dissertações

Defendidas em 2015

Total de teses defendidas: 7

Elio Marques de Souto Júnior

Título: A construção do homoerotismo em O segredo de Brokeback Mountain: discurso, identidade e teoria queer

Orientador(a):  Prof. Dr. Doutor Rogério Tílio

Páginas: 90

Resumo

Levando em consideração que, no mundo contemporâneo, as identidades sexuais e de gênero têm sido o foco de estudo de muitos acadêmicos, esta dissertação visa analisar como as
performances de masculinidades (CONNELL, 1995) são construídas na história de O segredo de Brokeback Mountain, um conto publicado originalmente em 1997 pela escritora americana
Annie proulx. Portanto, este estudo busca compreender de que forma tais performances são construídas pelos personagens principais da história, Ennis e Jack. Para tanto, esta pesquisa
recorrerá à concepção das identidades como construtos sociais e discursivos negociados nas interações entre sujeitos (MOITA LOPES, 2002), assim como no entendimento das identidades como performances (BUTLER, 1990 [2003]; JAGGER, 2008). Além disso, a teoria queer, que vê os gêneros como atos performativos e linguísticos (BUTLER, 1993) e a sexualidade como construto social (FOUCAULT, 1976 [2001a]), será utilizada. A teoria da linguagem de Bakhtin, que concebe o discurso como prática social e interativa, também será estudada (BAKHTIN, 1929 [2004], 1929 [2010]). Baseado no paradigma interpretativista de pesquisa (MOITA LOPES, 1994) e na pesquisa documental (WOLFF, 2004), este estudo mostrou que Ennis e Jack performam masculinidades hegemônicas e subalternas, destacando que o desejo sexual é múltiplo e fluido.

Palavras-chave: O segredo de Brokeback Mountain; teoria queer, performances de masculinidades; teoria bakhtiniana da linguagem

Abstract 

Taking into account that, in the contemporary world, gender and sexual identities have been the focus of study of many scholars, this dissertation aims at analysing how the performances
of masculinities (CONNELL, 1995) are constructed in the story of Brokeback Mountain, a short-story originally published in 1997 by the American writer Annie Proulx. Thus, this study seeks to understand in which ways such performances are constructed by the main characters of the story, Ennis and Jack. To do that, this research will draw on the concept of identities as social and discursive constructs negotiated in interaction among subjects (MOITA LOPES, 2002), as well as identities as performances (BUTLER, 1990 [2003]; JAGGER, 2008). Furthermore, queer theory, which sees gender as performative and linguistic acts (BUTLER,1993) and sexuality as historical construct (FOUCAULT, 1976 [2001a]), will be used. Bakhtin’s theory of language, which conceives discourse as social and interactive practice, will also be studied (BAKHTIN, 1929 [2004], 1929 [2010]). Based on the interpretative paradigm of research (MOITA LOPES, 1994) and on documentary research (WOLFF, 2004), this study showed that Ennis e Jack perform both hegemonic and subodinated masculinities, highlighting that sexual desire is multiple and fluid.

Keywords: Brokeback Mountain; queer theory, performances of masculinities; Bakhtin’s theory of language

 

Gleiton Matheus Bonfante

Título: A construção discursiva de performances violentas: as manifestações de junho de 2013 e a precaridade dos corpos

Orientador(a):  Profa. Dra. Branca Falabella Fabricio

Coorientador(a):  Profa. Dra. Daniel do Nascimento e Silva

Páginas: 220

Resumo

Espetacularidade e intimidade são conceitos-chave para a descrição das performances semióticas ensaiadas pelos sujeitos do desejo nos aplicativos de pegação. Performances íntimas de um corpo visam afetar outros corpos espetacularizando-se e estimulando efeitos corpóreos como a excitação. O interesse é a análise semiótico-indexical das performances íntimo-spetaculares que se lançam a estilização de si à maneira do desejo. Aqui analiso inúmeros perfis onde os sujeitos, se criam e recriam, atribuem-se contornos corpóreos empregando estratégias performativas como a mobilização de signos socialmente desejáveis, a redundância indexical, a metonimização de si e a fragmentação do sujeito. Os sentidos aqui discutidos são
contextuais: transitam em torno das especificidades tanto do momento histórico quanto das novas tecnologias de subjetivação, plataformas que viabilizam não apenas encontros carnais, mas possibilitam ao sujeito contemporâneo existir através da prática de si mesmo. Tal existência sempre cerceada pelo vir a ser performativo, escapa do escopo da semiótica para denotar a emergência de considerar o componente erótico na pesquisa para romper a divisão cartesiana entre mente e corpo e fazer ciência com corpo e alma. Erótica dos signos também alude à sensualidade típica dos apps de pegação e chama a atenção para o contemporâneo cuidado com a imagem de si, para pornificação de si como arena de embate político, para as implicações da consideração do corpo do pesquisador na pesquisa e a necessidade de redescrição da prática metodológica. De fundamental relevância é a discussão sobre performances desidentificatórias que nutrem, juntamente com performances que reforçam normas sociais, uma ambivalência típica dos código-territórios sócio-discursivos.

Palavras-chave: Aplicativos de Pegação; Linguística Aplicada Indisciplinar; Semiótica da Estilização; Netnografia; Desejo; Subjetividade.

Abstract 

Spetacularity and intimacy are key-concepts to the study of the semiotic performances put up by desiring subjects at cruising apps. Intimate performances of a body intend to affect other bodies by spetacularizing themselves and stimulating bodily effects like arousal. Interested in semiotic-indexical analysis of intimate-spetacular performances that work for the self-stylization of the desiring subject, I analyze various profiles in which the subjects create and recreate themselves through performative strategies, such as mobilization of socially desirable signs, indexical redundancy, metonymyzation and fragmentation of the subject.The meanings discussed here are contextual: they move around specificities both of the historic moment and of the new subjetivation technologies, platforms that not only enable carnal encounters, but make it possible for the contemporary subject to exist through the practice of himself.
Existence, as a result of a performative act, flees from the scope of semiotics to denote the importance of considering the erotic compound in the research, in order to disrupt the Cartesian division between mind and body and embrace a science with body and soul. The erotics of signs allude to the cruising apps’ typical sensuality and emphasize the contemporary care with the image of the self, the pornification of the self as political confrontation arena and the implications of considering the body of the researcher in ethnographic work, as well as detailed methodological discussion. Very relevant is the discussion about disidentificatory performances, that nourish, together with normative performances, certain ambivalence typical of socio-discursive code-territories.

Keywords: Cruising Apps; Indisciplinar Applied Linguistics; Semiotics; Netnography; Desire; Self-stylization; Subjetivity.

 

Manuela Niquet Gonçalves

Título: Do imperialismo europeu ao nacionalismo brasileiro: uma análise crítico-discursiva de “Viagem pitoresca e histórica ao Brasil”, de Jean-Baptiste Debret

Orientador(a):  Prof. Dr. Luiz Barros Montez

Páginas: 117

Resumo

O presente trabalho se propõe a analisar a obra Voyage Pittoresque et historique au Brésil, ou séjour d’un artiste français au Brésil, depuis 1816 jusqu’en 1831 inclusivement, do pintor histórico francês Jean-Baptiste Debret, a partir de uma perspectiva multidisciplinar, inserindo-a no contexto do imperialismo europeu e da construção da identidade nacional brasileira. Os pressupostos teóricos utilizados nessa pesquisa foram as propostas de Mikhail Bakhtin e Michel Foucault em relação à linguagem, especificamente o conceito bakhtiniano de enunciado e os foucaultianos de epistémê, discurso e ordem do discurso. Em se tratando da metodologia aplicada, optou-se pela Análise do Discurso Crítica, de Norman Fairclough, que propõe o estudo dos “eventos discursivos” a partir de três perspectivas, isto é, de sua dimensão de texto, de prática discursiva e de prática social. Assim, Viagem pitoresca foi analisada levando em conta seus elementos linguísticos, os aspectos relativos à sua produção, divulgação e interpretação, e, por fim, questões de interesse social mais abrangente. Acredita-se que, por esse caminho, foi possível demonstrar que esse relato de viagem teve um papel social importante, servindo como instrumento nas mãos, inicialmente, daqueles interessados em reforçar os princípios do imperialismo francês e, quase um século mais tarde, daqueles empenhados em fortalecer os ideais do nacionalismo brasileiro. Além do mais, considera-se que tenha ficado evidente a importância de se manter sempre um olhar crítico para os documentos que embasaram o nosso saber historiográfico, especialmente aqueles produzidos por cidadãos europeus no contexto imperialista. 

Palavras-chave: discurso colonial; imperialismo; nacionalismo; relato de viagem; Jean-Baptiste Debret.

Abstract 

This essay aims to analyze Voyage pittoresque et historique au Brésil, or séjour d’un artiste français au Brésil, depuis 1816 jusqu’en1831 inclusivement, work of the French historical painter Jean-Baptiste Debret, from a multidisciplinary perspective, putting it into the context of the European imperialism and the construction of Brazilian national identity. The theoretical principles that underlie this research is the proposals of Mikhail Bakhtin and Michel Foucault related to language, specifically Bakhtin’s concept of utterance and Foucault’s concepts of episteme, discourse and order of discourse. In terms of methodology, we chose Norman Fairclough’s Critical Discourse Analysis, which proposed the study of “discursive events” from three perspectives, i.e., its textual, discursive and social dimension. Thus Voyage pittoresque was analyzed taking into account its strictly linguistic elements; the aspects relating to its production,
dissemination and interpretation; and, finally, issues of wider social interest. We believe that, in doing so, we were able to demonstrate that this travelogue played an important role in society, serving as an instrument initially in the hands of those interested in reinforcing the principles of French imperialism and, almost a century later, in the hands of those interested in reinforcing the principles of Brazilian nationalism. Moreover, we consider that has been evident the importance of always keeping a critical look at the documents supporting our historiographical knowledge, especially those produced by European citizens in the imperialist context.

Keywords: colonial discourse; imperialism; nationalism; travelogue; Jean-Baptiste Debret.

 

Mariana Batista Torres

Título: O Harlem investiga : o romance policial de Rudolph Fisher.

Orientador(a):  Prof. Dr. Luiz Barros Montez

Páginas: 98

Resumo

Durante anos, o gênero policial ocupou os mais baixos degraus na escala da Literatura. Embora sua criação tenha sido atribuída a Edgar Allan Poe, um dos mais conhecidos escritores norte-americanos do século XIX, o gênero em questão não obtinha reconhecimento e importância. Apesar de admirado e exaltado por seus escritores e fãs, levou alguns anos para que o gênero construísse uma base sólida através de Conan Doyle e seu famoso detetive Sherlock Holmes. Contudo, diversos escritores, principalmente nos Estados Unidos, fizeram e fazem uso do gênero em pauta para discutir questões mais amplas de ordem social como, por exemplo, o racismo. A união desta temática com o gênero policial é responsável pela criação de um subgênero denominado Black crime fiction. Focalizando neste subgênero, destaca-se, nos Estados Unidos do século XX, o precursor da união entre romance policial e questões raciais: Rudolph Fisher (1897-1934), escritor e músico da época da Renascença do Harlem. Considerado um dos jovens escritores do movimento do Novo Negro, Fisher obteve reconhecimento através de seus contos e de dois romances, sendo um deles The Conjure-man Dies (1932). Este é um peculiar romance policial por incluir personagens negros, inclusive os detetives, em um
cenário característico da cultura negra: o Harlem. Atendo-se unicamente ao romance The Conjure-man Dies e à época da Renascença, o intento da presente dissertação é analisar a reconfiguração dos códigos e convenções do romance policial empregados, bem como investigar de que maneira Fisher resgatou o passado, as crenças e valores dos negros norte-americanos através da apropriação e subversão do gênero, e caracterizá-lo como escritor revolucionário.

Palavras-chave: romance policial, apropriação, subversão, escritor revolucionário.

Abstract 

Throughout the years crime fiction has been placed in the lowest levels of Literature. Although its creation is credited to Edgar Allan Poe, one of the best-known American writers in the 19th century, this literary genre failed to achieve recognition and importance. Regardless of the fact that it was admired and exalted by its writers and fans, it took some years until the genre consolidated a solid basis through Conan Doyle and his famous detective, Sherlock Holmes. Nevertheless, many writers, especially in the United States, used to, and still use crime fiction to discuss deeper social issues such as racism. The combination between this topic and the literary genre is responsible for creating a subgenre called Black Crime Fiction. Focusing on this subgenre, it is worth noting the precursor of the union between the detective novel and racial issues in the United States in the 20th century: Rudolph Fisher (1897–1934), writer and musician during the Harlem Renaissance. Considered one of the young writers in the New Negro movement, Fisher obtained recognition through his short stories and two novels, The Conjure-man Dies (1932) being one of them. This is a singular detective novel due to the inclusion of black characters, even the detectives, in a black cultural scenario: Harlem. Focusing on The
Conjure-man Dies and the Harlem Renaissance, the intention of this thesis is to analyze the reconfiguration of the codes and conventions of the detective story and to investigate
how Fisher put in evidence the past, the beliefs and values of black Americans, by appropriating and subverting the genre, and define him as a revolutionary writer.

Keywords: Crime fiction, appropriation, subversion, revolutionary writer.

 

Patrícia Helena da Silva Costa

Título: Zip From Zog no Acelera Brasil: uma análise de adequação do livro didático para o ensino de inglês em um programa de aceleração de aprendizagem.

Orientador(a):  Prof. Dr. Rogério Casanovas Tilio.

Páginas: 169

Resumo

A presente dissertação de mestrado tem como objetivo investigar a adequação dos livros didáticos de Inglês Zip From Zog 5A e 5B ao Programa Acelera Brasil. Buscando verificar como os temas do mundo infanto juvenil são construídos por esses livros didáticos, em que medida esse material promove o engajamento dos alunos em sala de aula, assim como a formação dos mesmos como cidadãos ativos na escola e na comunidade, e em que aspectos esses livros didáticos se adequam ao Programa Acelera Brasil, em termos de concepção de ensino-aprendizagem, esta pesquisa adota uma teoria de linguagem de base sistêmico-funcional, uma perspectiva sociointeracionista de ensino-aprendizagem e uma abordagem crítica de discurso. Este trabalho analisa o conteúdo e a organização dos livros didáticos Zip From Zog 5A e 5B, mais especificamente do Livro do Aluno. Ao investigarmos como os temas do mundo infanto juvenil são construídos pelo material, lançamos nossa atenção para os eixos temáticos presentes nas unidades dos volumes 5A e 5B. Ao discutirmos em que medida esses livros didáticos promovem o engajamento dos alunos em sala de aula, o alvo dessa análise passa a ser as atividades existentes no material. No que diz respeito aos aspectos nos quais esses livros didáticos se adequam ao Programa Acelera Brasil, em termos de concepção de ensino-aprendizagem, nos concentramos em analisar a organização das lições, das unidades e dos livros como um todo. A análise do corpus mostrou que esses livros didáticos não são organizados tematicamente. Sendo assim, as unidades não trabalham a linguagem em contextos ou situações específicas e, portanto, não há construção de significados por parte do material. As atividades propostas, em sua maioria, restringem a participação dos alunos em seguir os comandos dos livros e, consequentemente, do professor. Neste sentido, o engajamento dos alunos fica bastante prejudicado, pois a voz dos discentes não possui espaço dentro do processo de ensino-aprendizagem, o que acaba por comprometer a formação destes alunos como cidadão ativos em suas escolas e comunidades. No que diz respeito à organização dos livros didáticos, verificamos que as atividades que ocupam posições iniciais no material são aquelas que enfatizam aspectos formais da Língua Estrangeira alvo, ou seja, vocabulário e gramática. Atividades de caráter construtivo e reflexivo são deixadas para o final do material, acentuando a relevância que a lexicogramática da língua tem para os volumes 5A e 5B. Os resultados da pesquisa apontam para a não adequação dos livros didáticos Zip From Zog 5A e 5B aos objetivos do Programa Acelera Brasil, acarretando, assim, na demanda por um trabalho contextualizado sociohistoricamente, que pense, antes de tudo, nas necessidades de seu publico alvo e no papel dos que participam desse processo como um todo.

Palavras-chave: análise de adequação, livros didáticos de Inglês Zip From Zog 5A e 5B, Programa Acelera Brasil

Abstract 

The purpose of this research is to investigate the suitability of the English coursebooks Zip From Zog 5A and 5B to the Acelera Brasil Program. In order to observe how the themes of the
juvenile world are constructed by these coursebooks, in which extent these material foster students’ participation in the classroom and their role as active citizens at school and in their
community, and in which aspects these coursebooks suit the Acelera Brasil Program, in terms of teaching and learning, this research adopts a systemic-functional approach to language, a
sociointeractionist view of teaching and learning and a critical perspective of discourse. This study analyses the content and organization of the coursebooks Zip From Zog 5A and 5B,
especially the Student’s Book. To investigate how the themes of the juvenile world are constructed by the coursebooks, we focused our attention on the themes of the units of the material. To discuss in which extent these coursebooks encourage students to participate in the classroom, the target of the analysis were the activities of the material. In relation to the aspects in which the coursebooks suit the Acelera Brasil Program, in terms of teaching and learning, we concentrated on analyzing the organization of the lessons, the units and the books as a whole. The analysis showed that the coursebooks are not thematically structured. In doing so, the units of the material do not work with the language in specific contexts or situations. Therefore, there are no meaning constructions in the coursebooks. Most of the activities just allow students to follow their instructions and, as a result, the teacher’s commands. For this reason, students’ participation is diminished, since there is no room for their voice within the teaching and learning process, which is harmful to students’ education as active citizens. Regarding the organization of the material, the initial positions are placed by vocabulary and grammar activities. Constructive and reflexive activities are left to the final sections of the coursebooks, highlighting the importance of the lexicogrammar in the material. The results of this research point that the coursebooks Zip From Zog 5A and 5B do not suit the Acelera Brasil Program, which shows the demands for a sociohistorically contextualized work that prioritizes its target public’s needs and the role of the ones involved in this process.

Keywords: analysis of suitability, English coursebooks Zip From Zog 5A and 5B, Acelera Brasil Program

 

Raquel de Almeida Rodrigues

Título: (Multi)letramentos no material didático de inglês para o ensino médio: Reflexões sobre a elaboração de uma unidade didática.

Orientador(a):  Prof. Dr. Rogério Casanovas Tilio.

Páginas: 163

Resumo

Este estudo busca entender como fomentar (multi)letramentos em atividades pedagógicas no material didático do século XXI para ensino de inglês no ensino médio; como promover letramentos digitais no material impresso; e como propiciar a co-construção de aprendizagem através da participação em rede utilizando letramentos multissemióticos com base nas e com as vozes que estão à margem para a construção de uma sociedade mais humana desafiando o pensamento único. O objetivo de buscar tais entendimentos é o de contribuir para a descoberta de caminhos que oportunizem na escola o desenvolvimento de competências sociodiscursivas desejáveis para a ação no mundo e a transformação social. Para tanto conta com a elaboração de uma atividade didática que visa promover (multi)letramentos através da escolha de temas relevantes, textos autênticos multimodais e tarefas autênticas relacionadas a eles e à realidade sócio-historica-cultural que vivemos na sociedade contemporânea, problematizando algumas questões relativas a formas de descriminação. Esta é uma pesquisa qualitativa e
interpretativista que se afilia a visão sociointeracional de linguagem, pensamento e aprendizagem e à teoria de (multi)letramentos, além de princípios da linguística sistêmico-funcional e da Análise Crítica do Discurso. Os resultados mostram que existem tecnologias que permitem colocar links para vídeos na página de um livro por meio de codificação para visualização por QR code, que é um código de barra 3D, de forma a ser lido por celulares e webcams, assim como mostrar no livro impresso memes compartilhados na Web e trabalhar o gênero de forma a possibilitar a promoção de (multi)letramentos incluindo o digital no material impresso. Foi possível também para desafiar o pensamento único, mostrar pelo menos duas perspectivas sobre um mesmo tema em textos com ideologias opostas em extremos de um contínuo e elaborar tarefas propícias à conscientização sociocultural da linguagem como discurso, à participação
social no debate público sobre questões atualmente relevantes, tal como a construção de identidades e caminhos para uma sociedade mais humana.

Palavras-chave: (multi)letramentos, material didático de inglês para o ensino médio, linguagem como discurso para ação no mundo.

Abstract 

This study aims at understanding forms of fostering (multi)literacies in pedagogical activities in the XXI century learning materials for the teaching of English in high schools; how to promote digital literacies in printed materials; and how to provide opportunities for the co-construction of learning through network participation using multisemiotic literacies rooted on and through the voices of those marginalized for building a more humane society that defies an only perspective and way of thinking. The goal for searching such understandings is to contribute to finding ways to create opportunities for the development of desired sociodiscursive competences for action upon the world and social transformation. Hence, it relies on the production of a
pedagogic unit which targets the promotion of (multi)literacies though the choice of relevant themes, authentic multimodal texts, and authentic tasks related to them as well as to the socio-historical-cultural reality that we live in our contemporary society, problematizing some issues related to forms of discrimination. This is a qualitive interpretive research that is affiliated to a sociointeractional view of language, thinking and learning and to the (multi)literacies theory, besides principles from the systemic-functional linguistics and the critical discourse analysis. The results show that there are technologies that allow for placing hyperlinks to videos on the pages of a book through QR codes, which work similarly to bar codes, for visualization to be read by cellphones or webcams; as well as showing in printed media memes shared on the web and work on its genre so as to promote (multi)literacies including the digital one in printed learning materials. It was also possible to challenge an only perspective and way of thinking by showing at least two different points of view on the same topic in texts with opposing ideologies and design tasks which help develop a sociocultural awareness of language as discourse for the social participation in the public debate related to currently relevant issues such as the construction of identities and the paths for a more humane society.

Keywords: (multi)literacies, earning materials for the teaching of English in high schools, language as discourse for action upon the world.

 

Vítor Vieira Ferreira

Título: O bom lugar, o futuro catastrófico, Ficção Científica e algumas distopias brasileiras

Orientador(a):  Prof. Dr. Luiz Barros Montez

Páginas: 196

Resumo

As narrativas distópicas de Ficção Científica (doravante FC) são um fenômeno literário relativamente recente e seu consumo crescente pode ser notado, aqui no Brasil e em outros
lugares no mundo, sem grandes dificuldades. Esse tipo de literatura nos faz pensar sobre o futuro da humanidade em um mundo em que os conhecimentos científico e tecnológico
progridem em intervalos cada vez mais curtos de tempo. Mas além das reflexões acerca de nossos anseios e temores diante dos tempos vindouros, as obras do gênero também nos
convidam a descobrir o percurso histórico da FC, bem como o diálogo que ela estabeleceu ao longo do tempo com os textos utópicos, cuja tradição foi iniciada formalmente por Thomas
Morus e sua maior obra “A Utopia”. Lançar os olhares ao conceito da utopia é imprescindível para entendermos como o “bom lugar” foi cedendo espaço para o futuro catastrófico que se vê
representado ficcionalmente até os dias de hoje. O presente trabalho é o resultado de uma pesquisa sobre a história e de reflexões conceituais acerca da utopia, da distopia, e sobre o
gênero da FC e sua relação com esses. Apoiado em uma perspectiva teórica que vê a obra literária não encerrada em seus componentes estéticos, mas como uma forma especial de
discurso atravessada indispensavelmente por elementos sociais, políticos, culturais, enfim, históricos, apresentamos ainda uma análise discursiva crítica de “A espingarda” (1966) de
André Carneiro, “Feliz Natal, 20 Bilhões!” (1989) de H. P. Flory e “O trainee” (2010) de Ubiratan Peleteiro.

Palavras-chave: ficção científica, distopia, utopia, análise do discurso.

Abstract 

The dystopic science fiction (SF) is a quite recent literary phenomenal and its consumption can be perceived without difficulty here in Brazil as well in other countries. This type of literature
make us reflect about the future of the humanity in a world where the scientific and technologic knowledge increase ever faster. Besides the reflections concerning our hopes and fears about the coming times, science fiction works invite us to discover the genre’s development through the history, as well as the relationship it has established with the utopian texts and its tradition, initiated with the publication of Thomas More’s masterpiece “Utopia”. Without considering the concept of utopia, one cannot understand the transition from the “good place” to the catastrophic futures which keep being fictionally represented until nowadays. The present study is the result of a research about the history of utopia, dystopia and SF. Its relationship with them is also considered as well as a conceptual discussion about these subjects. Based on a theoretical perspective which consider the literary text not only in terms of its aesthetic value but as a special form of discourse, where the social, politics and cultural aspects play an effective role, we present a critical discoursive analysis of André Carneiro’s “A espingarda” (1966), H. P.
Flory’s “Feliz Natal, 20 Bilhões!” (1989) and Ubiratan Peleteiro’s “O trainee” (2010). 

Keywords: Science fiction, dystopia, utopia, discourse analysis.