na perspectiva do letramento literário, – definido por Cosson e Paulino (2009) como “o processo de apropriação da literatura enquanto construção de sentidos”-, operacionalizar o conceito de enunciado e, deste modo, ser uma sugestão democrática de metodologia. Esta proposta localiza o aprendizado como construção coletiva de sentidos ao lançar mão do protagonismo dos alunos e alunas, e reitera a defesa feita por Magda Soares (2008) tanto da democratização da leitura para o indivíduo quanto da democratização do indivíduo pela
leitura.

Palavras-chave: Letramento literário, Leitura Literária no Ensino Fundamental I, Círculo de Leitura Dialógico, Ensino de Leitura Literária, Literatura Infantil e Juvenil

Abstract

The debate on literary teaching-and-learning in Basic Educationhas been broad in Brazil. Many teachers have adopted a educational practice of resistance / re-existence since the
approval of the National Curricular Common Base (BNCC), in 2017. It is in this scenario that I propose the Dialogic Reading circle of Reading (COSSON, 2016). It is a didactic script designed for a bimonthly work with literary reading, theorecally guided by concept of dialogism postulated by the Circle of Bakhtin (1929] 2017), which foresees the participation of students of the 5th year of the 1st stage of Elementary Education, from the selection of works to be studied, to the organization, activities and the moment of the evaluation. It aims, in the perspective of literary literacy, – defined by Cosson and Paulino (2009) as “the process of appropriation of literature as construction of meanings” -, to operationalize the concept of utterance and, thus, be a democratic suggestion of methodology. This proposal locates learning as a collective construction of meanings by using the protagonism of students, and reiterates the defense made by Magda Soares (2008) both for the democratization of reading for the individual and for the democratization of the individual through reading.

Keywords: Literary Literacy, Literary Reading in Primary Education, Dialogical Reading Circle, Teaching Literary Reading, Children and Youth Literature

 

Fernanda Olívia Lazaro Carvalho

Título: Qual Guy Fawkes? Dialogismo e trajetórias textuais das máscaras de V nos Protestos de Junho de 2013

Orientador(a): Prof. Dr. Marcel Alvaro de Amorim

Páginas: 168

Resumo

Nos movimentos sociais dos anos 2010, as máscaras de Guy Fawkes compuseram um dos adereços mais utilizados na performance de manifestantes de vários cantos do mundo. No
Brasil, as máscaras fizeram parte da estética dos Protestos de Junho de 2013 e foram entextualizadas por grupos dos mais distintos matizes ideológicos. A fim de compreender porque anarquistas, nacionalistas, punks, comunistas e liberais compartilharam o mesmo adereço nas ruas de várias cidades do Brasil, esta Dissertação se propõe a pensar as formas em que estas máscaras foram mobilizadas por distintos grupos sociais. Para isso, parto dos pressupostos do dialogismo e do signo ideológico, descritos pelo Círculo de Bakhtin (BAKHTIN, [1953] 2016; VOLÓCHINOV, [1929] 2017), a fim de elucidar teoricamente a intrincada rede dialógica de produção de sentidos para as máscaras de guy Fawkes. Para a compreensão desta cadeia  discursiva, faço também uso das noções de trajetória textual (BLOMMAERT, 2005), entextualização (BAUMAN & BRIGGS [1990] 2006) e indexicalidade (SILVERSTEIN, [1993] 2010; SILVERSTEIN & URBAN; 1996), que compõem parte importante dos construtos teóricos da Sociolinguística Interacional. Admitindo que os protestos estabeleceram um amplo diálogo entre o conteúdo das mídias e o que era produzido nas ruas, minha análise se volta aos veículos de comunicação online e impresso da mídia brasileira. Neste sentido, esta Dissertação analisa parte da cobertura do jornal Folha de S. Paulo e do Portal G1 sobre o significado das máscaras de Guy Fawkes. A análise abrange também a produção de conteúdo em comentários realizados por leitores, já que, ao dialogarem com a notícia, tornavam-se parte indissociável da interação. Tal diálogo teórico e analítico proposto aqui se sustenta no pressuposto fundamental de que as máscaras assumem cargas valorativas que vão deixando pegadas discursivas de atividade humana. Esta dissertação contribuiu com noção de que as Máscaras de Guy Fawkes estiveram no ápice de instabilidade do signo ideológico e adotaram trajetórias textuais multidirecionais e profundamente bifurcadas. Dentre minhas considerações, assumi que as máscaras de Guy Fawkes foram um importante elo de construção identitária em um momento de alta polarização ideológica.

Palavras-chave: Dialogismo; Trajetória Textual; Máscaras de Guy Fawkes; Protestos de Junho de 2013

Abstract

Guy Fawkes masks made up one of the most used props in the performance of worldwide social movements of 2010s. In Brazil, the masks were part of the aesthetics of 2013 protests and they were entextualized by distint ideological groups. In order to understand why anarchists, nationalists, punks, communists and liberals shared the same prop in the streets of various Brazilian cities, this Dissertation proposes to think about the ways in which these masks were mobilized by different social groups. Therefore, I start from the presuppositions of dialogism and the ideological sign, described by the Bakhtin Circle (BAKHTIN, [1953] 2016; VOLOCHINOV, [1929] 2017) in order to theoretically elucidate the intricate dialogic network of meaning production for Guy Fawkes masks. In order to understand this discursive chain, I also use the notions of textual trajectory (BLOMMAERT, 2005), entextualization (BAUMAN & BRIGGS [1990] 2006) and indexicality (SILVERSTEIN, [1993] 2010; SILVERSTEIN & URBAN, 1996) which make up an important part of the theoretical constructs of Interactional Sociolinguistics. Assuming that 2013 protests had established a broad dialogue between the content of the media and what was produced on the streets, my analysis focuses on the online and printed communication vehicles of the Brazilian media. In this regard, this Dissertation analyzes part of the coverage of Folha de S. Paulo and G1 newspapers about the Guy Fawkes masks. The analysis also covers the production of content in comments made by readers, since they become an inseparable part of the interaction when they dialogue with the news. Such a theoretical and analytical dialogue proposed here is based on the fundamental assumption that Guy Fawkes masks assume ideological values that leave discursive traces of human activity. This dissertation contributed with the notion that Guy Fawkes Masks were at the apex of instability of the ideological sign and adopted multidirectional and deeply bifurcated textual trajectories. Among my considerations, I assumed that Guy Fawkes’ masks were an important link of identity production at a period of high ideological polarization.

Keywords: Dialogism; Textual Trajectories; Guy Fawkes masks; Protests of June 2013

 

Gabrielle Martins Soares

Título: Sob uma visão feminista: os discursos acerca da mulher na adaptação fílmica de Madame Bovary, por Sophie Barthes

Orientador(a): Profa. Dra. Érica Schlude Wels

Páginas: 120

Resumo

Esta dissertação busca analisar a narrativa de Madame Bovary na adaptação fílmica de Sophie Barthes. As teorias da adaptação de Robert Stam (2006) e narratológicas de Gerard
Genette(2006), a partir da visão dialógica de Mikhail Bakthin (1997, 2006, 2016), serão as fontes teóricas para esse texto, questionando todas as frequentes críticas negativas nas
comparações das adaptações de obras literárias no cinema. Além disso, a análise partirá da minha referência feminina e feminista do mundo, com o aporte teórico de Judith Butler (2002,
2017), Simone de Beauvoir (1970), Michel Foucault (2015, 2016), Sigmund Freud (1973 [1910], 2002 [1893]), entre outros, de modo que eu possa ver como o patriarcado se manifestou
literariamente e cinematograficamente. Busco fazer considerações sobre o que ocorre na reconstrução de uma obra literária para o cinema e proponho uma avaliação justa que reconheça
que cada gênero artístico tem suas características próprias e deve ser avaliado como arte individual, com seus próprios méritos.

Palavras-chave: Madame Bovary, adaptação, feminismo.

Abstract

This dissertation seeks to analyze the narrative of Madame Bovary in Sophie Barthes’ film adaptation. Robert Stam’s (2006) theorys of adaptation and Gerard Genette’s narratology, based on the dialogical view of Mikhail Bakthin (1997, 2006, 2016), will be the theoretical sources for this essay, considering all the frequent negative film criticism when comparing a film adaptation to its related literary work. Moreover, the analysis will depart from my feminine and feminist reference of the world, with the theoretical contribution of Judith Butler (2002, 2017), Simone de Beauvoir (1970), Michel Foucault (2015, 2016), Sigmund Freud (1973 [1910], 2002 [1893]), among others, so that I can observe how the patriarchy manifested itself literarily and  cinematographically. I seek to make considerations about what occurs in the reconstruction of a literary work into a Film and I propose a fair evaluation that recognizes that each artistic genre has its own characteristics and should be evaluated as individual art, with its own merits .

Keywords: Madame Bovary, adaptation, feminism.

 

Heraldo Alcântara de Andrade

Título: O homem se olha no espelho: percursos, discursos e performances da vaidade masculina

Orientador(a): Prof. Dr. Rodrigo Borba

Páginas: 120

Resumo

Esta dissertação tem o propósito de discutir o processo performativo e discursivo da vaidade masculina, tendo como parâmetro a masculinidade como uma construção social. Deste modo, em uma conjuntura social que promove novas identidades e rupturas de identidades pensadas como naturais e imutáveis, a figura do homem se (re)inventa, enquanto se adapta a uma  nova realidade. A masculinidade, dentro de um entendimento hegemônico, é construída sobre pilares altamente rígidos e regulados, é composta por atributos sociais que colocam os homens social e economicamente acima das mulheres, em uma posição hierárquica que promove o prestígio e status (BADINTER, 1993). Entretanto, a partir da década de 1960, a masculinidade hegemônica tem sido contestada, discutida e criticada sob diversas formas e em diversos campos teóricos, o que promove uma adaptação no campo social. Portanto, baseado em leituras e teorias que discorrem sobre gênero, masculinidades, consumo, vaidade, identidade e narrativas, proponho, ao analisar as narrativas geradas durante uma entrevista, como a masculinidade é performatizada através da vaidade e dos cuidados pessoais, situada em um contexto pós-moderno.

Palavras-chave: Masculinidades; Vaidade; Identidade Masculina; Contemporaneidade.

Abstract

This dissertation aims to discuss the performative and discursive process of male vanity, with masculinity as a social construction as a parameter. Thus, in a social context that promotes new identities and ruptures of identities thought of as natural and immutable, the figure of man is (re) invented as it adapts itself to a new reality. The hegemonic masculinity, built on highly rigid and regulated pillars, is composed of social attributes that place men socially and economically above women, in a hierarchical position that promotes prestige and status (BADINTER, 1993). However, since the 1960s, male hegemony has been challenged and criticized in various forms and in various theoretical fields, which promotes an adaptation in the social field. Therefore, based on readings and theories that unravel about gender, masculinity, consumption, vanity, identity and narratives, I propose, in analyzing the narratives generated during an interview, how masculinity is performed through vanity and personal care, situated in a post-modern context.

Keywords: Masculinities; Vanity; Male Identity; Contemporaneity.

 

Isaac Silva França

Título: À meia luz do Cabaré, vidas que se entrelaçam: uma leitura do Romance Santa, Federico Gamboa

Orientador(a): Profa. Dra. Luciana Marino do Nascimento.

Páginas: 65

Resumo

Nosso propósito, nesta dissertação, é realizar uma leitura crítica da obra Santa, de Federico Gamboa, tomando como enfoque a temática da cidade, o discurso sobre o urbano e o corpo da
prostituta, bem como verificar como se deu o ordenamento da prostituição no período de transição do século XIX para o século XX, o que se fez presente no discurso dos médicos e
legisladores, por meio do poder disciplinador. Buscaremos ampliar nossa análise acerca do romance, problematizando os investimentos do poder sobre o corpo e o estudo desses discursos.
A análise se deteve no âmbito da literatura, tendo como aporte teórico – Bakhtin/Voloshinov (1979) – Foucault (1988) e – Gamboa (1953). A partir deste estudo, esperamos entender a
construção do corpo da prostituta pelo viés regulamentar, por parte do Estado Mexicano, e por uma literatura que, ambientada no espaço do bordel, colocou em cena complexos vetores que delineavam a constituição deste Estado e da cidade moderna.

Palavras-chave: Cidade; discurso; biopoder; literatura.

Abstract

Our purpose in this dissertation is to perform a critical reading of Federico Gamboa’s Santa, focusing on the theme of the city, the discourse on the urban and the body of the prostitute, as
well as verify how the prostitution was organized in the period of transition from the nineteenth century to the twentieth century, which was present in the discourse of doctors and legislators through disciplinary power. We will seek to broaden our analysis of the novel by problematizing the investments of power over the body and the study of these discourses. The
analysis stopped within the literature, having as a theoretical contribution – Bakhtin / Voloshinov (1979), – Foucault (1988) and – Gamboa (1953). From this study, we hope to understand the construction of the body of the prostitute by the regulatory bias, issued by the Mexican State, and by a literature that, set in the space of the brothel, put on the scene complex vectors that outlined the constitution of this state and the modern city.

Keywords: City; discourse; biopower; literature.

 

José Carlos Motta Martins Junior

Título: O aprendiz de inglês em nível inicial: uma análise da construção da identidade através da inter-relação entre as crenças, as emoções e a autonomia nas interações de
alunos do projeto CLAC INGLÊS -UFRJ.

Orientador(a): Profa. Dra. Christine Siqueira Nicolaides

Páginas: 114

Resumo

A presente dissertação de mestrado pretende investigar diferentes tipos de interação (com foco em aprendiz- aprendiz e aprendiz- pesquisador) em duas turmas em nível inicial do projeto CLAC Inglês – UFRJ. Esse é um estudo qualitativo, de princípio etnográfico e cunho interpretativista. O objetivo desse estudo é discutir como a inter-relação entre as crenças dos participantes acerca do processo de ensino e aprendizagem (BARCELOS, 2001, 2004, 2006, 2015; PERINE, 2012; SILVA, 2007; entre outros), suas emoções (MATURANA, 2001, 2002; BARCELOS, 2015;
SOLOMON, 2004; OXFORD, 2015, entre outros) e perspectivas de autonomia (OXFORD, 2003; HORWITZ; HOLEC, 1981; LITTLE, 2007; entre outros) na construção de suas identidades de
aprendizes de uma língua adicional (NORTON, 2013; ANDERSON, 1991; MISHLER, 2006, GIDDENS, 2002; entre outros). Para o processo de geração de dados, foram escolhidos os  instrumentos: (a) questionário escrito; (b) teste adaptado do BALLI (HORWITZ, 1988); (c) entrevistas semiestruturadas e (d) diário do pesquisador. Os resultados indicam que as inter-
relações entre as crenças e as emoções dos aprendizes de inglês em nível inicial têm papel fundamental na forma como percebem-se enquanto alunos, na forma como agem perante a
aprendizagem e na visão que têm da língua adicional estudada. Indicam ainda que a identidade dos participantes é construída sob influência de fatores da modernidade tardia (GIDDENS, 2002), e que a agência para a tomada da autonomia está ancorada no resultado da inter-relação entre o domínio das emoções e das crenças.

Palavras-chave: Crenças, emoções, autonomia, identidade.

Abstract

The presente master’s dissertation intends to investigate diferente types of interaction (focusing on the learner- learner and learner- researcher ones) in two groups of beginner level from projeto CLAC Inglês – UFRJ. This is a qualitative study, based on etnographic principles and interpretative. The aim of this research is to discuss how the interrelationship between the
participants’ beliefs about teaching and learning (BARCELOS, 2001, 2004, 2006, 2015; PERINE, 2012; SILVA, 2007; among others), their emoticons (MATURANA, 2001, 2002; BARCELOS,
2015; SOLOMON, 2004; OXFORD, 2015, among others) and their perspectives of autonomy (OXFORD, 2003; HORWITZ; HOLEC, 1981; LITTLE, 2007; among others) in the construction
of their identities of an additional language learner (NORTON, 2013; ANDERSON, 1991; MISHLER, 2006, GIDDENS, 2002; among others). The instruments chosen for data generation were (a) written questionnaire; (b) test adapted from BALLI (HORWITZ, 1988); (c) semi-structured interviews and (d) researcher’s journal. Findings show that the interrelationships between learners’ beliefs and emotions in beginner level play a fundamental role in the way they perceive themselves as students, in the way they act before learning and in their view of the additional language they study. Also, findings show that the identity of the participants is constructed under the influence of late modernity (GIDDENS, 2002), and that the agency to being autonomous is anchored in the result of the interrelationship between the domain of emotions and beliefs.

Keywords: Beliefs, emotions, autonomy, identity.

 

Vitor Ferreira Pinto

Título: A canção no livro didático de Português/Literaturas no Ensino Médio: uma abordagem

dialógica das atividades de leitura

Orientador(a):  Profa. Dra. Erica Schlude Wels.

Coorientador(a): Prof. Dr. Marcel Alvaro de Amorim

Páginas: 144

Resumo

Esta Dissertação mira investigar como se intercorre o tratamento dialógico e intertextual da abordagem das músicas (canções) na coleção do livro didático do Ensino Médio aprovada pelo PNLD (2018): Português contemporâneo: diálogo, reflexão e uso, de Willian Cereja, Carolina Vianna e Christiane Damien. Para isso, são elucidadas as visões de literatura e de música construídas nos três volumes da coleção didática, intentando mostrar de que modo a leitura literária, numa abordagem dialógica do discurso, é construída e velada nas atividades que envolvem músicas (canções), principalmente as letras de canções. Como aporte teórico da visão política educacional do/no ensino de literaturas do Ensino Médio, respaldo-me em: Candido ([1988] 2011), Leahy-Dios (2000), Lajolo (1982 e 2000), Cereja (2005), Martins (2006) e Jurado e Rojo (2006). Em relação ao estudo de letramento, respaldo-me nas propostas de: Cosson e Paulino (2009) e Soares (2008). Para a compreensão dos conceitos de música e literatura, baseio-me em Finnegan (2008), Napolitano (2002), Zampronha (2002) e Tinoco e Alexandria (2017).
Também utilizo os seguintes documentos oficiais: PCNEM, PCN+, OCEM, Guia do PNLD 2018 e Edital de Convocação do PNLD 2018. Tendo o dialogismo como princípio constituinte da linguagem, abordo as teorias do Círculo de Bakhtin, segundo: Fiorin (2006) e (2017), Faraco (2009), Renfrew (2017), Bakhtin (2016) e Volóchinov (2017). Esta Dissertação se constrói na Linguística Aplicada de caráter indisciplinar, conforme (MOITA LOPES, 2006), tendo base o paradigma interpretativista e a pesquisa qualitativa, conforme Denzin e Lincoln (2006). Realizo as análises a partir dos princípios da Análise Dialógica do Discurso, de acordo com Sobral e Giaconelli (2016), no sentido de que todo enunciado produzido dialoga com outros enunciados já ditos antes dele. 

Palavras-chave: Ensino de Literatura; Música; Letra de canção; Círculo de Bakhtin; Livro didático.

Abstract 

This dissertation investigated how to exchange the dialogical and intertextual treatment of the approaches of songs in the PNLD High School Textbook Collection (2018): Contemporary Contemporary: Dialogue, Reflection and Use by Willian Cereja, Carolina Vianna and Christiane Damien. To this end, they are elucidated as visions of literature and music built in three volumes of the didactic collection, with the intention of showing how literary reading, in a dialogical approach to discourse, is constructed and veiled in activities involving songs, especially song lyrics. As a theoretical support of the educational political view / there is no teaching of high school literature, included in: Candido ([1988] 2011), Leahy-Dios (2000), Lajolo (1982 and 2000), Cherry (2005), Martins (2006 ) and Jurado and Rojo (2006). Regarding the literature study, published in: Cosson and Paulino (2009) and Soares (2008). For understanding the concepts of music and literature, based on Finnegan (2008), Napolitano (2002), Zampronha (2002) and Tinoco and Alexandria (2017). It also uses the following official documents: PCNEM, PCN +, OCEM, PNLD 2018 Guide and PNLD 2018 Call Notice. With dialogue as the basic principle of language, as Bakhtin Circle theories, according to: Fiorin (2006) and (2017), Faraco (2009), Renfrew (2017), Bakhtin (2016) and Volóchinov (2017). This dissertation is based on the Linguistics Applied to the Undisciplinary Character, as (MOITA LOPES, 2006), based on the interpretative paradigm and a qualitative research, as Denzin and Lincoln (2006). Perform the analysis from of the principles of Dialogic Discourse Analysis, according to Sobral and Giaconelli (2016), meaningless that every utterance produced dialogues with other utterances already spoken before it. 

Keywords: Literature teaching; Song; Song lyrics; Bakhtin Circle; Textbook.

 

Robledo Neves Cabral Filho

Título: À luz dos nossos segredos: por uma revisão da narrativa canônica de saída do armário dialógica das atividades de leitura

Orientador(a):  Prof.a Dr.a Branca Falabella Fabrício

Páginas: 152

Resumo

Os discursos de mais intensa circulação sobre as trajetórias de saída do armário (coming out) tendem a ratificar visões particularmente restritas de linguagem, identidade e sexualidade.
Grosso modo, privilegia-se uma concepção essencialista segundo a qual identidades sexuais são biologicamente sedimentadas, cognitivamente amadurecidas e linguisticamente expressas
(CASS, 1979). Tais modelos também concebem o coming out como um movimento triplo: da ignorância para o conhecimento; de dentro para fora; e do desassossego para o equilíbrio.
Neste trabalho, pautando-me em uma visão performativa (AUSTIN, 1962; DERRIDA, 1988; BUTLER, 1990/2017) de linguagem, identidade e narrativa, realizo um esforço de desestabilização desses paradigmas. Para tanto, analiso narrativas de saída do armário compartilhadas em um fórum virtual direcionado a membros da comunidade LGBTQ. Ao todo, foram analisadas 130 narrativas compartilhadas pelos usuários ao longo do ano de 2017, assim como eventuais comentários. Dedico-me à análise das pistas indexicais (WORTHAM, 2001) construídas nos textos como forma de garantir destaque à natureza indexical da linguagem (SILVERSTEIN, 1976); no mais, busco destacar e discutir as ações escalares (CARR & LEMPERT, 2016) intrínsecas ao fazer semiótico. Os resultados colocam em relevo o modo como narradores e comentaristas desconstroem premissas fundamentais, como a noção de ―orientação sexual‖ ou a presunção de que a vida é melhor fora do armário. Sugiro que, uma vez que qualquer performance discursiva se reporta indexicalmente a significados macrossociais, tais encontros narrativos podem contribuir para a consolidação de compreensões menos restritas de formulação e apreensão da sexualidade humana. 

Palavras-chave: narrativa canônica de saída do armário; fórum virtual; indexicalidade; escalas; sexualidade.

Abstract

Far-reaching discourses regarding coming out processes add to the solidification of particularly narrow perspectives on language, identity and sexuality. On the whole, such discourses espouse an essentialist framework according to which sexual identities are biologically regimented, cognitively developed, and linguistically expressed (CASS, 1979). These models also conceive of coming out as a triple movement: from ignorance to knowledge; from the inside to the outside; and from suffering to well-being. In this work, by drawing on a performative understanding (AUSTIN, 1962; DERRIDA, 1988; BUTLER, 1990/2017) of language, identity and narrative, I call such paradigms into question. To do so, I analyze coming out narratives shared on an online forum whose target audience chiefly comprises members of the LGBTQ community. In total, the corpus comprises 130 narratives shared by members in 2017, as well as occasional comments. The analysis resorts to Wortham‘s (2001) indexical cues as a way of foregrounding the indexical aspects of meaning-making (SILVERSTEIN, 1976); it also scrutinizes the scalar actions (CARR & LEMPERT, 2016) inherent to semiotic practices. Results underscore some of the ways in which storytellers and commentators deconstruct fundamental underlying premises, such as the idea of ̳sexual orientation‘ or the assumption that life is always better outside the closet. I suggest that, since any discursive performance is indexically tied to macro-social meanings, such narrative encounters may help propagate less confined and confining understandings of human sexuality. 

Keywords: canonical coming out narrative; digital forum; indexicality; scales; sexuality.

 

Luana Fontel Souza

Título: Mães na universidade: performances discursivas interseccionais na graduação

Orientador(a): Profa. Dra. Adriana Carvalho Lopes

Páginas: 102

Resumo

Reconhecendo a entrada e permanência de mulheres nas Ciências, em especial as de grupos historicamente silenciados, como uma possibilidade de reencenar modos de produzir  conhecimento hegemonicamente patriarcais, brancos e eurocentrados, este trabalho busca refletir sobre as relações entre maternidade e universidade, considerando aqui essa sujeita denominada “mãe” como uma identidade produzida interseccional e politicamente através dos discursos de gênero. A partir da análise da relação entre mulheres mães graduandas e as políticas organizacionais do espaço universitário, dentre outras cenas, como a doméstica ou a virtual em que estas sujeitas se inscrevem, esta dissertação objetiva demonstrar os discursos que circulam nesses espaços acerca da maternidade bem como perceber as ideologias sobre gênero e linguagem a que se alinham e projetam. Para isso utilizo além da análise linguística as ferramentas interpretativas etnográficas para uma pesquisa via Whatsapp, possibilidades metodológicas que resultam de um campo de estudos da linguagem, a Linguistica Aplicada, que demostra a riqueza de pensar o campo social através de um locus interdisciplinar.

Palavras-chave: maternidade, universidade, interseccionalidade, discurso.

Abstract

Acknowledging women incoming and remaining in science, particularly those from historically silenced groups, as a possibility of reshaping the hegemonically white eurocentered and patriarchal ways of knowledge production, this work aims to reflect on the relationship between motherhood and academy, considering this subject called “mother” as an intersectionally and politically produced identity through gender discourses. From relation analysis between undergraduating women mothers and organizational policies of the university space, among other scenes, such as the domestic or virtual spaces in which these beings enrolled themselves. This dissertation intends to demonstrate which speeches about motherhood circulate in such spaces as well as to understand the ideologies about gender and the language to which they align and project.
For that, I employ linguistic analysis, ethnographic interpretive tools for a WhatsApp research, resulting methodological possibilities from a language studies field and the Applied Linguistics which demonstrates the great value of thinking the social field through a interdisciplinar locus.

Keywords: motherhood, academy, intersectionality, speech.

 

Mariana Roque Lins da Silva

Título: Entre silêncios e vozes em tempos de (in)delicadeza uma proposta de leitura literária dialógica a partir da obra Capitães da Areia

Orientador(a): Prof. Dr. Marcel Alvaro de Amorim.

Páginas: 161

Resumo

Vivemos fissuras, fragmentações e desestabilizações na contemporaneidade. Assim, se o homem apresenta natureza contraditória, heterogênea e fluida, não se pode esperar que verdades essencializadas deem conta de responder às necessidades atuais. Dessa maneira, sendo a literatura uma importante forma de expressão artística, erguendo-se como caminho para o ser humano (re)pensar seu estar-no-mundo, a leitura da obra Capitães da Areia, escrita em 1937 por Jorge Amado, ergue-se como proposta para a construção de um processo de letramento crítico e dialógico, no qual professora e estudantes de uma escola privada de classe média alta, no Rio de Janeiro, encontram espaço para assumir sua atitude ativa-responsiva diante das questões sociais suscitadas pelo livro. Nesse sentido, considerando a palavra e o seu território social – sempre interacional e ideológico, portanto –, a leitura literária prevista pelo presente trabalho visa a ventilar proposições acerca de conceitos do Círculo de Bakhtin, como heteroglossia, ideologia, responsividade e exotopia, no contexto da leitura dialógica e da produção escrita discente. Por isso, no que se refere ao processo de leitura literária da obra amadiana, constata-se que tal atividade oportunizará aos participantes a instauração de consonâncias,
dissonâncias e multissonâncias. Ler e, de algum modo, vivenciar – nas linhas e nas entrelinhas amadianas – a realidade de centenas de crianças e adolescentes que vivem nas ruas pode ser um importante convite para que os estudantes se posicionem, por meio da análise e da produção de discursos, sobre esse tema de grande relevância social. Nessa perspectiva, consoante Bakhtin ([[1920-24] 2010a e [1975] 2010b e [1953] 2011), Moita Lopes (2006) e Volóchinov ([1929] 2017), a desconstrução de verdades pré-concebidas e a responsividade diante das problemáticas sociais das quais trata a obra são estratégias imprescindíveis para a efetiva leitura literária dialógica.

Palavras-chave: leitura literária, dialogismo, heteroglossia, transposição narrativa.

Abstract

The contemporary world is a broken, fragmentated and non-stable one. Thus, if mankind is contradictory, heterogeneous, and fluid in nature, one can’t expect that essentialist truths will be able to respond to society’s current needs. As a result, since literature is an important form of artistic expression, rising itself as a tool for the human being to think his/her state of being-in-the-world, the reading of Capitães da Areia, written in 1937 by Jorge Amado, was proposed as a procedure for the construction of a process of critical and dialogical literacy, in which a teacher and students of a private upper middle class school in Rio de Janeiro find a space to assume their active-responsive attitude towards the social issues raised by the book. In this sense, considering the word and its social territory – therefore always interactional and ideological – the literary reading proposed by the present master thesis aims to ventilate propositions about Bakhtin Circle concepts, such as heteroglossia, ideology, responsiveness and exotopy applied to the dialogic reading and composition in a school context. Therefore, as far as the literary reading process of the work is concerned, it is verified if such activity will allow the participants to establish consonances, dissonances and multissonances. Reading and somehow
experiencing – in the amadian lines and between the lines – the reality of hundreds of children and adolescents living on the streets can be an important invitation for students to position themselves, through the analysis and production of speeches, on this subject of great social relevance. In this perspective, according to Bakhtin ([[1920-24] 2010a and [1975] 2010b and [1953] 2011), Moita Lopes (2006) and Volóchinov ([1929] 2017), the deconstruction of preconceived truths and the responsiveness in face of the social problems that this master thesis deals with are indispensable strategies for an effective literary dialogical reading.

Keywords: literary reading, dialogism, heteroglossia, narrative transposition.

 

Mariana Nunes Monteiro
Título: “Professora, você fala/ensina o inglês americano ou britânico?”: desestabilizando visões essencialistas sobre a “Língua Inglesa” através da elaboração e análise de uma unidade didática sob uma perspectiva glocal

Orientador(a): Prof. Dr. Rogério Casanovas Tilio

Páginas: 136

Resumo

Na contemporaneidade, as misturas linguístico-identitárias tornam-se cada vez mais latentes, dificultando a delimitação de uma língua a uma determinada comunidade. Dessa forma, faz-se necessário pensar em uma linguística das práticas e dos contatos em oposição a uma linguística das comunidades (MOITA LOPES, 2013). O presente estudo, qualitativo interpretativista e de base documental, focaliza, então, a elaboração e análise de uma unidade didática de inglês, que tematiza o construto da língua inglesa sob uma perspectiva glocal (ROBERTSON, 1992), evidenciando os usos criativos que os chamados falantes não nativos fazem dessa língua. Essa unidade foi pensada para turmas de 8o ano de uma escola federal, localizada na Zona Sul da cidade do Rio de Janeiro, onde o setor de inglês vem repensando suas práticas pedagógicas à luz da coexistência do global e do local, em constante “tensão criativa e caótica” (KUMARAVADIVELU, 2006, p. 133). Perceber a língua inglesa partindo de uma perspectiva glocal possibilita pensar para além do imperialismo linguístico, criando inteligibilidades sobre práticas de resistência por parte dos ditos falantes não nativos, que se apropriam dessa língua, construindo novas realidades linguísticas locais. Através da elaboração da unidade, pensada a partir da Pedagogia do letramento sociointeracional crítico (TILIO, 2015b, 2017), almejo promover movimentos de desestabilização acerca do ideal do falante nativo, encorajando os alunos a valorizar suas próprias produções em inglês e se perceber como usuários legítimos dessa língua. É nesse lugar de possível reescritura das realidades e identidades sociais que esta dissertação se insere e, por isso, atrela-se a uma visão socioconstrucionista do discurso (MOITA LOPES, 2002; VOLÓCHINOV, 1929 [2017]), entendendo-o como performance (BUTLER, 1997; PENNYCOOK, 2007b). A fim de alcançar os objetivos propostos, me debruço sobre os seguintes pressupostos teórico-metodológicos: ideologias linguísticas e culturais sobre a língua inglesa e sobre o falante nativo, ingleses glocais, Pedagogia do letramento sociointeracional crítico e materiais didáticos para o ensino de inglês como documentos de identidade. A análise da unidade,
embasada pelos macrocritérios para a análise de livros didáticos (TILIO, 2016), aponta para a possibilidade de se elaborar uma unidade didática de inglês, a partir de uma pedagogia  educacional e crítica, que valorize as performances linguísticas dos educandos e os conscientize do seu papel ativo e transformador dessa língua. Além disso, é possível destacar que este estudo ressalta o papel do professor como elaborador de material, apresentando critérios claros que podem auxiliá-lo a analisar o seu próprio trabalho.

Palavras-chave: ingleses glocais, ideologias linguísticas e culturais, Pedagogia do letramento sociointeracional crítico e documentos de identidade.

Abstract

In the contemporary world, linguistic-identity mixtures become increasingly latent, making it difficult to delimit a language to a specific community. Therefore, it is necessary to think of a linguistics of practices and contacts as opposed to a linguistics of communities (MOITA LOPES, 2013). The present qualitative, interpretative and documental study focuses on the elaboration and analysis of a didactic unit of English, which thematizes the construct of the English language from a glocal perspective (ROBERTSON, 1992), showing the creative uses that the so-called non-native speakers make of it. This unit was designed for 8th graders of a federal school, located in the South Zone of the city of Rio de Janeiro, where the English sector has been rethinking its pedagogical practices in the light of the coexistence of global and local, in constant “creative and chaotic tension” (KUMARAVADIVELU, 2006, p 133). Perceiving English from a glocal perspective makes it possible to think beyond linguistic imperialism, creating intelligibilities about practices of resistance by non-native speakers, who make the English language their own, building new local linguistic realities. Through the elaboration of the unit, based on the Pedagogy of critical sociointerational literacy (TILIO, 2015b, 2017), I aim at promoting destabilization movements regarding the ideal of the native speaker, encouraging students to value their own productions in English and perceive themselves as legitimate users of the language in question. Thus, this dissertation is linked to a socioconstruccionist vision of discourse (MOITA LOPES, 2002; VOLÓCHINOV, 1929 [2017]), understanding it as performance (BUTLER, 1997; PENNYCOOK, 2007b), due to the fact that it claims the possibility of rewriting realities and social identities. In order to achieve the mentioned objectives, I rely on the following theoretical background: linguistic and cultural ideologies about the English language and about the native speaker, Glocal Englishes, Pedagogy of critical sociointerational literacy and teaching materials for teaching English as documents of identity. The analysis of the unit, based on the macrocriteria for the analysis of textbooks (TILIO, 2016), points to the possibility of elaborating a didactic unit of English, based on an educational and critical pedagogy, that values the linguistic performances of students and makes them aware of their active and major role in transforming this language. In addition, it is possible to emphasize that this study highlights the role of teachers as material developers, presenting clear criteria that can help them analyze their own work.

Keywords: Glocal Englishes, linguistic and cultural ideologies, Pedagogy of critical sociointerational literacy and documents of identity.

 

Mariana Guedes Bartolo
Título: Ensino híbrido e ambientes virtuais de aprendizagem com uso da plataforma Moodle: a perspectiva de professores da Faculdade de Letras da UFRJ

Orientador(a): Prof. Dra. Kátia Cristina do Amaral Tavares

Páginas: 97

Resumo

Esta pesquisa busca compreender a perspectiva de professores da Faculdade de Letras da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) sobre a utilização de ambientes virtuais de
aprendizagem (AVA) criados no learning management system (LMS) Moodle para a hibridização da prática pedagógica. Para fundamentá-la, recorro a autores que tratam de temas
como educação a distância (MOORE & KEARSLEY, 2007; GOMES, 2008), ensino híbrido (GARRIDO, 2009; GEBRAN, 2009; BACICHI & MORAN, 2015; MORAN, 2015), AVA (BRASILEIRO FILHO & MACHADO, 2002; MOZZAQUATRO & MEDINA, 2008; DILLENBOURG, SCHNEIDER & SYNTEKA, 2002), LMS (BERKING & GALLAGHER, 2013; OLIVEIRA & MENDES, 2009) e plataforma Moodle (DOUGIAMAS, 2000; CAMPOS, 2006; PEREIRA, SCHMITT & DIAS, 2007; LETRAS2.0/UFRJ, 2014). Como o objetivo é entender a opinião de professores em um contexto específico, conduzo um estudo de caso (YIN, 2010) em que utilizo instrumentos etnográficos – notas de campo, entrevistas presenciais e registros dos conteúdos (atividades e recursos) dos AVAs – para a geração de
dados. Ao longo da análise, organizo tais dados em categorias (BAZELY, 2013) e os relaciono com o arcabouço teórico apresentado previamente. Por fim, comento sobre os resultados obtidos. De modo geral, os participantes avaliam positivamente o uso de AVAs, apesar das dificuldades técnicas. Percebe-se, também, que nem todas as atividades e recursos disponibilizados pelo Moodle são utilizados em razão da falta de tempo que os professores têm para explorar a plataforma.

Palavras-chave: ensino híbrido, ambientes virtuais de  aprendizagem, plataforma Moodle, docência, uso de tecnologias digitais.

Abstract

This research aims to understand the perspective of professors of School of Languages and Literatures (Federal University of Rio de Janeiro) on the use of virtual learning environments
(VLE) created inside the learning management system (LMS) Moodle for the hybridization of pedagogical practice. In order to ground my study, I refer to authors who deal with topics
such as distance education (MOORE & KEARSLEY, 2007; GOMES, 2008), hybrid learning (GARRIDO, 2009; GEBRAN, 2009; BACICHI & MORAN, 2015); VLE (BRASILEIRO FILHO & MACHADO, 2002; MOZZAQUATRO & MEDINA, 2008; DILLENBOURG, SCHNEIDER & SYNTEKA, 2002), LMS (BERKING & GALLAGHER, 2013; OLIVEIRA & MENDES, 2009) and Moodle platform (DOUGIAMAS, 2000; CAMPOS, 2006; PEREIRA, SCHMITT & DIAS, 2007; LETRAS2.0/UFRJ, 2014). Since the objective is to understand professors’ opinions within a specific context, I conduct a case study (YIN, 2010)
in which I use ethnographic instruments – field notes, face-to-face interviews and records of content (activities and resources) of VLEs – to generate data. Throughout the analysis, I organize such data into categories (BAZELY, 2013) and relate them to the theoretical foundations previously presented. Finally, I comment on the results obtained. In general, the participants  evaluated positively the use of VLEs, despite some technical difficulties. It is also noticed that some activities and resources available on Moodle are not often used due to the lack of time professors have to explore the platform.

Keywords: hybrid learning, virtual learning environments, Moodle platform, teaching, use of digital technologies.

 

Manoela Tavares Carvalho da Silva

Título: “Vamos voltar para a matéria?” Ideologia Linguística da Neutralidade no ensino de Língua Portuguesa.

Orientador(a): Profa. Dra. Adriana Carvalho Lopes

Páginas: 99

Resumo

Algumas pedagogias de ensino veem a língua como um objeto circunscrito e limitado ao estudo da gramatica normativa, o que remete a um modelo dominante, linear e descontextualizado de língua e, consequentemente, seu ensino. Em direção oposta, numa discussão sobre ideologias linguísticas, adotamos neste trabalho o pressuposto de que a língua é uma performance situada (em trajetória) social e historicamente. Desta maneira, esta dissertação se estabelece numa relação entre linguagem e educação, com a finalidade de compreender como se dá a mobilização – por professora, alunos e pesquisadora – de ideologias linguísticas em trajetórias de socialização e práticas de letramentos ao longo das aulas de Língua Portuguesa, de uma turma do segundo ano do ensino médio, em uma escola pública federal. Para isso, realizamos uma pesquisa de base etnográfica, tendo como fonte de dados: anotações em um diário de campo e transcrição de uma aula que discutia questões do Enem (2018). Os dados indicaram que o entendimento de língua ultrapassava uma visão de código ou sistema de signos, com
mobilização de ideologias sobre língua no desenvolvimento de reflexões sobre literatura, que ocorriam concomitantes a outras ideologias mobilizadas em debates de cunho político social. No entanto, era manifestada a compreensão que tais debates não faziam parte de uma discussão de Língua Portuguesa, sendo entendidos por vezes como desvios da aula, o que em nossa interpretação indica uma ambivalência em termos de ensino, uma vez que se realizava aulas encarando a língua no contexto de seu uso, mas não numa dimensão política. Considerando que não há produções sociais apolíticas – por exemplo, no cerne das aulas observadas, pode não ser coincidência que nossos cânones da literatura sejam predominantemente homens brancos – uma possível contribuição deste trabalho está na reflexão sobre língua e letramento em uma perspectiva social que envolva uma reflexão sobre texto (dos mais diversos) de forma
articulada com a compreensão de mundo, podendo, no cenário atual, favorecer e situar questões políticas (no sentido da não neutralidade) no ambiente escolar e em aulas de Língua Portuguesa.

Palavras-chave: ideologias linguísticas, letramentos, trajetórias de socialização.

Abstract

Some teaching pedagogies see language as a circumscribed object limited to the study of normative grammar, which refers to a dominant, linear and decontextualized model of language and, consequently, its teaching. In the opposite direction, in a discussion of linguistic ideologies, we adopt in this paper the assumption that language is a socially and historically situated (in trajectory) performance. Thus, this dissertation is established in a relationship between language and education, in order to understand how the mobilization – by teacher, students and researcher – of linguistic ideologies in socialization trajectories and literacy practices throughout Portuguese Language classes. , from a sophomore in high school, at a federal public school. For this, we carried out an ethnographic research, having as source of data: annotations in a field diary and transcription of a class that discussed Enem questions (2018). The data indicated that the understanding of language went beyond a vision of code or sign system, with mobilization of ideologies about language in the development of reflections on literature, which occurred concurrently with other ideologies mobilized in debates of social political nature. However, the understanding was expressed that such debates were not part of a discussion of Portuguese Language, being sometimes understood as deviations from the class, which in our interpretation indicates an ambivalence in terms of teaching, since classes were held facing language in the context of its use, but not in a political dimension. Considering that there are no apolitical social productions – for example, at the heart of the observed classes, it may not be coincidence that our canons of literature are predominantly white men – one possible contribution of this work is in the reflection on language and literacy in a social perspective that involves a reflection on text (of the most diverse) in articulation with the understanding of the world, and may, in the current scenario, favor and situate political issues (in the sense of non- neutrality) in the school environment and in Portuguese language classes. 

Keywords: linguistic ideologies, literacies, socialization trajectories.

 

Norma Sueli da Silva

Título: À luz dos nossos segredos: por uma revisão da narrativa canônica de saída do armário dialógica das atividades de leitura 

Orientador(a): Prof.a Dr.a Luciana Marino do Nascimento.

Páginas: 105

Resumo

A proposta desse trabalho é analisar as obras Um passeio pela cidade do Rio de Janeiro e Memorias da Rua do Ouvidor, de Joaquim Manoel de Macedo, e Senhora, de José de Alencar, identificando como a Rua do Ouvidor foi tratada pelo discurso literário do século XIX. O objetivo é verificar como a Rua do Ouvidor se constrói como metáfora do ingresso das elites brasileiras no mundo do progresso e da Modernidade. Para isso, recorremos às teorias da Linguística Aplicada, com Moita Lopes (2006), da Filosofia da Linguagem com Bakhtin (2006) e Foucault (1999), do Discurso Literário, com Maingueneau (2012), além de outras áreas de estudo, como História, Sociologia, Antropologia e Geografia. Por meio desta pesquisa, foi possível repensar como o Brasil, representado pela cidade do Rio de Janeiro, estabeleceu uma política social de exclusão dos indígenas, em um primeiro momento, e, posteriormente, dos negros, no período pós-escravocrata, acarretando na grande desigualdade social que persiste até o século XXI. Para complementar, a pesquisa de imagens e documentos dos séculos XIX e XXI ajuda a compreender o espaço urbano em que se situa a Rua do Ouvidor.

Palavras-chave: Linguística Aplicada; Literatura; História; Memória; José de Alencar; Joaquim Manoel de Macedo.

Abstract

The proposal of this work is to analyze the novels Um passeio pela cidade do Rio de Janeiro and Memorias da Rua do Ouvidor, by Joaquim Manoel de Macedo, and Senhora, by José de Alencar, identifying how Rua do Ouvidor was treated by literary discourse of the century XIX. The objective is to verify how Rua do Ouvidor is constructed as a metaphor for the entrance of the Brazilian elites into the world of progress and Modernity. To that end, we used Applied Linguistics, with Moita Lopes (2006), the Philosophy of Language with Bakhtin (2006) and Foucault (1999), the Literary Discourse with Maingueneau (2012), as well as other areas of study, such as History, Sociology, Anthropology and Geography. Through this research, it was possible to rethink how Brazil, represented by the city of Rio de Janeiro, established a social policy of exclusion of the natives, at first, and later, of the black people, in the post-slavery period, leading in
the great inequality that persists until the 21st century. To complement, the research of images and documents of the XIX and XXI centuries helps to understand the urban space in which the Rua do Ouvidor is located.

Keywords: Applied Linguistics; Literature; History; Memory; José de Alencar; Joaquim Manoel de Macedo.

  

DISSERTAÇÕES DEFENDIDAS EM 2018

Total de dissertações defendidas: 10

Fernanda Meneses Rodrigues da Costa

Título: Questões de linguagens, códigos e suas tecnologias do enem 2016: que perspectivas de letramento o exame (des)legitima?

Orientador(a):  Profa. Dra. Paula Tatianne Carréra Szundy

Páginas: 168

Resumo

O ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) é uma prova de admissão para a entrada em muitas universidades brasileiras. Além disso, o ENEM também tem como objetivo influenciar, de maneira indireta, a reestruturação do currículo da educação básica. Frente a isso, esta pesquisa busca compreender as práticas de letramento (des)legitimadas pelas questões de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias do ENEM 2016. Para tanto, e a partir de uma análise dialógica dessas provas, baseio-me em duas perguntas de pesquisa: 1) que referências de mundo são mobilizadas para a compreensão do conteúdo dos gêneros selecionados? 2) a que possíveis interlocutores os gêneros selecionados se dirigem? A que outros enunciados podem ser relacionados? Para respondê-las, utilizo os conceitos de gênero do discurso (BAKHTIN, 1953/2016; VOLOCHINOV, 1929/2006), multiletramentos (COPE E KALANTZIS, 2000), letramentos autônomos e letramentos ideológicos (STREET, 2014) e entextualização (BLOMMAERT, 2005), além de relacionar esses dados aos postulados sobre o processo de ensino-aprendizado nos documentos para o ensino médio, a fim de compreender a perspectiva educacional subjacente às questões do exame. Os resultados apontam para uma maior aproximação das questões investigadas com a perspectiva autônoma de letramento e, portanto, o afastamento de uma perspectiva educacional mais libertadora tal como defendida por Freire (1967).

Palavras-chave: ENEM; letramentos; gêneros do discurso

Abstract 

ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio – National Exam of High School) is an admission exam for enrollment in many Brazilian universities. Moreover, ENEM also aims to influence
indirectly the transformation of Brazilian high school curriculum. Because of this issue, this research aims at comprehending the literacy practices privileged (or not) in the questions that
integrate the area Language, Codes and its Technologies (Linguagens, Códigos e suas Tecnologias) from the 2016 test. With this purpose, and through a dialogic perspective of analysis, I am oriented by two research questions: 1) what is the type of knowledge necessary in order to understand the content of the speech genres that were chosen in the exam? 2) to which speakers are these speech genres adressed? What other types of utterances can they be related to? In order to answer these questions, I invoke the concepts of speech genres (BAKHTIN, 1953/2016; VOLOCHINOV, 1929/2006), multiliteracies (COPE E KALANTZIS, 2000), autonomous and ideological models of literacy (STREET, 2014) and entextualization (BLOMMAERT, 2005), and I relate them to the National Curricular Frameworks for High School as a means of sheding light on the educational perspectives designed by the exam. The results indicate that the questions which compose ENEM 2016 privilege an autonomous model of literacy and are, therefore, distant from an educational perspective based on critical thinking as that supported by Freire (1967).

Keywords: ENEM; literacies; speech genres..

 

Jardel Rabelo de Almeida

Título: WhatsApp na formação continuada do professor para uso de tecnologias digitais: a perspectiva dos participantes

Orientador(a):  Profa. Dra. Kátia Cristina do Amaral Tavares

Páginas: 95

Resumo

Este estudo investiga a perspectiva dos professores participantes, um de Geografia e o outro de Artes, sobre a atividade de aprender a usar tecnologias digitais na prática pedagógica
e a percepção desses professores em relação ao uso do aplicativo WhatsApp utilizado no processo de formação continuada conduzido nesta dissertação. Por se tratar de um processo investigativo que objetiva a observação, intervenção, análise e transformação das práticas pedagógicas dos participantes, este estudo caracteriza-se como uma pesquisa colaborativa crítica (Magalhães, 1998/2002; Liberali, 2014) e baseia-se em Paiva (2013); Tavares (2007); Buzato (2006); e nos princípios críticos-reflexivos (Schön, 2000; Smyth, 1992; entre outros). Foi  desenvolvido um estudo de caso de base etnográfica e foram utilizados como instrumentos para a geração de dados mensagens eletrônicas através do aplicativo WhatsApp, entrevista e observação com notas de campo. Os resultados trazem implicações para a formação continuada docente destacando o uso de aplicativos de mensagens instantâneas e a importância da reflexão crítica nessa formação.

Palavras-chave: tecnologias digitais, formação do professor, formação continuada, WhatsApp.

Abstract 

This study investigates the participants teachers’ view, a Geography teacher and an Arts one, about the activity of learning how to use digital technologies in pedagogical practice and the participants’ perception in relation to the application WhatsApp used in the process of continuing professional development throughout this research. As this dissertation aims at observing, analyzing and transforming the participants’ pedagogical practice, this study is characterized as critical collaborative research (Magalhães, 1998/2002; Liberali, 2014), based on Paiva, (2013); Tavares, (2007); Buzato, (2006); and on the principles of critical thinking (Schön, 2000; Smyth, 1992; and others). A case study of ethnographic basis was developed and the instruments used to generate data were electronic messages through the application WhatsApp, interview and observation with field notes. The results have implications for the continuing professional development concerning the use of applications developed to send and receive online messages and points out the crucial role of critical thinking in this education.

Keywords: digital technologies, teacher education, continuing professional development, WhatsApp

 

Joana Castañon de Carvalho

Título: O ensino transgressivo da língua inglesa em uma escola técnica de nível médio: usos e reflexões se um professor-escritor sobre sua unidade didática para o letramento crítico

Orientador(a):  Profa. Dra. Maria de Fátima Lima Santos

Páginas: 129

Resumo

Com base em uma visão performativa da linguagem e do gênero (AUSTIN, 1962; BUTLER, 1990, 1993), esta dissertação tem como objetivo analisar a produção de sentidos sobre a menstruação e o dito corpo feminino em discursos de mulheres feministas, bem como as disputas na produção de significados que se dão entre suas falas e discursos biomédicos, midiáticos, feministas, liberais, entre outros. O cerne do trabalho é, assim, a discussão das formas como diversos regimes de verdade (FOUCAULT, 1980) – médicos, midiáticos, familiares, sexuais – são vividos e negociados discursivamente. Os dados foram gerados por meio de entrevistas orais semiestruturadas realizadas com cinco mulheres feministas que utilizam ou que já tenham utilizado o coletor menstrual. O foco inicial nos discursos sobre o coletor menstrual é devido a meu contato prévio com discursos virtuais sobre esse produto, que me interessaram por atravessarem questões concernentes à relação das mulheres com seu corpo/sangue e apontarem para vivências alternativas àquelas que costumam ser produzidas em discursos biomédicos e midiáticos. As entrevistas abrangeram questões diversas sobre a relação corpo-mulher cis, assim voltando-se para a discussão de questões como o nojo do sangue menstrual e a medicalização do corpo feminino, dentre diversas outras. Na investigação, é possível identificar movimentos discursivos de desestabilização de categorizações frequentemente
evocadas na produção de sentidos sobre o corpo feminino e a menstruação, tais como sujeira, maturidade, natureza, feminilidade, evolução e libertação.

Palavras-chave: menstruação; coletor menstrual; feminismo; discurso.

Abstract 

Drawing on a performative view of language and gender (AUSTIN, 1962; BUTLER, 1990, 1993), this thesis aims to analyze the production of meanings about menstruation and the so-called female body in feminist women’s discourses, as well as investigate the disputes in the production of signification that take place between their speeches and medical, media, feminist and neoliberal discourses, among others. Therefore, the work’s core is the discussion of the multiple ways through which several “regimes of truth” (FOUCAULT, 1980) are lived and discursively negotiated. Data were generated through semi-structured oral interviews conducted with five self-identified feminist women who either use or have already used the menstrual cup. The initial focus on discourses about the menstrual cup was due to my previous contact with virtual narratives about this product, which addressed issues related to women’s relationship with their body/blood and pointed to alternative experiences than those usually produced in medical and media discourses. The interviews covered several issues about the cis woman-body relationship, thus focusing on issues such as the disgust for menstrual blood and the medicalization of the female body, amongst several others. In the investigation, it is possible to identify discursive movements that destabilize categorizations that are frequently evoked in the production of meanings about the female body and menstruation, such as dirtiness, maturity, nature, femininity, evolution, and liberation.

Keywords: menstruation; menstrual cup; feminism; discourse.

 

Marina Albuquerque de Almeida

Título: Estilística e Gramática: entre os conflitos de um conceito e a legitimação de um gênero

Orientador(a):  Prof. Dr. Henrique F. Cairus

Páginas: 100

Resumo

Entre os conflitos de um conceito (a ‘estilística’) e a legitimação de um gênero (a gramática), encontram-se caminhos que tangem questões epistemológicas e também históricas. A disciplina que compõe a história do conceito de ‘estilística’ traz hoje consigo um universo de esvaziamento semântico, resultado de sua posição frágil em meio ao embate entre Linguística e estudos literários no século XX. O cientificismo herdado do positivismo do século XIX permitiu que a Estilística vingasse como a saída para se dar caráter científico aos estudos literários; ao mesmo tempo, num caminho quase contraditório, a Estilística, na sua pluralidade de vertentes, também dava à Linguística a possibilidade de interlocução com os estudos literários. Com o rompimento entre os dois campos, a Estilística – científica em excesso para os estudos literários, e científica de menos para a Linguística – não sobreviveu, visto o desinteresse de um pelo outro. Apesar disso, notou-se a presença remanescente dessa disciplina em gramáticas normativas brasileiras ainda vigentes, herdado em certa medida o lugar da antiga Retórica, nomeando o catálogo de figuras e tropos – estes, constantemente mantidos ou retomados, independente da disciplina que os nomeie. E chega-se, enfim, a um questionamento sobre que lugar haveria ainda hoje, institucional e epistemologicamente, para a existência de qualquer pensamento que não separe por completo a língua e a literatura.

Palavras-chave: estilística; gramática; história dos conceitos; embate; campo; Linguística e Literatura; Letras; figuras e tropos.

Abstract 

Between the conflicts of a concept (‘stylistics’) and the legitimation of a genre (grammar) there are paths somehow related to epistemological and also historical questions. The discipline that constitutes the history of the concept ‘stylistics’ carries within itself today a universe of semantic emptiness, which is the result of its fragile position in the midst of the quarrel between Linguistics and Literary studies in the 20th century. The scientism inherited from the 19th century’s Positivism allowed the Stylistics to thrive as a escape to give literary studies a scientific quality. Meanwhile, in an almost contradictory course, the Stylistics, in its plurality of aspects, also would gave Linguistics a possibility of interlocution with literary studies. With the separation between these two fields, Stylistics – far too scientific for Literary studies and not scientific enough for Linguistics – did not survived, since the lack of interest of one for the other. Nevertheless, it has been possible to notice the remnant presence of these disciplines in still valid normative Brazilian grammars, which place is an inheritance, in a way, of the ancient Rhetoric, naming the figures and tropes catalog – these constantly kept or retrieved, no matter the name of the discipline imposed upon them. And there is, finally, a question about which place there would be still today, institutionally and epistemologically, for the existence of any reflections that would not detach completely language and literature.

Keywords: grammar; conceptual history; quarrel; field; Linguistics and Literature; Letras; figures and tropes.

 

Paula Kleiman

Título: O ensino transgressivo da língua inglesa em uma escola técnica de nível médio: usos e reflexões se um professor-escritor sobre sua unidade didática para o letramento crítico

Orientador(a):  Profa. Dra. Ana Paula Marques Beato-Canato

Páginas: 208

Resumo

Esta pesquisa objetiva investigar as ideologias linguísticas de duas professoras em sessões reflexivas e entender as capacidades de linguagens potencialmente desenvolvidas num projeto
didático de gênero, bem como suas possíveis contribuições para formação reflexiva das participantes e para o ensino-aprendizagem de inglês como língua adicional numa escola
pública estadual. Para isso, estuda-se um projeto didático de gênero construído ao longo de cinco sessões reflexivas, que também constituem os dados de análise. A investigação, que se
apoia no paradigma qualitativo e na abordagem interpretativista, analisa as ideologias linguísticas (KROSKRITY, 2004) que permeiam a construção discursiva das professoras e suas influências no material didático, que é analisado segundo seu potencial de desenvolvimento das capacidades de linguagens nas atividades (DOLZ; PASQUIER; BRONCKART 1993; CRISTOVÃO, STUTZ, 2011; LENHARO, 2016). Deste modo, articulam-se os procedimentos didáticos do interacionismo sociodiscursivo (ISD), à perspectiva dialógica do círculo de Bakhtin, ao conceito de (multi)letramentos (BARTON; HAMILTON, 2000; COPE; KALANTZIS, 2000; LEMKE, 2010; ROJO, 2012; STREET, 2014) e a noção de entextualização (BLOMMAERT, 2005) para propor um projeto didático que problematize os discursos encadeados nos gêneros como uma trajetória discursiva midiática. Neste contexto, a construção do projeto é atravessada pelos diálogos estabelecidos pelas participantes. Tais interações revelam suas ideologias linguísticas através de conflitos dialógicos nas sessões reflexivas. Os resultados indicam o processo de transposição didática como um espaço de desestabilização para aprendizagens significativas na formação docente.

Palavras-chave: ensino-aprendizagem; formação reflexiva; gêneros do discurso/textual.

Abstract 

This research aims to investigate language ideologies in reflective sessions and to understand language capacities potentially developed in a didactic project of genre as well as their possible contributions for the reflective formation of two teachers and for the teaching-learning process of English as an additional language in a state public school. To do so, it investigates a didactic project of genre constructed over five reflective sessions, which also constitute the analysis data. This research, which favors the qualitative paradigm and the interpretive approach, analyzes language ideologies (KROSKRITY, 2004) that permeate the discursive construction of the teachers, and their influences on the didactic material, which is analyzed according to its potential of developing language capacities in the activities (DOLZ; PASQUIER; BRONCKART 1993; CRISTOVÃO, STUTZ, 2011; LENHARO, 2016). In this way, this investigation articulates the didactic procedures of sociodiscursive interacionism (SDI), with the dialogical perspective of Bakhtin’s circle, with the concept of (multi)literacies (BARTON; HAMILTON, 2000; COPE; KALANTZIS, 2000; LEMKE, 2010; ROJO, 2012; STREET, 2014), and with the notion of entextualization (BLOMMAERT, 2005) in order to propose a didactic project that problematizes the chained discourses in the genres as a media discursive trajectory. In this context, the construction of the didactic project is crossed by the dialogues established by the participants. Such interactions reveal their language ideologies through dialogical conflicts in the reflective sessions. The results indicate the process of didactic transposition as a space of destabilization for meaningful learning in the teachers’ formation.

Keywords: teaching-learning; reflective formation; textual/speech genres.

 

Pedro Luís Sala Vieira

Título: As traduções de Hamlet no Brasil: um estudo diacrônico dos paratextos

Orientador(a):  Profa. Dra. Janine Maria Mendonça Pimentel

Páginas: 125

Resumo

A obra dramática e poética de William Shakespeare exerce incontestável influência sobre a literatura e a arte no mundo ocidental há séculos. Esses fatores nos levam a dar uma
importância especial às traduções de suas obras para outros idiomas, uma vez que a prática da tradução se caracteriza principalmente pela sua capacidade de mediação intercultural, além de promover conexões através da disseminação do conhecimento de determinada cultura-fonte para uma distinta cultura-alvo. Há inúmeros aspectos que importam quando se trata de estudar e analisar traduções que vão além de apenas olhar o processo tradutório em si, tais quais os fatores extratextuais que se relacionam diretamente com o contexto de produção e recepção desses textos pela cultura receptora. Tendo em consideração tais pressupostos, a presente pesquisa analisou os paratextos de doze traduções da peça Hamlet publicado no Brasil. 
O objetivo reside em observar como esses paratextos atuam, do ponto de vista diacrônico, na construção do discurso em torno da recepção da peça no Brasil por meio de suas traduções.
Para tanto, utilizou-se como aparato teórico os Estudos Descritivos da Tradução, a estética da recepção e a análise do discurso. Através da análise descritiva realizada, foram identificados
temas e padrões discursivos nos elementos paratextuais. A partir dos dados obtidos, é desenvolvida uma proposta de categorização desses paratextos. Utiliza-se nesta pesquisa a definição de paratexto de Gerárd Genette (1997), tratando-se de componente verbal ou não verbal situado em torno do livro, e que discursa sobre a obra a qual se relaciona e influencia na recepção desta. 

Palavras-chave: Tradução; Paratexto; Hamlet; Shakespeare; Recepção.

 

Rafael de Vasconcelos Barboza

Título: Sentidos e(m) movimento: a construção discursiva de espaços e identidades pelos grafitos de banheiro

Orientador(a):  Prof. Dr. Rodrigo Borba

Páginas: 165

Resumo

Em suas pesquisas, a Linguística Aplicada tem aprofundado pouco a questão do espaço, tomando-o apenas como pano de fundo das análises. Espaços, no entanto, são centrais na nossa experiência de mundo. A partir da análise dos grafitos de banheiro, este trabalho investiga como espaços e identidades são produzidos discursiva e simbioticamente, buscando identificar as ideias que (in)formam essa produção, bem como as fissuras que possibilitam espaços e existências outras. A partir de uma perspectiva pós-estrutural, espaços e identidades são entendidos aqui como produtos da prática social, efeitos performativos de uma performance (BUTLER, 1988). Os banheiros visitados na pesquisa são aqueles da Faculdade de Letras / UFRJ, e a análise qualitativa dos grafitos aí encontrados concentrou-se nos aspectos multimodais da sua produção e de sua colocação (SCOLLON & SCOLLON, 2003). A análise articula os conceitos de indexicalidade, escalas e cronotopos, observando as continuidades e rupturas que se operam na circulação de textos e nas formas como eles comparecem em nossas performances. Assim, foi possível entender as formas pelas quais produzimos espaços e sujeitos altamente essencializados, governados pelos modelos da cisheteronormatividade. Esta mesma análise, contudo, aponta também para possibilidades de desvio dessa “norma”: cada nova interação pode produzir um banheiro desviante, um espaço heterotópico que possibilita outras existências e resistências. Ao discutir as formas como a produção de espaços e identidades pode ser altamente essencializante, este trabalho procura caminhar no sentido de uma desontologização da realidade, desconstruindo enquadres hegemônicos que produzem identidades e espaços virtualmente neutros e naturais.

Palavras-chave: espaço, banheiros, grafitos de banheiro, performatividade, paisagem linguística.

Abstract

Research in Applied Linguistics has not yet taken the issue of space in deep consideration, taking it only as a background for analysis. Spaces, however, are central to our world experience. Taking toilet graffiti as its corpus, this work investigates how spaces and identities are produced discursively and symbiotically, trying to identify the worldviews that (in)form this production, as well as the fissures that make possible other spaces and other existences. From a post-structural perspective, spaces and identities are understood here as products of social practice, performative effects of performances (BUTLER, 1988). The bathrooms visited for this research were those of the Department of Letters of UFRJ, and the qualitative analysis of the graffiti found there focused on the multimodal aspects of its production and emplacement (SCOLLON & SCOLLON, 2003). The analysis articulates the concepts of indexicality, scales and  chronotopes, observing the continuities and ruptures in the circulation of texts and in the ways they appear in our performances. It was possible to understand the ways in which we produce highly essentialized spaces and subjects, governed by the models of cisheteronormativity. However, there are also possibilities for deviation from this “norm”, since each new interaction can produce a deviant toilet, a heterotopic space that affords other existences and resistances. In discussing the ways in which the production of spaces and identities can be highly essentializing, this work seeks to move towards a deontologization of reality, deconstructing hegemonic frameworks that produce virtually neutral and natural identities and spaces.

Keywords: space, bathrooms, bathroom graffiti, performativity, linguistic landscape.

 

Saide Feitosa da Silva

Título: Nova Iorque das ruas e do texto – Uma leitura de Maggie: a girl of the streets, de Stephen Crane

Orientador(a):  Profa. Dra. Luciana Marino do Nascimento.

Páginas: 165

Resumo

Esta dissertação tem por objetivo fazer uma leitura do romance Maggie: a girl of the streets, de Stephen Crane, publicado em 1896, pertencente a estética naturalista, tendo como foco a representação da cidade de Nova Iorque em fins do século XIX, quando a modernidade e suas inovações são acompanhadas pela literatura, buscando entender quais discursos imortalizaram essa cidade, dentre eles, o posterior epíteto Big Apple, adentrando na cidade transfigurada da realidade nova-iorquina onde circulam as personagens de Crane. Como principais desdobramentos, foi possível compreender como na narrativa do autor o espaço citadino foi encenado em conjunto com o processo de construção identitária das personagens, principalmente Maggie, e como os discursos sobre o urbano se articularam a partir dela. Assim, estudamos a representação da cidade de Nova Iorque, por meio da ficção, bem como o processo articulatório relacional existente entre os fatores históricos, ideológicos e culturais na formação discursiva ficcional. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, de caráter bibliográfico. A pesquisa foi desenvolvida através da leitura da obra literária, em tela, e de outras fontes que serviram de aportes teóricos para a fundamentação e escrita deste trabalho, visando a uma
proposta de estudo na área da Linguística Aplicada (LA) e Literatura. Foram alcançados os seguintes resultados: compreensão das duas cidades construídas por Crane: a real e a simbólica, idealizada por Maggie; entendimento do quão as duas cidades e seus discursos são determinantes para a formação identitária das personagens, notadamente de Maggie; reconhecimento de Nova Iorque como uma cidade icônica na obra escrita por Crane; apreensão do espaço citadino e seus discursos encenados e articulados a partir da formação identitária de Maggie e seus deslocamentos pelas suas duas cidades. Para tanto, entre outros teóricos, foram utilizados os seguintes autores: Moita Lopes (1996, 2006), Williams (2000, 2007, 2011), Geertz (2008), Volóchinov ([1929], 2013), Bakhtin (2000), Hall (2006, 2009), Maingueneau (2002, 2006), Orlandi (2001, 2004), Berman (1986, 2009), Foucault (1999, 2000, 2005, 2008, 2012), Benjamin (1985),
Barthes (1987), Guinsburg & Faria (2017). 

Palavras-chave: Cidade. Modernidade. Nova Iorque. Naturalismo. Stephen Crane.

Abstract

This dissertation aims to read the novel Maggie: a girl of the streets by Stephen Crane, published in 1896, belonging to the literary naturalism movement, focusing on the representation of New York City in the late nineteenth century, when modernity and its innovations are accompanied by literature, seeking to understand which discourses immortalized this city, among them the later epithet Big Apple, entering New York transfigured city reality where Crane’s characters circulate. As main developments, it was possible to understand how in the author’s narrative, the city environment was staged together with the characters’ identity construction process, mainly Maggie, and how the discourses about the urban were articulated from the main character herself.
Thus, we studied New York City representation, through fiction, as well as the relational articulatory process existing among historical, ideological and cultural factors in the fictional discursive formation. It is a qualitative research, of bibliographical character. The research was developed through the reading of the literary work in analysis, and other sources which serve as theoretical contributions for the foundation and writing of this work, aiming at study proposal in the area of Applied Linguistics as well as Literature. The obtained results were: understanding of the two cities built by Crane: the real and the symbolic, idealized by Maggie; understanding of how the two cities and their speeches were decisive for the characters’ identity formation, mainly Maggie; recognition of New York as an iconic city in the work written by Crane; apprehension of the city space and its speeches staged and articulated from Maggie’s identity formation and her displacements along the two cities. To accomplish this goal, among other theorists, we used the following authors: Moita Lopes (1996, 2006), Williams (2000, 2007, 2011), Geertz (2008), Volóchinov ([1929], 2013), Bakhtin (2000), Hall (2006, 2009), Maingueneau (2002, 2006), Orlandi (2001, 2004), Berman (1986, 2009), Foucault (1999, 2000, 2005, 2008, 2012), Benjamin (1985), Barthes (1987), Guinsburg & Faria (2017).

Keywords: City. Modernity. New York. Naturalism. Stephen Crane.

Resumen

Esta disertación tiene por objetivo hacer una lectura de la novela Maggie: a girl of the streets, de Stephen Crane, publicada en 1896, que pertenece a la estética naturalista, teniendo como foco la representación de la ciudad de Nueva York a fines del siglo XIX, momento en que la modernidad y sus innovaciones son acompañadas de la literatura, buscando principalmente identificar qué discursos inmortalizaron esa ciudad, empezando por el Big Apple, adentrando también en la ciudad transfigurada de la realidad neoyorquina donde circulan los personajes de Crane. Como principales desdoblamientos, fue posible identificar como en la narrativa del autor, el espacio citadino fue entenado en conjunto con el proceso de construcción identitaria de los personajes, principalmente Maggie, y cómo los discursos sobre lo urbano se articulan a partir de ella. Así, estudiamos la representación de la ciudad de Nueva York, por medio
de la ficción, así como el proceso articulatorio relacional existente entre los hechos históricos, ideológicos y culturales en la formación discursiva ficcional. Se trata de una investigación cualitativa, de carácter bibliográfico. La investigación fue desarrollada a través de la lectura de la obra literaria en pantalla, ya través de otras fuentes que servirán de aportes teóricos para la fundamentación y escritura de este trabajo, visando una propuesta de estudio en el área de Lingüística Aplicada y Literatura. Se alcanzaron los siguientes resultados: comprensión de las dos ciudades construidas por Crane: la real y la simbólica, ideada por Maggie; entendimiento de lo que las dos ciudades y sus discursos son determinantes para la formación identitaria de los personajes, especialmente de Maggie; reconocimiento de Nueva York como una ciudad icónica en la obra escrita por Crane; aprehensión del espacio citadino y sus discursos escenificados
y articulados a partir de la formación identitaria de Maggie y sus desplazamientos por sus dos ciudades. Para ello, entre otros teóricos, se utilizaron los siguientes autores: Moita Lopes (1996, 2006), Williams (2000, 2007, 2011), Geertz (2008), Volóchinov ([1929], 2013), Bakhtin (2000), Hall (2006, 2009), Maingueneau (2002, 2006), Orlandi (2001, 2004), Berman (1986, 2009), Foucault (1999, 2000, 2005, 2008, 2012), Benjamin (1985), Barthes (1987), Guinsburg & Faria (2017).

Palavras clave: Ciudad. Modernidad. Nueva York. Naturalismo. Stephen Crane.

 

Thamiris Martins Santos de Morais

Título: Tecnologias digitais no ensino superior: a adoção da modalidade híbrida, da sala de aula invertida e da gamificação sob a perspectiva dos participantes

Orientador(a):  Profa. Dra. Kátia Cristina do Amaral Tavares

Páginas: 115

Resumo

Esta pesquisa pretende investigar como ocorre o uso da modalidade híbrida e de um ambiente virtual de aprendizagem (AVA) em uma disciplina de Anatomia para graduandos de Educação Física da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Além disso, busca-se compreender a utilização de metodologias ativas – a sala de aula invertida e a gamificação – que são  incorporadas nesse curso e como elas são percebidas pelos participantes dele. A fundamentação teórica compreende estudos sobre modalidade híbrida (PERES, 2013; ALMEIDA, 2012, entre outros), ambientes virtuais de aprendizagem (FRANCO, 2009; VITER, 2013, entre outros), sala de aula invertida (BERGMANN; SAMS, 2012; VALENTE, 2014, SHERROW; LANG; CORBERTT,
2016, entre outros) e gamificação (DETERDING et al, 2011; KIRYAKOVA et al, 2014; FARDO, 2013, entre outros). Foi desenvolvido um estudo de caso de base etnográfica e foram utilizados como instrumentos para a geração de dados mensagens eletrônicas através do aplicativo WhatsApp, entrevista, observação com notas de campo e questionário. A análise dos dados descreveu o uso e a construção da modalidade híbrida e do AVA e a adoção da sala de aula invertida e da gamificação no curso investigado. Além disso, os resultados indicam que o uso das tecnologias digitais e das metodologias ativas possibilitou estender o ensino para fora da sala de aula, conhecer previamente o conteúdo a ser ensinado e estimulou os alunos a buscarem seu próprio aprendizado.

Palavras-chave: modalidade híbrida, ambientes virtuais de aprendizagem, sala de aula invertida, gamificação, uso de tecnologias digitais, metodologias ativas.

Abstract

This research intends to investigate how the use of hybrid learning and of a virtual learning environment (VLE) occurs in a discipline of Anatomy for undergraduate students of Physical Education in the Federal University of Rio de Janeiro (UFRJ). Besides that, it wants to comprehend the use of active methodologies – flipped classroom and gamification – that are incorporated to this course and how their participants perceive them. The literature review comprehends studies about hybrid learning (PERES, 2013; ALMEIDA, 2012, among others), virtual learning environment (FRANCO, 2009; VITER, 2013, among others), flipped classroom (BERGMANN; SAMS, 2012; VALENTE, 2014, SHERROW; LANG; CORBERTT, 2016, among others) and gamification (DETERDING et al, 2011; KIRYAKOVA et al, 2014; FARDO, 2013, among others). A case study of ethnographic basis was developed and the instruments used to generate data were electronic messages through the application WhatsApp, interview, observation with field notes and questionnaire. The data analysis described the use and the construction of hybrid learning and VLE and the adoption of flipped classroom and gamification in the course under investigation. Besides that, results indicate that the use of digital technologies and active methodologies enabled to extend instruction to outside the classroom, to know previously the content to be taught and it encouraged students to search for their own learning.

Keywords: hybrid learning, virtual learning environment, flipped classroom, gamification, use of digital technologies, active methodologies.

 

Vanessa do Carmo Abreu

Título: “Beyond Compare”: símiles épicos em Paradise Lost/Vanessa do Carmo Abreu

Orientador(a):  Profa. Dra. Tatiana Oliveira Ribeiro

Páginas: 100

Resumo

A Dissertação tem por escopo o estudo dos símiles no épico Paradise Lost, de John Milton. Para tanto, foi proposta uma análise tipológica dos símiles presentes no poema, que ora se
assemelham, ora se diferenciam do símile tradicionalmente denominado ‘épico’ ou ‘homérico’. Entre os estudiosos do símile miltoniano especificamente, não há consenso quanto a sua elencagem e tipologia; as categorizações apresentam bastante variação, costumando-se enfatizar os ditos símiles ‘épicos’. A ocorrência de tais tipos de símiles é, de fato, muito frequente no poema, desempenhando eles funções específicas na narrativa, ao disporem lado a lado tradições e referências temporais e culturais diversas, propondo distintos pontos de comparação. Buscou-se, a partir do estudo da fortuna crítica acerca dos símiles de Paradise Lost, apresentar uma tipologia mais completa no que diz respeito às formas de comparação presentes no poema, procedendo-se à análise de exemplos nos quais se pode notar características estruturais mais específicas de sua construção, considerando-se sua relação com as passagens nas quais se inserem. O foco desse estudo recai sobre os símiles ditos ‘épicos’, sem, contudo, negligenciarem-se outras formas de comparação assentes no poema.

Palavras-chave: símile; tipologia; épica inglesa; Paradise Lost; símile épico; Homero; tradição épica.

Abstract

This Dissertation has as its scope the study of similes in John Milton’s epic Paradise Lost. For this purpose, it was proposed a typological analysis of the existing similes in the poem,
which sometimes resemble, sometimes differ from the traditionally called ‘epic’ or ‘Homeric’ simile. Among the scholars of the miltonic simile specifically, there is no consensus about its classification and typology, the categorizations present a great deal of variation, usually emphasizing the so-called ‘epic’ similes. Such types of similes are indeed very frequent in the poem, with specific functions in the narrative, disposing side by side traditions and diverse temporal and cultural references, proposing distinct points of comparison. From the critical fortune study of similes in Paradise Lost, we sought to present a more complete typology of the existing comparison structures in the poem, proceeding to the examples’ analysis in which it is possible to notice more specific structural characteristics of construction and consider their relation with the passages in which they are inserted. The focus of this study rests on the so-called ‘epic’ similes, without, however, neglecting other current forms of comparison in the poem.

Keywords: similes; typology; English epic; Paradise Lost; epic similes; Homer; epic tradition.

 

DISSERTAÇÕES DEFENDIDAS EM 2017

Total de dissertações defendidas: 12

Anderson Silva Matos

Título: Os ambientes virtuais como campos para a promoção da autonomia na ensinagem de língua adicional

Orientador(a):  Profa. Dra. Christine Siqueira Nicolaides

Páginas: 105

Resumo

Ao observar o uso crescente de tecnologias digitais e de ambientes virtuais na sociedade (BAUMAN& LYON, 2012), esta pesquisa se propõe a observar a relação destes e a promoção de
um engajamento que torne o aluno mais responsável pelo seu próprio aprendizado e consciente de seu papel social. Em outras palavras, que contemple a promoção da autonomia do aprendiz. Essa pesquisa objetiva situar o contexto de interação em ambientes virtuais no campo da autonomia na ensinagem de línguas, concebendo-a como dotada de perspectivas individuais (HOLEC, 1981; BENSON, 2001) e socioculturais (OXFORD, 2003; RAYA, LAMB e VIEIRA, 2007), sendo o enfoque maior na análise a perspectiva sociocultural. Os dados a serem
analisados advêm de observações, entrevistas e interações em ambientes virtuais. Os participantes desta pesquisa são alunos de uma turma de uma iniciativa pedagógica entre a Faculdade de Letras da Universidade Federal do Rio de Janeiro e o Instituto COPPEAD. Esta parceria foi formada tendo em vista o preparo de funcionários do instituto COPPEAD (dentre os quais estão os seis interactantes/alunos a serem observados) para lidar com o processo de internacionalização do instituto. Assumindo um caráter exploratório, a pesquisa se configura como qualitativa e, ao tentar compreender os ambientes virtuais e como estes são utilizados e integrados (ou não) às práticas dos alunos, busca seguir princípios da etnografia. A partir dos dados, é possível perceber como os ambientes utilizados pela turma propiciaram maiores possibilidades para exercer sua autonomia e contribuir para o aprendizado de toda a turma.

Palavras-chave: autonomia do aprendiz, ensinagem de línguas, ambientes virtuais

Abstract 

Aware of the crescent use of digital means and social virtual environments of social interaction in our society (BAUMAN & LYON, 2012), this research aims to observe the relationship between
those practices and the development of a stronger sense of responsibility in a learner with their own learning process while also makes them aware of their social role. More precisely, it aims to comprehend the relationship of virtual environments and learner autonomy. This research intends to place the interaction inside virtual environments within the scope of language teaching and of learner autonomy, conceptualizing autonomy as having both individual (HOLEC, 1981; BENSON, 2001) and sociocultural dimensions(OXFORD, 2003; RAYA, LAMB e VIEIRA,
2007), the latter dimension being the focus of this research. Data came from observation, interviews and from interactions on virtual environments. The participants were students of a
single class in a pedagogical iniciative between Faculdade de Letras of Universidade Federal do Rio de Janeiro and COPPEAD Graduate School of Business. Students were employees from
COPPEAD and took English classes in order to better adequate to the internationalization process COPPEAD went trough. Dealing with human practices, this research is inspired by the principles of ethnographic exploration on attempting to grasp how virtual environments might lead to change in students‟ practices. After data analysis, it is possible to understand how the virtual environments used by students lead to higher possibilities for students to act as an autonomous learner and to contribute to the learning process of the group. 

Keywords: learner autonomy, language teaching, virtual environments

 

Bruno Cesar Nunes de Andrade

Título: Comunidades virtuais na prática e na formação continuada de professores de inglês – um estudo de caso sobre a comunidade BRELT

Orientador(a):  Profa. Dra. Kátia Cristina do Amaral Tavares

Páginas: 145

Resumo

Com a finalidade de analisar o ponto de vista dos participantes sobre uma comunidade virtual composta e moderada por professores de inglês como língua estrangeira chamada BrELT, foi conduzido um estudo de caso etnográfico. Levando em consideração a visão socioconstrutivista de construção do conhecimento através da interação entre pessoas em ambientes sociais (VYGOTSKY,1978) e, sobretudo, o conceito de Comunidades de Prática (WENGER, 2006), investiguei como os professores participantes percebiam a comunidade virtual BrELT e suas possíveis
contribuições para sua prática e sua formação profissional continuada. Foram utilizados questionários online, entrevistas semiestruturadas e depoimentos espontâneos como instrumentos de geração de dados. Os resultados trazem implicações para o uso de comunidades virtuais na formação continuada de professores.

Palavras-chave: comunidade virtual, formação do professor, formação continuada, comunidade de prática, professor de inglês

Abstract 

An ethnographic research was conducted with the aim of analysing the perspectives of members of a virtual community called BrELT, which is composed of and moderated by English Language Teachers in Brazil. Taking into consideration the Vygostskian socio-constructivist theory of learning (VYGOSTSKY, 1978), according to which knowledge is built through the interaction with others, and more emphatically the concept of Communities of Practice (WENGER, 2006), this research analysed how BrELT members perceived the community and its possible contributions to teachers’ practices and their continuous professional development. Online questionnaires, semi structured interviews and spontaneous testimonials were used as data collection instruments. The results may shed light on the use of virtual communities as sources of professional development for teachers.

Keywords: virtual community, teacher professional development, community of practice, English teacher

 

Camila Carneiro Pessôa Lemos

Título: Atividades de leitura e seus objetivos em livros didáticos de língua estrangeira: contribuições para o letramento crítico

Orientador(a):  Profa. Dra. Ana Flávia Lopes Magela Gerhardt

Páginas: 103

Resumo

Segundo correntes atuais de modelos de leitura, a compreensão de textos é afetada por dois principais fatores: a capacidade (habilidade) que os leitores possuem em gerar inferências apropriadas e os objetivos de leitura que os leitores possuem para compreender o texto (VAN DENBROEK, LORCH, LINDERHOLMANDGUSTAFSON, 2001). Essa premissa nos sugere que os leitores são afetados pelas instruções que lhes são dadas antes que a leitura seja feita, e isso caracterizará que seu processamento cognitivo e as estratégias utilizadas sejam diferentes a partir do objetivo estabelecido para a leitura. Esta dissertação originou-se a  partir de reflexões acerca das questões de leitura suscitadas em um livro didático de língua inglesa, uma vez que notamos a ausência de objetivos de leitura explícitos nas atividades, que foram analisadas a partir de um paradigma misto de pesquisa. Considerando os problemas advindos da ausência de objetivos nas atividades didáticas, analisarei as atividades de leitura propostas pelo livro didático do nono ano, pertencente à coleção Time to Share, do Ensino Fundamental, a fim de identificar a maneira pela qual elas irão auxiliar os alunos a elaborarem concepções e reflexões intencionais acerca da construção dos significados em leitura. A análise do material será feita a partir de uma metodologia de cunho qualitativo-quantitativo, com base interpretativista. A partir dos problemas detectados sobre a ausência de objetivos que auxiliem os alunos a
refletirem sobre a construção dos significados em leitura, reconhecemos a necessidade de apresentação de uma proposta didática que trate do estabelecimento de objetivos que integrem os conhecimentos dos alunos às informações contidas nos textos. 

Palavras-chave: leitura; objetivos de leitura; livros didáticos de língua inglesa; metacognição; letramento crítico.

Abstract 

According to recent studies on reading models, reading comprehension is influenced by two main elements: reader’s expertise on making appropriate inferences and the reading goals they have for reading. This statement suggests that reading comprehension is affected by the instructions given before the reading activity itself. Considering this, it is also possible to claim that cognitive processes and strategies will be different as well. This analysis derives from some reflections about reading activities that compose one English textbook in Brazil, since we have observed the lack of reading goals on its activities. When analyzing the textbook, which is used on Brazilian public schools through a qualitative-quantitative research method, we recognized the urgency of establishing reading goals that teach students how to incorporate their own knowledge to the information brought by the texts, since we have noted that there were
no reading goals on most of the activities selected. Considering the problems that arise from the lack of reading goals on the selected activities, we aim to identify the way these activities will help (or not!) the students understand and reflect intentionally about their reading processes. 

Keywords: reading; reading goals; English textbooks; Metacognition; critical literacy.

 

Clarissa Rodrigues Gonzalez

Título: Foto-grafia: o caso verônica bolina e a ‘monstrualização’ semiótico-discursiva de performances de gênero não binárias em narrativas noticiosas

Orientador(a):  Prof. Dr. Rodrigo Borba.

Páginas: 105

Resumo

No Brasil, “o país que mais mata travestis e transexuais no mundo”, agressões proferidas contra pessoas que performam travestilidade e transexualidade, de tão corriqueiras, parecem ter
perdido a capacidade de chocar, gerar debate e inspirar empatia. Desde logo, não foi o que aconteceu com o Caso Verônica Bolina, amplamente midiatizado. Presa sob a acusação de ter
agredido uma vizinha em abril de 2015, Verônica, que na delegacia teria mordido a orelha de um carcereiro, depois ‘apareceu’ desfigurada em fotos que circularam em redes sociais e
ilustraram narrativas noticiosas. Estas, por seu caráter imagético-performativo, mais do que servirem de apoio visual para narrativas noticiosas, ajudaram a co-construi-las. Tendo-o em
conta, o objetivo desta dissertação é o de identificar como performances de gênero não binárias/hegemônicas, mais especificamente, performances de travestilidade, tais como as
atribuídas à Verônica, são foto-graficamente construídas em duas narrativas noticiosas: uma delas publicada pelo jornal Diário de S. Paulo e a outra pelo G1, o portal de notícias da Globo.
Em termos teórico-analíticos, esta pesquisa, que se vale de metodologia qualitativa e entende linguagem como performance, privilegia os três processos semióticos previstos por Irvine e Gal
(2000) para sinalizar ideologias que comparecem em práticas discursivas: iconização, apagamento e recursividade fractal. Estes logram expor a faceta semiótico-discursiva de ideologias que atravessam as narrativas analisadas, especialmente aquelas que incidem sobre o gênero. Também recorro à noção de indexicalidade (SILVERSTEIN, 2003) e às pistas indexicais de Wortham (2001). Na análise, o que se verifica é que, em ambas narrativas noticiosas, salvaguardadas as diferenças entre estas, as pistas indexicais e os processos semióticos destacados apontam para discursos orientadores que, sustentados por uma matriz de inteligibilidade cis/heteronormativa, obcecada por desambiguações, deslegitima aquelas performances que não se encaixam em um dos extremos auto-excludentes do sistema binário de classificação de gênero. Como consequência, as pessoas que desempenham tais performances, que carecem de reconhecimento social, têm seus graus de humanidade diminuídos (BUTLER[2004] 2006a) e são monstrualizadas.

Palavras-chave: Foto-grafia, monstrualização, performances de gênero não binárias/hegemônicas, iconização, apagamento e recursividade fractal

Resumen 

En Brasil, “el país que más mata travestis y transexuales en el mundo”, las agresiones proferidas contra personas que performan travestilidad y transexualidad, de tan usuales, aparentan haber perdido la capacidad de chocar, generar debate e inspirar empatía. Desde luego, no fue lo que ocurrió con el Caso Verónica Bolina, ampliamente mediatizado. Detenida bajo la acusación de agredir a una vecina en abril de 2015, Verónica, que en la comisaría habría mordido la oreja de un carcelero, después ‘apareció’ desfigurada en fotos que circularon en las redes sociales e ilustraron narrativas noticiosas. Estas, por su carácter imagético-performativo, más que servir de apoyo visual para narrativas noticiosas, ayudaron a co-construirlas. Habiéndolo dicho, el objetivo de esta tesis de maestría es el de identificar cómo performances de género no binarias/hegemónicas, más específicamente, performances de travestilidad, como las atribuidas a Verónica, son foto-gráficamente construidas en dos narrativas noticiosas: una de ellas publicada por el periódico ‘El Diario de S. Paulo’ y la otra por el ‘G1’, el portal de noticias de Globo. En términos teórico-analíticos, esta investigación, que se vale de metodología cualitativa y entiende el lenguaje como performance, privilegia los tres procesos semióticos previstos por Irvine y Gal (2000) para señalar ideologías que comparecen en prácticas discursivas: iconización, borrado y recursividad fractal. Estos logran exponer la faceta semiótico-discursiva de ideologías que atraviesan las narrativas analizadas, especialmente aquellas que inciden sobre el género. También recurro a la noción de indexicalidad (SILVERSTEIN, 2003) y a las pistas indexicales de Wortham (2001). En el análisis, lo que se verifica es que, en ambas narrativas noticiosas, salvaguardadas las diferencias entre las dos, las pistas indexicales y los procesos semióticos destacados apuntan a discursos orientadores que, sostenidos por una matriz de inteligibilidad cis/ heteronormativa, obsesionada por desambiguaciones, deslegitima aquellas performances que no se encajan en uno de los extremos auto-excluyentes del sistema binario de clasificación de género. Como consecuencia, las personas que desempeñan estas performances, que carecen de reconocimiento social, tienen sus grados de humanidad disminuidos (BUTLER [2004] 2006a) y son monstrualizadas.

Keywords: Foto-grafía, monstrualización, performances de género no binarias/hegemónicas, iconización, borrado y recursividad fractal (proyección fractal)

 

Cybelle Borges de Abreu

Título: A incompletude gramatical: articulação entre os ensinos de gramática e de escrita

Orientador(a):  Profa. Dra. Ana Flávia Lopes Magela Gerhardt

Páginas: 97

Resumo

Neste trabalho, temos o objetivo de problematizar o modelo atual de ensino de língua portuguesa por meio da apresentação e análise de um problema linguístico que evidencia a falha nesse modelo e advogar em prol de um ensino que leve em consideração o desenvolvimento da consciência metassintática dos alunos com vistas a sua autonomia quanto ao gerenciamento e uso dos recursos disponíveis na sua língua de forma a atender seus propósitos comunicativos, em consonância com as ideias de Gerhardt (2016). Assim, lançamos mão da análise de redações de vestibulandos extraídas do banco de  redações do site UOL visando à exploração do problema de incompletude gramatical: um problema de ordem sintática que se mostrou recorrente nas produções de alunos de diferentes classes sociais e faixa etária e que não consta nos materiais didáticos, nem havia sido aportado como conceito até o presente momento. A apresentação da ocorrência da incompletude gramatical como um conceito a partir de um estudo sistematizado nos permite 1) expor a ocorrência desse problema em diferentes níveis do texto; 2) quantificar essa ocorrência; 3) pensar um ensino de produção textual que trabalhe o texto escrito como sendo tanto um estilo discursivo como um sistema notacional (RAVID; TOLSCHINSKY, 2002); e 4) refletir em torno da necessidade de saberes linguísticos para a composição textual, isto é, a necessidade do desenvolvimento de habilidades metalinguísticas e da consciência metassintática (GOMBERT, 1992; 2003; CORRÊA, 2004) para que o aprendiz desenvolva autonomia quanto ao uso qualitativo de sua língua em diferentes contextos de comunicação.

Palavras-chave: Conhecimento metassintático, escrita, gramática, incompletude gramatical.

 

Abstract 

The purpose of the present study is to question the current model of Portuguese teaching due to a linguistic issue, which will be presented and analyzed in this paper; and to also support a teaching model that takes the students’ metasyntactic consciousness development into consideration judging by their autonomy to use available language resources that serve their basic speech needs, in accordance to Gerhardt (2016). We have analyzed essays from prospective college student’s exams taken from UOL’s website, in order to evaluate the grammatical incompleteness, which is a recurrent syntactic issue
present in student’s essays from different social classes and age groups, and that could not be found in any teaching materials, nor had it been introduced as a concept thus far. The occurrence of a grammatical incompleteness as a concept from a systemized study allows us to 1) expose the occurrence of this issue in different levels in the text; 2) quantify this occurrence; 3) think of a textual production teaching method for educators to work with the written text not only as a discursive style but also as a notational system (RAVID; TOLCHINSKY, 2002); and 4) reflect on the need for a linguistic knowledge for textual composition; in other words, we need to develop metalinguistic abilities and metasyntactic consciousness (GOMBERT, 1992; 2003; CORRÊA, 2004) so that students can establish autonomy regarding the qualitative usage of their own language in different communication contexts.

Keywords: Metasyntactic knowledge, writing, grammar, and grammatical incompleteness.

 

 

Jéssica Martins Carvalho

Título: Ideologias linguísticas sobre o “falante nativo” em um livro didático global de inglês: recontextualizações do inglês na contemporaneidade nas fricções entre o material didático e uma voz docente

Orientador(a):  Prof. Dr. Rogério Casanovas Tilio

Páginas: 129

Resumo

O presente estudo focaliza as ideologias linguísticas que orientam um livro didático global de inglês e a fala de uma professora que utiliza esse material em suas aulas. A pesquisa coaduna com discursos não essencialistas acerca do papel do inglês nas inúmeras (re)combinações e (re)confrontos de pessoas, identidades e textos características dos fluxos contemporâneos de interação (FABRÍCIO, 2013; KUMARAVADIVELU, 2006). Diante desse cenário, torna-se cada vez mais difícil manter categorizações modernistas como “língua” e “identidade nacional”  (BLOMMAERT, 2010; KROSKRITY, 2000, 2004; JACQUEMET, 2005). O estudo centraliza um posicionamento crítico em relação ao ensino de inglês na atualidade, sobretudo ao descentramento dos ditos “falantes nativos”. Essa idealização comparece na indústria de ensino de inglês ainda com grande força, principalmente por meio do livro didático global de inglês, uma commodity mercadológica que se destaca como um forte agente na circulação de idealizações anglocêntricas de cultura, valores e perspectivas de mundo e práticas pedagógicas (CANAGARAJAH, 2013; GRAY, 2002, 2010; TOMLINSON, 2013). Nesse contexto, o construto do “falante nativo” se faz presente como modelo de práticas linguístico-identitárias na vida social e no ensino de inglês, sobretudo no tocante a construções da chamada cultura anglófona. As relações assimétricas envolvendo falantes e profissionais precisam ser revisitadas, com vistas a se construir uma leitura de línguas não como entidades fixas, mas como repertórios de 9 recursos semióticos ressignificados na interação (BLOMMAERT, 2005). Tendo em vista tais questionamentos, o estudo das ideologias linguísticas se apresenta como responsivo à desessencialização das relações entre forma linguística e mundo social (IRVINE e GAL, 2000; KROSKRITY, 2000, 2004; WOOLARD, 1998). O estudo, orientado pelo paradigma interpretativista e pela abordagem qualitativa (DENZIN e LINCOLN, 2006), estabelece diálogo entre o aporte das ideologias linguísticas e o  conceito de entextualização (BAUMAN e BRIGGS, 2003; BLOMMAERT, 2005), que permeiam a análise do livro didático e das entrevistas com a participante. A investigação dos dados aponta para a invisibilização do posicionamento ideológico do material didático internacional de inglês na construção de mundo social por meio dos processos semióticos de iconização, recursividade fractal e apagamento, sobretudo no que tange à perpetuação de um inglês pautado na idealização do “falante nativo” como ícone da padronização linguística.

Palavras-chave: ideologias linguísticas; entextualização; “falante nativo”; livro didático global de inglês; ensino de inglês

Abstract 

The present study focuses on the language ideologies that orient a global English language coursebook and the speech of a teacher that uses this material in her classes. This research coadunates with non-essentialist discourses surrounding the role of the English language in the multiple ways in which people, identities and texts are (re)combined and (re)confronted (FABRÍCIO, 2013; KUMARAVADIVELU, 2006), as a characteristic of the contemporary flows of interaction. Given this scenario, it is harder than ever to maintain modernist categorizations such as “language” and “national identity” (BLOMMAERT, 2010; KROSKRITY, 2000, 2004; JACQUEMET, 2005). The study centralizes a critical positioning regarding English language teaching in the
contemporaneity, especially focusing on decentering the so-called “native speakers”. This idealization is still quite strong in the English language teaching industry, especially by means of the global English language coursebook, a commodity that stands out as a strong agent in the circulation of anglocentric idealizations of culture, values and perspectives of the world, and pedagogical practices (CANAGARAJAH, 2013; GRAY, 2002, 2010; TOMLINSON, 2013). Within this context, the “native speaker” construct presents itself as a model for linguistic identity practices in the social life and in the teaching of English, mostly concerning constructions of the so-called anglophone culture. The asymmetric relations involving speakers and professionals must be revisited, with regard to constructing an understanding of languages not as fixed entities, but as repertoires of semiotic resources resignified in the process of interaction (BLOMMAERT, 2005). Given such criticisms, the study of language ideologies presents itself as responsive to dessentializing the relations between linguistic form and social world (IRVINE and GAL, 2000; KROSKRITY, 2000, 2004; WOOLARD, 1998). This study, oriented by the interpretivist paradigm and the qualitative approach (DENZIN e LINCOLN, 2006), establishes a dialogue between the
theoretical background concerning language ideologies and the concept of entextualization (BAUMAN and BRIGGS, 2003; BLOMMAERT, 2005), which permeate the analysis of both the coursebook and the interviews with the participant. The process of data investigation points out that the ways in which the global English language coursebook constructs the social world are rendered invisible by means of the semiotic processes of iconization, fractal recursivity and erasure, especially regarding the perpetuation of an English grounded on the “native speaker” as an icon of linguistic standardization.

Keywords: language ideologies; entextualization; “native speaker”; global English language coursebook; English language teaching

 

Jéssica Uhlig Amorim Vasconcelos de Araújo

Título: A expedição científica austríaca e Johann Natterer: uma análise das cartas do viajante naturalista

Orientador(a):  Prof. Dr. Luiz Barros Montez

Páginas: 155

Resumo

A expedição científica austríaca foi um empreendimento realizado pela Áustria, que acompanhou a arquiduquesa Leopoldina ao Rio de Janeiro, cidade para a qual se transferiu, após o casamento com D. Pedro, e em que viveu até sua morte em 1826. Dentre os componentes da equipe de naturalistas que compunha a expedição, Johann Baptist Natterer permaneceu no Brasil durante 18 anos e coletou milhares de objetos naturais e etnográficos a fim de compor coleções científicas do imperador austríaco Francisco I. Entretanto, sua jornada pelo país foi marcada por dificuldades relacionadas a questões logísticas, políticas e de saúde. Este trabalho propõe analisar as cartas de Natterer com o fim de compreender as estratégias discursivas utilizadas pelo viajante que lhe possibilitaram permanecer no Brasil. Ao tratarmos de documentos escritos em um passado, ao qual não temos acesso senão de forma indireta, mediada pela linguagem, foi necessário articular dois campos do conhecimento: o da linguística aplicada e o da historiografia. Concebemos os discursos como ação social específica que, ao consolidarem interpretações do passado, consubstanciam-se em instituições e em ideologias, mobilizam recursos materiais e determinam posicionamentos humanos. Ou seja, agem concretamente na esfera social. Nosso propósito é analisar as cartas de Johann Natterer a partir da concepção de linguagem proposta por Bakhtin (2009 [1929]), que a entende como parte da realidade material e da necessidade de intercâmbio entre os homens. Com isso, buscamos reconstituir o contexto das práticas sociais e discursivas do naturalista austríaco em perspectiva historiográfica, pois se trata de eventos transcorridos há cerca de 200 anos. Através da análise das cartas de Natterer, investigamos as motivações pessoais do naturalista à luz dos interesses científicos e políticos mais profundos da expedição austríaca no Brasil entre 1817 e 1835.

Palavras-chave: Expedição científica austríaca. Johann Natterer. Relatos de Viagem. Cartas.

Abstract 

The Austrian scientific expedition was a scientific inquiry, which accompanied the Archduchess Maria Leopoldina of Austria to Rio de Janeiro a city to which she transferred after her marriage to D. Pedro, and lived there until her death in 1826. Among the naturalists who composed the expedition, Johann Baptist Natterer remained eighteen years in Brazil collecting animal specimens and a large quantity of ethnological material in order to compose scientific collections of the Austrian Emperor Francis I. However, he faced transport, political and health problems during his travels. The purpose of this study is to analyze Natterer’s letters to understand the strategies which allowed him to continue in Brazil. In order to deal with documents written in the past to which we have indirectly access, it was necessary to articulate two areas of knowledge: applied linguistics and historiography. In the process of interpretation of the past, we conceive discourses as a specific social action that substantiate themselves in institutions and ideologies, mobilize material resources and determine human positions. In other words, they act concretely in the social spaces. Thus, the intention of this study is to analyze the letters of Johann Natterer based on the Bakhtin’s (2009 [1929]) conception of language which understands it as part of the need for interchange between men. We seek to reconstitute the context of the social and discursive practices of the Austrian naturalist in a historiographical perspective. Through the analysis of Natterer’s letters, the naturalist’s personal motivations were investigated in accordance with scientific and political interests of the Austrian expedition in Brazil between 1817 and 1835.

Keywords: Austrian scientific expedition. Johann Natterer. Travel writing. Letters.

 

Leandro Rodrigo Galindo do Carmo

Título: O modelo neoliberal de educação e a autonomia do professor de inglês na rede municipal do Rio de Janeiro

Orientador(a):  Profa. Dra. Christine Siqueira Nicolaides

Páginas: 142

Resumo

Esta é uma pesquisa de base qualitativa com princípios etnográficos que analisa a relação da construção da autonomia docente de professores de língua inglesa da Rede Municipal do Rio de Janeiro e a necessidade da formação continuada para o desenvolvimento dessa autonomia. A autonomia docente caracteriza-se nos diversos conhecimentos, por onde se desenvolve as atividades de docência em sala de aula e demais espaços educativos. Isso tem a ver com a realidade do trabalho que determinam relações de poder existente no sistema Capitalista e na educação como um todo. Logo a educação e o ensino são determinados pelo modo de produção da vida material, fator determinante da maneira como dada formação econômico-social vive, pensa, age e (se) educa. A educação, potencializada na relação de poder do trabalho, materializa um profissionalismo docente pautado na descentralização do papel do professor, implicando em um processo de flexibilização das suas atividades, exploração e desvalorização. A pesquisa foi realizada com um professor da Rede Pública, cujos instrumentos de geração de dados utilizados foram a entrevista, os questionários e observação de aulas. O objetivo desse trabalho é a análise das práticas pedagógicas do professor, procurando identificar a autonomia docente (CONTRERAS, 2012; NICOLAIDES, 2003; OXFORD, 2003) na realização das suas tarefas, buscando uma reflexão na sua prática. Os resultados mostram que as práticas docentes são movidas por conflitos de pensamentos ideológicos e disputas de interesses que interferem nas práticas pedagógicas.

Palavras-chave: Autonomia do professor, Ensino de inglês, Escola Pública.

Abstract 

This is a qualitative research with ethnographic principles that analyzes the relationship between the construction of the teaching autonomy of English teachers of the Municipal Network of Rio de Janeiro and the necessity of the continuous formation for the development of this autonomy. Teacher autonomy is characterized in the diverse knowledge area, throughout the activities of teaching in the classroom and other educational spaces are developed. It has to do with the reality of work that determines relations of power existing in the Capitalist system and Education as a whole. Thus teaching and education are determined by the way of production of material life, that is a determining factor in the way in which a given socio-economic formation lives, thinks, acts, and educates. The Education, potentialized in the relation of work power, materializes a professionalism based on the teacher decentralization of the role of the teacher, implying in a process of flexibility of its activities, exploitation and devaluation. The research was carried out with a teacher from the Public Network, whose instruments of data generation were: the interview, a survey and class observations. The objective of this work is the analysis of the pedagogical practices of the teacher, seeking to identify the autonomy of teachers (CONTRERAS, 2012; NICOLAIDES, 2003; OXFORD, 2003) in carrying out their tasks, seeking a reflection in their practice. The results show that the teaching practices are driven by conflicts of ideological thoughts and disputes of interests that
interfere in pedagogical practices.

Keywords: Teacher Autonomy, English Education, Public School

 

Leonardo Dias Cruz

Título: #Primeiroassédio: processos de entextualização e categorização em discursos sobre feminismo na web

Orientador(a):  Profa. Dra. Branca Falabella Fabrício

Co-orientador(a): Prof. Dr. Paulo Cortes Gago

Páginas: 151

Resumo

Esta é uma pesquisa de base qualitativa com princípios etnográficos que analisa a relação da construção da autonomia docente de professores de língua inglesa da Rede Municipal do Rio de Janeiro e a necessidade da formação continuada para o desenvolvimento dessa autonomia. A autonomia docente caracteriza-se nos diversos conhecimentos, por onde se desenvolve as atividades de docência em sala de aula e demais espaços educativos. Isso tem a ver com a realidade do trabalho que determinam relações de poder existente no sistema Capitalista e na educação como um todo. Logo a educação e o ensino são determinados pelo modo de produção da vida material, fator determinante da maneira como dada formação econômico-social vive, pensa, age e (se) educa. A educação, potencializada na relação de poder do trabalho, materializa um profissionalismo docente pautado na descentralização do papel do professor, implicando em um processo de flexibilização das suas atividades, exploração e desvalorização. A pesquisa foi realizada com um professor da Rede Pública, cujos instrumentos de geração de dados utilizados foram a entrevista, os questionários e observação de aulas. O objetivo desse trabalho é a análise das práticas pedagógicas do professor, procurando identificar a autonomia docente (CONTRERAS, 2012; NICOLAIDES, 2003; OXFORD, 2003) na realização das suas tarefas, buscando uma reflexão na sua prática. Os resultados mostram que as práticas docentes são movidas por conflitos de pensamentos ideológicos e disputas de interesses que interferem nas práticas pedagógicas.

Palavras-chave: Autonomia do professor, Ensino de inglês, Escola Pública.

Abstract 

This is a qualitative research with ethnographic principles that analyzes the relationship between the construction of the teaching autonomy of English teachers of the Municipal Network of Rio de Janeiro and the necessity of the continuous formation for the development of this autonomy. Teacher autonomy is characterized in the diverse knowledge area, throughout the activities of teaching in the classroom and other educational spaces are developed. It has to do with the reality of work that determines relations of power existing in the Capitalist system and Education as a whole. Thus teaching and education are determined by the way of production of material life, that is a determining factor in the way in which a given socio-economic formation lives, thinks, acts, and educates. The Education, potentialized in the relation of work power, materializes a professionalism based on the teacher decentralization of the role of the teacher, implying in a process of flexibility of its activities, exploitation and devaluation. The research was carried out with a teacher from the Public Network, whose instruments of data generation were: the interview, a survey and class observations. The objective of this work is the analysis of the pedagogical practices of the teacher, seeking to identify the autonomy of teachers (CONTRERAS, 2012; NICOLAIDES, 2003; OXFORD, 2003) in carrying out their tasks, seeking a reflection in their practice. The results show that the teaching practices are driven by conflicts of ideological thoughts and disputes of interests that
interfere in pedagogical practices.

Keywords: Teacher Autonomy, English Education, Public School

 

Luciana Faria Pereira

Título: Produção de texto e desenvolvimento metalinguístico: por uma reescrita como escrita

Orientador(a):  Profa. Dra. Ana Flávia Lopes Magela Gerhardt

Páginas: 139

Resumo

Escritores proficientes reescrevem e revisam seus textos em quantidade e qualidade (CHENOWETH, 1987). Essa premissa leva a ideia de que escritores proficientes possuem uma compreensão da escrita como um processo e assim o fazem quando precisam ou querem escrever. Considerando os amplos e variados problemas de ensino de escrita em Língua Portuguesa no Brasil, os quais impedem muitos estudantes de chegarem a esse nível de proficiência na escrita, o presente trabalho tem como tema central o ensino de revisão textual atrelado ao aprendizado do processo de escrita. Nesse sentido, o objetivo geral aqui é discutir a necessidade do reconhecimento da revisão de textos na sua processualidade e reconhecer a necessidade da didatização desse processo para o aprendizado de escrita. Entendemos que isso deve ocorrer através do ensino de ações metalinguísticas relacionadas à revisão a fim de se promover o melhoramento da produção escrita e, principalmente, desenvolvimento da habilidade de escrever. Para tecer tal discussão,analisamos seis livros didáticos de Língua Portuguesa — os seis voltados para o 9o ano do Ensino Fundamental I e todos representantes das coleções aprovadas no Programa Nacional do Livro Didático (PNLD) 2017 — a fim de compreender em que medidas as atividades de revisão textual apresentadas colaboram para o aprendizado do processo de revisão textual e para o aprendizado de escrita. Esta análise é baseada nos pressupostos teóricos dos estudos em cognição e metacognição e propõe ainda um cotejo entre essas bases teóricas e os fundamentos da Linguística Aplicada moderna e indisciplinar (MOITA LOPES, 2006).

Palavras-chave: revisão de texto; reescrita; ensino de escrita; livro didático; metacognição; desenvolvimento metalinguístico.

Abstract 

Expert writers rewrite and revise their own text in quantity and in quality (CHENOWETH, 1987). This statement takes us to the idea that adult/expert writers have a comprehension of writing as a process and that they take it in consideration when they need to write. However, Brazil has lots and different kinds of problems related to the teaching of writing in Portuguese Language (mother tongue) and frequently these problems hind students from develop a high level of writing expertise. In this sense, the theme of this research is the teaching of text revision as a learning to write process. We have analyzed six textbooks for the teaching and learning of Portuguese, all of them made for the last year of the Elementary School and also all of them approved by the 2017 national program of textbooks (in Portuguese, Programa Nacional do Livro Didático 2017). This analysis was made to try to comprehend in what ways the revision
activities presented in those books contribute to the learning of rewriting and to the learning of writing. With this, we aim to discuss the need of recognizing the processuality of text revision as well as the need of creating teaching resources and materials about revision as learning to write. We believe that this purpose must be pursued through the teaching of metalinguistic actions related to the revision in order to promote the development of text production and, mainly, the development of the writing ability. Thus, the discussion here is based on studies of cognition and metacognition and it proposes a connection between these theoretical assumptions and the fundamentals of the modern and indisciplinary scope of Applied Linguistics (MOITA LOPES, 2006). 

Keywords: text revision; rewriting; teaching of writing; textbook; metacognition; metalinguistic development.

 

Nathalia Costa Alves de Carvalho

Título: Produção de videoaulas para cursos de graduação a distância do consórcio Cederj: a perspectiva dos participantes

Orientador(a):  Profa. Dra. Kátia Cristina do Amaral Tavares.

Páginas: 139

Resumo

Considerando o crescente uso dos recursos de videoaulas no contexto do ensino superior a distância (MATTAR, 2009; CAMARGO; 2011; BARRÉRE, 2014), o presente estudo investiga o processo de produção de videoaulas do consórcio Cederj, analisando, principalmente, a visão dos professores participantes do processo. Neste trabalho, que pode ser caracterizado como um estudo de caso etnográfico (ANDRE, 1995; RODRIGUES-JÚNIOR, 2007) e adotou-se a Teoria da Atividade como sistema conceitual de análise, o que favoreceu a compreensão da atividade de forma contextualizada (ENGESTRÖM, 1987; ENGESTRÖM; DANIELS, 2003). Na análise dos dados, descreveram-se os elementos do sistema de atividade Produção de videoaulas e os conflitos relacionados ao objeto/motivo da atividade, aos instrumentos, às regras e à divisão de trabalho. Analisaram-se também as mudanças da visão dos professores participantes da pesquisa antes e depois de eles participarem do processo de produção de videoaulas. Os resultados apontam que alguns desses conflitos ocorrem ao longo do processo funcionam como forças propulsoras para mudanças que provocam transformações significativas no sistema. Alguns desses conflitos provocaram algumas mudanças e sugerem outros possíveis  desdobramentos para o aprimoramento do sistema. Os resultados também trazem sugestões para melhorias e aprimoramento na formação de professores para a produção e uso de videoaulas. 

Palavras chave: Educação a distância. Teoria da Atividade. Videoaulas. Ensino Superior.

Abstract 

Given the increasing use of video lessons in the context of higher distance education (MATTAR, 2009; CAMARGO; 2011; BARRÉRE, 2014), the present study investigates the process of video lessons production in the Cederj consortium, analyzing mainly the vision of the teachers participating in the process. In this work, which can be characterized as an ethnographic case study (ANDRE, 1995; RODRIGUES-JÚNIOR, 2007), the Activity Theory was adopted as a conceptual system of analysis, which favored the understanding of the activity in a contextualized way (ENGESTRÖM, 1987; ENGESTRÖM; DANIELS, 2003). In the data analysis, we identified the activity system Production of video lessons and all its components that, when related, often entered contradictions and conflicts. We also analyzed the changes perceived by the teachers participating in the research before and after they participated in the video production process. The results indicate that all conflicts occur throughout the process function as propelling forces for changes that cause significant transformations in the system. The results also provide suggestions for improvements in teacher training for the production and use of video lessons. 

Keywords: Distance education. Activity Theory. Video lessons. Higher education.

 

Vanessa Moreno Mota

Título: “What’s up with Whatsapp?”: análise de interações em um grupo do aplicativo e a relação com a promoção da autonomia na ensinagem de Língua Inglesa 

Orientador(a):  Profa. Dra. Christine Siqueira Nicolaides..

Páginas: 139

Resumo

Considerando o crescente uso dos recursos de videoaulas no contexto do ensino superior a distância (MATTAR, 2009; CAMARGO; 2011; BARRÉRE, 2014), o presente estudo investiga o processo de produção de videoaulas do consórcio Cederj, analisando, principalmente, a visão dos professores participantes do processo. Neste trabalho, que pode ser caracterizado como um estudo de caso etnográfico (ANDRE, 1995; RODRIGUES-JÚNIOR, 2007) e adotou-se a Teoria da Atividade como sistema conceitual de análise, o que favoreceu a compreensão da atividade de forma contextualizada (ENGESTRÖM, 1987; ENGESTRÖM; DANIELS, 2003). Na análise dos dados, descreveram-se os elementos do sistema de atividade Produção de videoaulas e os conflitos relacionados ao objeto/motivo da atividade, aos instrumentos, às regras e à divisão de trabalho. Analisaram-se também as mudanças da visão dos professores participantes da pesquisa antes e depois de eles participarem do processo de produção de videoaulas. Os resultados apontam que alguns desses conflitos ocorrem ao longo do processo funcionam como forças propulsoras para mudanças que provocam transformações significativas no sistema. Alguns desses conflitos provocaram algumas mudanças e sugerem outros possíveis  desdobramentos para o aprimoramento do sistema. Os resultados também trazem sugestões para melhorias e aprimoramento na formação de professores para a produção e uso de videoaulas. 

Palavras chave: Educação a distância. Teoria da Atividade. Videoaulas. Ensino Superior.

Abstract 

Given the increasing use of video lessons in the context of higher distance education (MATTAR, 2009; CAMARGO; 2011; BARRÉRE, 2014), the present study investigates the process of video lessons production in the Cederj consortium, analyzing mainly the vision of the teachers participating in the process. In this work, which can be characterized as an ethnographic case study (ANDRE, 1995; RODRIGUES-JÚNIOR, 2007), the Activity Theory was adopted as a conceptual system of analysis, which favored the understanding of the activity in a contextualized way (ENGESTRÖM, 1987; ENGESTRÖM; DANIELS, 2003). In the data analysis, we identified the activity system Production of video lessons and all its components that, when related, often entered contradictions and conflicts. We also analyzed the changes perceived by the teachers participating in the research before and after they participated in the video production process. The results indicate that all conflicts occur throughout the process function as propelling forces for changes that cause significant transformations in the system. The results also provide suggestions for improvements in teacher training for the production and use of video lessons. 

Keywords: Distance education. Activity Theory. Video lessons. Higher education.

 

COORDENAÇÃO

Coordenador:
Prof. Dr. Rodrigo Borba
Vice-Coordenadora:
Prof(a).  Dr(a). Branca Falabella Fabrício
Secretária:
Solange Tristão

ATENDIMENTO

segunda à sexta:
09h às 17h

Telefone:
21 3938-9701

E-mail:
laplicada.interdisciplinar@letras.ufrj.br

ENDEREÇO

Programa de Interdisciplinar de Linguística Aplicada  (PIPGLA)
Av. Horácio de Macedo, 2151. Sala F-317
Cidade Universitária — Faculdade de Letras da UFRJ.
CEP 21941-917.
Rio de Janeiro — RJ