dissertações

Defendidas em 2019

Total de dissertações defendidas: 15

Cínthia da Costa Souza Gabriel

Título: O círculo de leitura dialógico no ensino fundamental I

Orientador(a): Prof. Dr. Rogério Casanovas Tilio

Páginas: 177

Resumo

A presente dissertação de mestrado tem como objetivo investigar que ideologias – entre elas, as ideologias linguísticas – alunos(as) do oitavo ano do Ensino Fundamental, de uma escola
pública da cidade do Rio de Janeiro, expressam e/ou mobilizam a respeito do seu processo de ensino-aprendizagem de inglês como língua adicional, e qual a relação que eles(as) estabelecem entre esse processo e o uso do livro didático de língua inglesa. Tais ideologias são construídas por meio de diversas interações sociais, difundidas por sistemas ideológicos formados (VOLÓCHINOV, [1929] 2017) e estão presentes nos mais variados contextos de ensino dos quais professores(as), alunos(as), editores(as) e autores de livro didático fazem parte. Estas ideologias interferem diretamente na maneira em que os(as) educandos(as) pensam e agem sobre sua educação, sobre a língua e a aprendizagem dela. Elas têm grande impacto nas decisões de como usar a língua e na visão que as pessoas possuem sobre as demais que estão ao seu redor, assim como a forma como usam e as escolhas que fazem sobre o uso da língua (IRVINE, 1998; WOOLARD, 1998; KROSKRITY, 2004). O livro didático, de igual forma, não é isento destas ideologias. Cada texto, imagem, atividade presente no livro traz consigo a concepção de linguagem e aprendizagem de seus(as) autores(as). Por este motivo, se faz necessário que professores(as) estejam sempre atentos às escolhas feitas em relação ao livro didático, a fim de
que este esteja de acordo com o contexto em que está inserido(as) e com as necessidades de seus(as) alunos(as). Com o propósito de auxiliar o(a) professor(a) nessa árdua tarefa, esta
pesquisa apresenta os macro-critérios propostos por Tilio (2016), para que estes sirvam como um guia, uma orientação a ser consultada. Com a finalidade de delimitar o corpus deste trabalho, o livro didático escolhido foi o It Fits 8, da editora SM. O livro faz parte do edital de 2017 do Programa Nacional do Livro e do Material Didático, e tem sido usado na escola desde então. A pesquisa coaduna com a perspectiva de considerar o ponto de vista do discente, valorizando suas práticas e seus conhecimentos (RAJAGOPALAN, 2006), em consonância com a
concepção de um processo de ensino-aprendizagem com base em teorias sociointeracionais (VYGOTSKYY, [1978] 1991; TILIO, 2015; 2017). A fim de tornar essa perspectiva real, este
trabalho contou com a participação de oito alunos(as) que, voluntariamente, aceitaram participar do convite feito por mim, a fim de discutir as ideologias que perpassam o seu entendimento sobre o livro didático e seu processo de ensino-aprendizagem. 

Palavras-chave: Alunos(as). Livro didático. Ideologias. Processo de ensino-aprendizagem. Inglês como língua adicional.

Abstract

The purpose of this research is to investigate the ideologies – among them, linguistic ideologies – students from the eighth grade of Elementary School, from a public school in the city of Rio
de Janeiro express and/or mobilize about their teaching-learning process of English as an additional language, as well as the relationship that they established between this process and
the use of the English language textbook. These ideologies are developed through various social interactions, spread through ideological systems formed (VOLÓCHINOV, [1929] 2017) and
they are present in the most varied teaching contexts in which, students, editors and textbook authors do part. These ideologies directly interfere with the way learners think and act on their
education, the language, and learning of it. These ideologies have a great impact on the decisions of how to use the language and the view that people have about the others around them and the way they use and the choices they make about using the language (IRVINE 1998, WOOLARD 1998, KROSKRITY 2004). The textbook, likewise, is not exempt from these ideologies. Each text, image, activity present in the book reveals the conception of language and learning of its authors. For this reason, it is necessary for teachers to be always attentive to the choices made in relation to the textbook, so that it is in accordance with the context in which they are inserted and with the needs of their students. In order to help the teacher in this arduous duty, this research presents the macro-criteria proposed by Tilio (2016), so that they may serve as a guide, an orientation to be consulted. In order to delimit the corpus of this work, the chosen
textbook was It Fits 8, from the SM publishing house. The book is part of the 2017 public notice of the Brazilian National Coursebook and Teaching Material Program, and has been used in
school ever since. The research coadunate with the perspective of considering the student’s point of view, valuing their practices and their knowledge (RAJAGOPALAN, 2006), in
consonance with the conception of a teaching-learning process based on sociointerational theories (VYGOTSKYY, [1978] 1991, TILIO, 2015, 2017). In order to make this perspective
real, this work counts on the participation of eight students who voluntarily accepted to participate in the invitation made by me in order to discuss the ideologies that span their
understanding about the textbook and their teaching- learning process. 

Keywords: Students. Coursebook. Ideologies. Teaching-learning process. English as an additional language.

 

Estela Conceição de Albuquerque

Título: O círculo de leitura dialógico no ensino fundamental I

Orientador(a): Prof. Dr. Marcel Alvaro de Amorim

Co-Orientador: Prof. Dr. Tiago Cavalcante da Silva

Páginas: 98

Resumo

O debate em torno do ensino de literatura na Educação Básica tem sido amplo no Brasil. No contexto atual, muitos professores e professoras têm adotado uma postura de resistência/re-existência desde a aprovação da Base Nacional Curricular Comum (BNCC), em 2017. É neste cenário que proponho o Círculo de Leitura Dialógico, pensado a partir do Círculo de Leitura (COSSON, 2016). É um roteiro didático pensado para um bimestre de trabalho com leitura literária, teoricamente guiado pelo conceito de Dialogismo postulado pelo Círculo de Bakhtin ([1929] 2017), que prevê a participação dos alunos e alunas do 5o ano da I etapa do Ensino Fundamental, desde a seleção de obras a serem estudadas, até a organização, atividades e o momento da avaliação. Visa, na perspectiva do letramento literário, – definido por Cosson e Paulino (2009) como “o processo de apropriação da literatura enquanto construção de sentidos”-, operacionalizar o conceito de enunciado e, deste modo, ser uma sugestão democrática de metodologia. Esta proposta localiza o aprendizado como construção coletiva de sentidos ao lançar mão do protagonismo dos alunos e alunas, e reitera a defesa feita por Magda Soares (2008) tanto da democratização da leitura para o indivíduo quanto da democratização do indivíduo pela
leitura.

Palavras-chave: Letramento literário, Leitura Literária no Ensino Fundamental I, Círculo de Leitura Dialógico, Ensino de Leitura Literária, Literatura Infantil e Juvenil

Abstract

The debate on literary teaching-and-learning in Basic Educationhas been broad in Brazil. Many teachers have adopted a educational practice of resistance / re-existence since the
approval of the National Curricular Common Base (BNCC), in 2017. It is in this scenario that I propose the Dialogic Reading circle of Reading (COSSON, 2016). It is a didactic script designed for a bimonthly work with literary reading, theorecally guided by concept of dialogism postulated by the Circle of Bakhtin (1929] 2017), which foresees the participation of students of the 5th year of the 1st stage of Elementary Education, from the selection of works to be studied, to the organization, activities and the moment of the evaluation. It aims, in the perspective of literary literacy, – defined by Cosson and Paulino (2009) as “the process of appropriation of literature as construction of meanings” -, to operationalize the concept of utterance and, thus, be a democratic suggestion of methodology. This proposal locates learning as a collective construction of meanings by using the protagonism of students, and reiterates the defense made by Magda Soares (2008) both for the democratization of reading for the individual and for the democratization of the individual through reading.

Keywords: Literary Literacy, Literary Reading in Primary Education, Dialogical Reading Circle, Teaching Literary Reading, Children and Youth Literature

 

Fernanda Olívia Lazaro Carvalho

Título: Qual Guy Fawkes? Dialogismo e trajetórias textuais das máscaras de V nos Protestos de Junho de 2013

Orientador(a): Prof. Dr. Marcel Alvaro de Amorim

Páginas: 168

Resumo

Nos movimentos sociais dos anos 2010, as máscaras de Guy Fawkes compuseram um dos adereços mais utilizados na performance de manifestantes de vários cantos do mundo. No
Brasil, as máscaras fizeram parte da estética dos Protestos de Junho de 2013 e foram entextualizadas por grupos dos mais distintos matizes ideológicos. A fim de compreender porque anarquistas, nacionalistas, punks, comunistas e liberais compartilharam o mesmo adereço nas ruas de várias cidades do Brasil, esta Dissertação se propõe a pensar as formas em que estas máscaras foram mobilizadas por distintos grupos sociais. Para isso, parto dos pressupostos do dialogismo e do signo ideológico, descritos pelo Círculo de Bakhtin (BAKHTIN, [1953] 2016; VOLÓCHINOV, [1929] 2017), a fim de elucidar teoricamente a intrincada rede dialógica de produção de sentidos para as máscaras de guy Fawkes. Para a compreensão desta cadeia  discursiva, faço também uso das noções de trajetória textual (BLOMMAERT, 2005), entextualização (BAUMAN & BRIGGS [1990] 2006) e indexicalidade (SILVERSTEIN, [1993] 2010; SILVERSTEIN & URBAN; 1996), que compõem parte importante dos construtos teóricos da Sociolinguística Interacional. Admitindo que os protestos estabeleceram um amplo diálogo entre o conteúdo das mídias e o que era produzido nas ruas, minha análise se volta aos veículos de comunicação online e impresso da mídia brasileira. Neste sentido, esta Dissertação analisa parte da cobertura do jornal Folha de S. Paulo e do Portal G1 sobre o significado das máscaras de Guy Fawkes. A análise abrange também a produção de conteúdo em comentários realizados por leitores, já que, ao dialogarem com a notícia, tornavam-se parte indissociável da interação. Tal diálogo teórico e analítico proposto aqui se sustenta no pressuposto fundamental de que as máscaras assumem cargas valorativas que vão deixando pegadas discursivas de atividade humana. Esta dissertação contribuiu com noção de que as Máscaras de Guy Fawkes estiveram no ápice de instabilidade do signo ideológico e adotaram trajetórias textuais multidirecionais e profundamente bifurcadas. Dentre minhas considerações, assumi que as máscaras de Guy Fawkes foram um importante elo de construção identitária em um momento de alta polarização ideológica.

Palavras-chave: Dialogismo; Trajetória Textual; Máscaras de Guy Fawkes; Protestos de Junho de 2013

Abstract

Guy Fawkes masks made up one of the most used props in the performance of worldwide social movements of 2010s. In Brazil, the masks were part of the aesthetics of 2013 protests and they were entextualized by distint ideological groups. In order to understand why anarchists, nationalists, punks, communists and liberals shared the same prop in the streets of various Brazilian cities, this Dissertation proposes to think about the ways in which these masks were mobilized by different social groups. Therefore, I start from the presuppositions of dialogism and the ideological sign, described by the Bakhtin Circle (BAKHTIN, [1953] 2016; VOLOCHINOV, [1929] 2017) in order to theoretically elucidate the intricate dialogic network of meaning production for Guy Fawkes masks. In order to understand this discursive chain, I also use the notions of textual trajectory (BLOMMAERT, 2005), entextualization (BAUMAN & BRIGGS [1990] 2006) and indexicality (SILVERSTEIN, [1993] 2010; SILVERSTEIN & URBAN, 1996) which make up an important part of the theoretical constructs of Interactional Sociolinguistics. Assuming that 2013 protests had established a broad dialogue between the content of the media and what was produced on the streets, my analysis focuses on the online and printed communication vehicles of the Brazilian media. In this regard, this Dissertation analyzes part of the coverage of Folha de S. Paulo and G1 newspapers about the Guy Fawkes masks. The analysis also covers the production of content in comments made by readers, since they become an inseparable part of the interaction when they dialogue with the news. Such a theoretical and analytical dialogue proposed here is based on the fundamental assumption that Guy Fawkes masks assume ideological values that leave discursive traces of human activity. This dissertation contributed with the notion that Guy Fawkes Masks were at the apex of instability of the ideological sign and adopted multidirectional and deeply bifurcated textual trajectories. Among my considerations, I assumed that Guy Fawkes’ masks were an important link of identity production at a period of high ideological polarization.

Keywords: Dialogism; Textual Trajectories; Guy Fawkes masks; Protests of June 2013

 

Gabrielle Martins Soares

Título: Sob uma visão feminista: os discursos acerca da mulher na adaptação fílmica de Madame Bovary, por Sophie Barthes

Orientador(a): Profa. Dra. Érica Schlude Wels

Páginas: 120

Resumo

Esta dissertação busca analisar a narrativa de Madame Bovary na adaptação fílmica de Sophie Barthes. As teorias da adaptação de Robert Stam (2006) e narratológicas de Gerard
Genette(2006), a partir da visão dialógica de Mikhail Bakthin (1997, 2006, 2016), serão as fontes teóricas para esse texto, questionando todas as frequentes críticas negativas nas
comparações das adaptações de obras literárias no cinema. Além disso, a análise partirá da minha referência feminina e feminista do mundo, com o aporte teórico de Judith Butler (2002,
2017), Simone de Beauvoir (1970), Michel Foucault (2015, 2016), Sigmund Freud (1973 [1910], 2002 [1893]), entre outros, de modo que eu possa ver como o patriarcado se manifestou
literariamente e cinematograficamente. Busco fazer considerações sobre o que ocorre na reconstrução de uma obra literária para o cinema e proponho uma avaliação justa que reconheça
que cada gênero artístico tem suas características próprias e deve ser avaliado como arte individual, com seus próprios méritos.

Palavras-chave: Madame Bovary, adaptação, feminismo.

Abstract

This dissertation seeks to analyze the narrative of Madame Bovary in Sophie Barthes’ film adaptation. Robert Stam’s (2006) theorys of adaptation and Gerard Genette’s narratology, based on the dialogical view of Mikhail Bakthin (1997, 2006, 2016), will be the theoretical sources for this essay, considering all the frequent negative film criticism when comparing a film adaptation to its related literary work. Moreover, the analysis will depart from my feminine and feminist reference of the world, with the theoretical contribution of Judith Butler (2002, 2017), Simone de Beauvoir (1970), Michel Foucault (2015, 2016), Sigmund Freud (1973 [1910], 2002 [1893]), among others, so that I can observe how the patriarchy manifested itself literarily and  cinematographically. I seek to make considerations about what occurs in the reconstruction of a literary work into a Film and I propose a fair evaluation that recognizes that each artistic genre has its own characteristics and should be evaluated as individual art, with its own merits .

Keywords: Madame Bovary, adaptation, feminism.

 

Heraldo Alcântara de Andrade

Título: O homem se olha no espelho: percursos, discursos e performances da vaidade masculina

Orientador(a): Prof. Dr. Rodrigo Borba

Páginas: 120

Resumo

Esta dissertação tem o propósito de discutir o processo performativo e discursivo da vaidade masculina, tendo como parâmetro a masculinidade como uma construção social. Deste modo, em uma conjuntura social que promove novas identidades e rupturas de identidades pensadas como naturais e imutáveis, a figura do homem se (re)inventa, enquanto se adapta a uma  nova realidade. A masculinidade, dentro de um entendimento hegemônico, é construída sobre pilares altamente rígidos e regulados, é composta por atributos sociais que colocam os homens social e economicamente acima das mulheres, em uma posição hierárquica que promove o prestígio e status (BADINTER, 1993). Entretanto, a partir da década de 1960, a masculinidade hegemônica tem sido contestada, discutida e criticada sob diversas formas e em diversos campos teóricos, o que promove uma adaptação no campo social. Portanto, baseado em leituras e teorias que discorrem sobre gênero, masculinidades, consumo, vaidade, identidade e narrativas, proponho, ao analisar as narrativas geradas durante uma entrevista, como a masculinidade é performatizada através da vaidade e dos cuidados pessoais, situada em um contexto pós-moderno.

Palavras-chave: Masculinidades; Vaidade; Identidade Masculina; Contemporaneidade.

Abstract

This dissertation aims to discuss the performative and discursive process of male vanity, with masculinity as a social construction as a parameter. Thus, in a social context that promotes new identities and ruptures of identities thought of as natural and immutable, the figure of man is (re) invented as it adapts itself to a new reality. The hegemonic masculinity, built on highly rigid and regulated pillars, is composed of social attributes that place men socially and economically above women, in a hierarchical position that promotes prestige and status (BADINTER, 1993). However, since the 1960s, male hegemony has been challenged and criticized in various forms and in various theoretical fields, which promotes an adaptation in the social field. Therefore, based on readings and theories that unravel about gender, masculinity, consumption, vanity, identity and narratives, I propose, in analyzing the narratives generated during an interview, how masculinity is performed through vanity and personal care, situated in a post-modern context.

Keywords: Masculinities; Vanity; Male Identity; Contemporaneity.

 

Isaac Silva França

Título: À meia luz do Cabaré, vidas que se entrelaçam: uma leitura do Romance Santa, Federico Gamboa

Orientador(a): Profa. Dra. Luciana Marino do Nascimento.

Páginas: 65

Resumo

Nosso propósito, nesta dissertação, é realizar uma leitura crítica da obra Santa, de Federico Gamboa, tomando como enfoque a temática da cidade, o discurso sobre o urbano e o corpo da
prostituta, bem como verificar como se deu o ordenamento da prostituição no período de transição do século XIX para o século XX, o que se fez presente no discurso dos médicos e
legisladores, por meio do poder disciplinador. Buscaremos ampliar nossa análise acerca do romance, problematizando os investimentos do poder sobre o corpo e o estudo desses discursos.
A análise se deteve no âmbito da literatura, tendo como aporte teórico – Bakhtin/Voloshinov (1979) – Foucault (1988) e – Gamboa (1953). A partir deste estudo, esperamos entender a
construção do corpo da prostituta pelo viés regulamentar, por parte do Estado Mexicano, e por uma literatura que, ambientada no espaço do bordel, colocou em cena complexos vetores que delineavam a constituição deste Estado e da cidade moderna.

Palavras-chave: Cidade; discurso; biopoder; literatura.

Abstract

Our purpose in this dissertation is to perform a critical reading of Federico Gamboa’s Santa, focusing on the theme of the city, the discourse on the urban and the body of the prostitute, as
well as verify how the prostitution was organized in the period of transition from the nineteenth century to the twentieth century, which was present in the discourse of doctors and legislators through disciplinary power. We will seek to broaden our analysis of the novel by problematizing the investments of power over the body and the study of these discourses. The
analysis stopped within the literature, having as a theoretical contribution – Bakhtin / Voloshinov (1979), – Foucault (1988) and – Gamboa (1953). From this study, we hope to understand the construction of the body of the prostitute by the regulatory bias, issued by the Mexican State, and by a literature that, set in the space of the brothel, put on the scene complex vectors that outlined the constitution of this state and the modern city.

Keywords: City; discourse; biopower; literature.

 

José Carlos Motta Martins Junior

Título: O aprendiz de inglês em nível inicial: uma análise da construção da identidade através da inter-relação entre as crenças, as emoções e a autonomia nas interações de
alunos do projeto CLAC INGLÊS -UFRJ.

Orientador(a): Profa. Dra. Christine Siqueira Nicolaides

Páginas: 114

Resumo

A presente dissertação de mestrado pretende investigar diferentes tipos de interação (com foco em aprendiz- aprendiz e aprendiz- pesquisador) em duas turmas em nível inicial do projeto CLAC Inglês – UFRJ. Esse é um estudo qualitativo, de princípio etnográfico e cunho interpretativista. O objetivo desse estudo é discutir como a inter-relação entre as crenças dos participantes acerca do processo de ensino e aprendizagem (BARCELOS, 2001, 2004, 2006, 2015; PERINE, 2012; SILVA, 2007; entre outros), suas emoções (MATURANA, 2001, 2002; BARCELOS, 2015;
SOLOMON, 2004; OXFORD, 2015, entre outros) e perspectivas de autonomia (OXFORD, 2003; HORWITZ; HOLEC, 1981; LITTLE, 2007; entre outros) na construção de suas identidades de
aprendizes de uma língua adicional (NORTON, 2013; ANDERSON, 1991; MISHLER, 2006, GIDDENS, 2002; entre outros). Para o processo de geração de dados, foram escolhidos os  instrumentos: (a) questionário escrito; (b) teste adaptado do BALLI (HORWITZ, 1988); (c) entrevistas semiestruturadas e (d) diário do pesquisador. Os resultados indicam que as inter-
relações entre as crenças e as emoções dos aprendizes de inglês em nível inicial têm papel fundamental na forma como percebem-se enquanto alunos, na forma como agem perante a
aprendizagem e na visão que têm da língua adicional estudada. Indicam ainda que a identidade dos participantes é construída sob influência de fatores da modernidade tardia (GIDDENS, 2002), e que a agência para a tomada da autonomia está ancorada no resultado da inter-relação entre o domínio das emoções e das crenças.

Palavras-chave: Crenças, emoções, autonomia, identidade.

Abstract

The presente master’s dissertation intends to investigate diferente types of interaction (focusing on the learner- learner and learner- researcher ones) in two groups of beginner level from projeto CLAC Inglês – UFRJ. This is a qualitative study, based on etnographic principles and interpretative. The aim of this research is to discuss how the interrelationship between the
participants’ beliefs about teaching and learning (BARCELOS, 2001, 2004, 2006, 2015; PERINE, 2012; SILVA, 2007; among others), their emoticons (MATURANA, 2001, 2002; BARCELOS,
2015; SOLOMON, 2004; OXFORD, 2015, among others) and their perspectives of autonomy (OXFORD, 2003; HORWITZ; HOLEC, 1981; LITTLE, 2007; among others) in the construction
of their identities of an additional language learner (NORTON, 2013; ANDERSON, 1991; MISHLER, 2006, GIDDENS, 2002; among others). The instruments chosen for data generation were (a) written questionnaire; (b) test adapted from BALLI (HORWITZ, 1988); (c) semi-structured interviews and (d) researcher’s journal. Findings show that the interrelationships between learners’ beliefs and emotions in beginner level play a fundamental role in the way they perceive themselves as students, in the way they act before learning and in their view of the additional language they study. Also, findings show that the identity of the participants is constructed under the influence of late modernity (GIDDENS, 2002), and that the agency to being autonomous is anchored in the result of the interrelationship between the domain of emotions and beliefs.

Keywords: Beliefs, emotions, autonomy, identity.

 

Vitor Ferreira Pinto

Título: A canção no livro didático de Português/Literaturas no Ensino Médio: uma abordagem

dialógica das atividades de leitura

Orientador(a):  Profa. Dra. Erica Schlude Wels.

Coorientador(a): Prof. Dr. Marcel Alvaro de Amorim

Páginas: 144

Resumo

Esta Dissertação mira investigar como se intercorre o tratamento dialógico e intertextual da abordagem das músicas (canções) na coleção do livro didático do Ensino Médio aprovada pelo PNLD (2018): Português contemporâneo: diálogo, reflexão e uso, de Willian Cereja, Carolina Vianna e Christiane Damien. Para isso, são elucidadas as visões de literatura e de música construídas nos três volumes da coleção didática, intentando mostrar de que modo a leitura literária, numa abordagem dialógica do discurso, é construída e velada nas atividades que envolvem músicas (canções), principalmente as letras de canções. Como aporte teórico da visão política educacional do/no ensino de literaturas do Ensino Médio, respaldo-me em: Candido ([1988] 2011), Leahy-Dios (2000), Lajolo (1982 e 2000), Cereja (2005), Martins (2006) e Jurado e Rojo (2006). Em relação ao estudo de letramento, respaldo-me nas propostas de: Cosson e Paulino (2009) e Soares (2008). Para a compreensão dos conceitos de música e literatura, baseio-me em Finnegan (2008), Napolitano (2002), Zampronha (2002) e Tinoco e Alexandria (2017).
Também utilizo os seguintes documentos oficiais: PCNEM, PCN+, OCEM, Guia do PNLD 2018 e Edital de Convocação do PNLD 2018. Tendo o dialogismo como princípio constituinte da linguagem, abordo as teorias do Círculo de Bakhtin, segundo: Fiorin (2006) e (2017), Faraco (2009), Renfrew (2017), Bakhtin (2016) e Volóchinov (2017). Esta Dissertação se constrói na Linguística Aplicada de caráter indisciplinar, conforme (MOITA LOPES, 2006), tendo base o paradigma interpretativista e a pesquisa qualitativa, conforme Denzin e Lincoln (2006). Realizo as análises a partir dos princípios da Análise Dialógica do Discurso, de acordo com Sobral e Giaconelli (2016), no sentido de que todo enunciado produzido dialoga com outros enunciados já ditos antes dele. 

Palavras-chave: Ensino de Literatura; Música; Letra de canção; Círculo de Bakhtin; Livro didático.

Abstract 

This dissertation investigated how to exchange the dialogical and intertextual treatment of the approaches of songs in the PNLD High School Textbook Collection (2018): Contemporary Contemporary: Dialogue, Reflection and Use by Willian Cereja, Carolina Vianna and Christiane Damien. To this end, they are elucidated as visions of literature and music built in three volumes of the didactic collection, with the intention of showing how literary reading, in a dialogical approach to discourse, is constructed and veiled in activities involving songs, especially song lyrics. As a theoretical support of the educational political view / there is no teaching of high school literature, included in: Candido ([1988] 2011), Leahy-Dios (2000), Lajolo (1982 and 2000), Cherry (2005), Martins (2006 ) and Jurado and Rojo (2006). Regarding the literature study, published in: Cosson and Paulino (2009) and Soares (2008). For understanding the concepts of music and literature, based on Finnegan (2008), Napolitano (2002), Zampronha (2002) and Tinoco and Alexandria (2017). It also uses the following official documents: PCNEM, PCN +, OCEM, PNLD 2018 Guide and PNLD 2018 Call Notice. With dialogue as the basic principle of language, as Bakhtin Circle theories, according to: Fiorin (2006) and (2017), Faraco (2009), Renfrew (2017), Bakhtin (2016) and Volóchinov (2017). This dissertation is based on the Linguistics Applied to the Undisciplinary Character, as (MOITA LOPES, 2006), based on the interpretative paradigm and a qualitative research, as Denzin and Lincoln (2006). Perform the analysis from of the principles of Dialogic Discourse Analysis, according to Sobral and Giaconelli (2016), meaningless that every utterance produced dialogues with other utterances already spoken before it. 

Keywords: Literature teaching; Song; Song lyrics; Bakhtin Circle; Textbook.

 

Robledo Neves Cabral Filho

Título: À luz dos nossos segredos: por uma revisão da narrativa canônica de saída do armário dialógica das atividades de leitura

Orientador(a):  Prof.a Dr.a Branca Falabella Fabrício

Páginas: 152

Resumo

Os discursos de mais intensa circulação sobre as trajetórias de saída do armário (coming out) tendem a ratificar visões particularmente restritas de linguagem, identidade e sexualidade.
Grosso modo, privilegia-se uma concepção essencialista segundo a qual identidades sexuais são biologicamente sedimentadas, cognitivamente amadurecidas e linguisticamente expressas
(CASS, 1979). Tais modelos também concebem o coming out como um movimento triplo: da ignorância para o conhecimento; de dentro para fora; e do desassossego para o equilíbrio.
Neste trabalho, pautando-me em uma visão performativa (AUSTIN, 1962; DERRIDA, 1988; BUTLER, 1990/2017) de linguagem, identidade e narrativa, realizo um esforço de desestabilização desses paradigmas. Para tanto, analiso narrativas de saída do armário compartilhadas em um fórum virtual direcionado a membros da comunidade LGBTQ. Ao todo, foram analisadas 130 narrativas compartilhadas pelos usuários ao longo do ano de 2017, assim como eventuais comentários. Dedico-me à análise das pistas indexicais (WORTHAM, 2001) construídas nos textos como forma de garantir destaque à natureza indexical da linguagem (SILVERSTEIN, 1976); no mais, busco destacar e discutir as ações escalares (CARR & LEMPERT, 2016) intrínsecas ao fazer semiótico. Os resultados colocam em relevo o modo como narradores e comentaristas desconstroem premissas fundamentais, como a noção de ―orientação sexual‖ ou a presunção de que a vida é melhor fora do armário. Sugiro que, uma vez que qualquer performance discursiva se reporta indexicalmente a significados macrossociais, tais encontros narrativos podem contribuir para a consolidação de compreensões menos restritas de formulação e apreensão da sexualidade humana. 

Palavras-chave: narrativa canônica de saída do armário; fórum virtual; indexicalidade; escalas; sexualidade.

Abstract

Far-reaching discourses regarding coming out processes add to the solidification of particularly narrow perspectives on language, identity and sexuality. On the whole, such discourses espouse an essentialist framework according to which sexual identities are biologically regimented, cognitively developed, and linguistically expressed (CASS, 1979). These models also conceive of coming out as a triple movement: from ignorance to knowledge; from the inside to the outside; and from suffering to well-being. In this work, by drawing on a performative understanding (AUSTIN, 1962; DERRIDA, 1988; BUTLER, 1990/2017) of language, identity and narrative, I call such paradigms into question. To do so, I analyze coming out narratives shared on an online forum whose target audience chiefly comprises members of the LGBTQ community. In total, the corpus comprises 130 narratives shared by members in 2017, as well as occasional comments. The analysis resorts to Wortham‘s (2001) indexical cues as a way of foregrounding the indexical aspects of meaning-making (SILVERSTEIN, 1976); it also scrutinizes the scalar actions (CARR & LEMPERT, 2016) inherent to semiotic practices. Results underscore some of the ways in which storytellers and commentators deconstruct fundamental underlying premises, such as the idea of ̳sexual orientation‘ or the assumption that life is always better outside the closet. I suggest that, since any discursive performance is indexically tied to macro-social meanings, such narrative encounters may help propagate less confined and confining understandings of human sexuality. 

Keywords: canonical coming out narrative; digital forum; indexicality; scales; sexuality.

 

Luana Fontel Souza

Título: Mães na universidade: performances discursivas interseccionais na graduação

Orientador(a): Profa. Dra. Adriana Carvalho Lopes

Páginas: 102

Resumo

Reconhecendo a entrada e permanência de mulheres nas Ciências, em especial as de grupos historicamente silenciados, como uma possibilidade de reencenar modos de produzir  conhecimento hegemonicamente patriarcais, brancos e eurocentrados, este trabalho busca refletir sobre as relações entre maternidade e universidade, considerando aqui essa sujeita denominada “mãe” como uma identidade produzida interseccional e politicamente através dos discursos de gênero. A partir da análise da relação entre mulheres mães graduandas e as políticas organizacionais do espaço universitário, dentre outras cenas, como a doméstica ou a virtual em que estas sujeitas se inscrevem, esta dissertação objetiva demonstrar os discursos que circulam nesses espaços acerca da maternidade bem como perceber as ideologias sobre gênero e linguagem a que se alinham e projetam. Para isso utilizo além da análise linguística as ferramentas interpretativas etnográficas para uma pesquisa via Whatsapp, possibilidades metodológicas que resultam de um campo de estudos da linguagem, a Linguistica Aplicada, que demostra a riqueza de pensar o campo social através de um locus interdisciplinar.

Palavras-chave: maternidade, universidade, interseccionalidade, discurso.

Abstract

Acknowledging women incoming and remaining in science, particularly those from historically silenced groups, as a possibility of reshaping the hegemonically white eurocentered and patriarchal ways of knowledge production, this work aims to reflect on the relationship between motherhood and academy, considering this subject called “mother” as an intersectionally and politically produced identity through gender discourses. From relation analysis between undergraduating women mothers and organizational policies of the university space, among other scenes, such as the domestic or virtual spaces in which these beings enrolled themselves. This dissertation intends to demonstrate which speeches about motherhood circulate in such spaces as well as to understand the ideologies about gender and the language to which they align and project.
For that, I employ linguistic analysis, ethnographic interpretive tools for a WhatsApp research, resulting methodological possibilities from a language studies field and the Applied Linguistics which demonstrates the great value of thinking the social field through a interdisciplinar locus.

Keywords: motherhood, academy, intersectionality, speech.

 

Mariana Roque Lins da Silva

Título: Entre silêncios e vozes em tempos de (in)delicadeza uma proposta de leitura literária dialógica a partir da obra Capitães da Areia

Orientador(a): Prof. Dr. Marcel Alvaro de Amorim.

Páginas: 161

Resumo

Vivemos fissuras, fragmentações e desestabilizações na contemporaneidade. Assim, se o homem apresenta natureza contraditória, heterogênea e fluida, não se pode esperar que verdades essencializadas deem conta de responder às necessidades atuais. Dessa maneira, sendo a literatura uma importante forma de expressão artística, erguendo-se como caminho para o ser humano (re)pensar seu estar-no-mundo, a leitura da obra Capitães da Areia, escrita em 1937 por Jorge Amado, ergue-se como proposta para a construção de um processo de letramento crítico e dialógico, no qual professora e estudantes de uma escola privada de classe média alta, no Rio de Janeiro, encontram espaço para assumir sua atitude ativa-responsiva diante das questões sociais suscitadas pelo livro. Nesse sentido, considerando a palavra e o seu território social – sempre interacional e ideológico, portanto –, a leitura literária prevista pelo presente trabalho visa a ventilar proposições acerca de conceitos do Círculo de Bakhtin, como heteroglossia, ideologia, responsividade e exotopia, no contexto da leitura dialógica e da produção escrita discente. Por isso, no que se refere ao processo de leitura literária da obra amadiana, constata-se que tal atividade oportunizará aos participantes a instauração de consonâncias,
dissonâncias e multissonâncias. Ler e, de algum modo, vivenciar – nas linhas e nas entrelinhas amadianas – a realidade de centenas de crianças e adolescentes que vivem nas ruas pode ser um importante convite para que os estudantes se posicionem, por meio da análise e da produção de discursos, sobre esse tema de grande relevância social. Nessa perspectiva, consoante Bakhtin ([[1920-24] 2010a e [1975] 2010b e [1953] 2011), Moita Lopes (2006) e Volóchinov ([1929] 2017), a desconstrução de verdades pré-concebidas e a responsividade diante das problemáticas sociais das quais trata a obra são estratégias imprescindíveis para a efetiva leitura literária dialógica.

Palavras-chave: leitura literária, dialogismo, heteroglossia, transposição narrativa.

Abstract

The contemporary world is a broken, fragmentated and non-stable one. Thus, if mankind is contradictory, heterogeneous, and fluid in nature, one can’t expect that essentialist truths will be able to respond to society’s current needs. As a result, since literature is an important form of artistic expression, rising itself as a tool for the human being to think his/her state of being-in-the-world, the reading of Capitães da Areia, written in 1937 by Jorge Amado, was proposed as a procedure for the construction of a process of critical and dialogical literacy, in which a teacher and students of a private upper middle class school in Rio de Janeiro find a space to assume their active-responsive attitude towards the social issues raised by the book. In this sense, considering the word and its social territory – therefore always interactional and ideological – the literary reading proposed by the present master thesis aims to ventilate propositions about Bakhtin Circle concepts, such as heteroglossia, ideology, responsiveness and exotopy applied to the dialogic reading and composition in a school context. Therefore, as far as the literary reading process of the work is concerned, it is verified if such activity will allow the participants to establish consonances, dissonances and multissonances. Reading and somehow
experiencing – in the amadian lines and between the lines – the reality of hundreds of children and adolescents living on the streets can be an important invitation for students to position themselves, through the analysis and production of speeches, on this subject of great social relevance. In this perspective, according to Bakhtin ([[1920-24] 2010a and [1975] 2010b and [1953] 2011), Moita Lopes (2006) and Volóchinov ([1929] 2017), the deconstruction of preconceived truths and the responsiveness in face of the social problems that this master thesis deals with are indispensable strategies for an effective literary dialogical reading.

Keywords: literary reading, dialogism, heteroglossia, narrative transposition.

 

Mariana Nunes Monteiro
Título: “Professora, você fala/ensina o inglês americano ou britânico?”: desestabilizando visões essencialistas sobre a “Língua Inglesa” através da elaboração e análise de uma unidade didática sob uma perspectiva glocal

Orientador(a): Prof. Dr. Rogério Casanovas Tilio

Páginas: 136

Resumo

Na contemporaneidade, as misturas linguístico-identitárias tornam-se cada vez mais latentes, dificultando a delimitação de uma língua a uma determinada comunidade. Dessa forma, faz-se necessário pensar em uma linguística das práticas e dos contatos em oposição a uma linguística das comunidades (MOITA LOPES, 2013). O presente estudo, qualitativo interpretativista e de base documental, focaliza, então, a elaboração e análise de uma unidade didática de inglês, que tematiza o construto da língua inglesa sob uma perspectiva glocal (ROBERTSON, 1992), evidenciando os usos criativos que os chamados falantes não nativos fazem dessa língua. Essa unidade foi pensada para turmas de 8o ano de uma escola federal, localizada na Zona Sul da cidade do Rio de Janeiro, onde o setor de inglês vem repensando suas práticas pedagógicas à luz da coexistência do global e do local, em constante “tensão criativa e caótica” (KUMARAVADIVELU, 2006, p. 133). Perceber a língua inglesa partindo de uma perspectiva glocal possibilita pensar para além do imperialismo linguístico, criando inteligibilidades sobre práticas de resistência por parte dos ditos falantes não nativos, que se apropriam dessa língua, construindo novas realidades linguísticas locais. Através da elaboração da unidade, pensada a partir da Pedagogia do letramento sociointeracional crítico (TILIO, 2015b, 2017), almejo promover movimentos de desestabilização acerca do ideal do falante nativo, encorajando os alunos a valorizar suas próprias produções em inglês e se perceber como usuários legítimos dessa língua. É nesse lugar de possível reescritura das realidades e identidades sociais que esta dissertação se insere e, por isso, atrela-se a uma visão socioconstrucionista do discurso (MOITA LOPES, 2002; VOLÓCHINOV, 1929 [2017]), entendendo-o como performance (BUTLER, 1997; PENNYCOOK, 2007b). A fim de alcançar os objetivos propostos, me debruço sobre os seguintes pressupostos teórico-metodológicos: ideologias linguísticas e culturais sobre a língua inglesa e sobre o falante nativo, ingleses glocais, Pedagogia do letramento sociointeracional crítico e materiais didáticos para o ensino de inglês como documentos de identidade. A análise da unidade,
embasada pelos macrocritérios para a análise de livros didáticos (TILIO, 2016), aponta para a possibilidade de se elaborar uma unidade didática de inglês, a partir de uma pedagogia  educacional e crítica, que valorize as performances linguísticas dos educandos e os conscientize do seu papel ativo e transformador dessa língua. Além disso, é possível destacar que este estudo ressalta o papel do professor como elaborador de material, apresentando critérios claros que podem auxiliá-lo a analisar o seu próprio trabalho.

Palavras-chave: ingleses glocais, ideologias linguísticas e culturais, Pedagogia do letramento sociointeracional crítico e documentos de identidade.

Abstract

In the contemporary world, linguistic-identity mixtures become increasingly latent, making it difficult to delimit a language to a specific community. Therefore, it is necessary to think of a linguistics of practices and contacts as opposed to a linguistics of communities (MOITA LOPES, 2013). The present qualitative, interpretative and documental study focuses on the elaboration and analysis of a didactic unit of English, which thematizes the construct of the English language from a glocal perspective (ROBERTSON, 1992), showing the creative uses that the so-called non-native speakers make of it. This unit was designed for 8th graders of a federal school, located in the South Zone of the city of Rio de Janeiro, where the English sector has been rethinking its pedagogical practices in the light of the coexistence of global and local, in constant “creative and chaotic tension” (KUMARAVADIVELU, 2006, p 133). Perceiving English from a glocal perspective makes it possible to think beyond linguistic imperialism, creating intelligibilities about practices of resistance by non-native speakers, who make the English language their own, building new local linguistic realities. Through the elaboration of the unit, based on the Pedagogy of critical sociointerational literacy (TILIO, 2015b, 2017), I aim at promoting destabilization movements regarding the ideal of the native speaker, encouraging students to value their own productions in English and perceive themselves as legitimate users of the language in question. Thus, this dissertation is linked to a socioconstruccionist vision of discourse (MOITA LOPES, 2002; VOLÓCHINOV, 1929 [2017]), understanding it as performance (BUTLER, 1997; PENNYCOOK, 2007b), due to the fact that it claims the possibility of rewriting realities and social identities. In order to achieve the mentioned objectives, I rely on the following theoretical background: linguistic and cultural ideologies about the English language and about the native speaker, Glocal Englishes, Pedagogy of critical sociointerational literacy and teaching materials for teaching English as documents of identity. The analysis of the unit, based on the macrocriteria for the analysis of textbooks (TILIO, 2016), points to the possibility of elaborating a didactic unit of English, based on an educational and critical pedagogy, that values the linguistic performances of students and makes them aware of their active and major role in transforming this language. In addition, it is possible to emphasize that this study highlights the role of teachers as material developers, presenting clear criteria that can help them analyze their own work.

Keywords: Glocal Englishes, linguistic and cultural ideologies, Pedagogy of critical sociointerational literacy and documents of identity.

 

Mariana Guedes Bartolo
Título: Ensino híbrido e ambientes virtuais de aprendizagem com uso da plataforma Moodle: a perspectiva de professores da Faculdade de Letras da UFRJ

Orientador(a): Prof. Dra. Kátia Cristina do Amaral Tavares

Páginas: 97

Resumo

Esta pesquisa busca compreender a perspectiva de professores da Faculdade de Letras da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) sobre a utilização de ambientes virtuais de
aprendizagem (AVA) criados no learning management system (LMS) Moodle para a hibridização da prática pedagógica. Para fundamentá-la, recorro a autores que tratam de temas
como educação a distância (MOORE & KEARSLEY, 2007; GOMES, 2008), ensino híbrido (GARRIDO, 2009; GEBRAN, 2009; BACICHI & MORAN, 2015; MORAN, 2015), AVA (BRASILEIRO FILHO & MACHADO, 2002; MOZZAQUATRO & MEDINA, 2008; DILLENBOURG, SCHNEIDER & SYNTEKA, 2002), LMS (BERKING & GALLAGHER, 2013; OLIVEIRA & MENDES, 2009) e plataforma Moodle (DOUGIAMAS, 2000; CAMPOS, 2006; PEREIRA, SCHMITT & DIAS, 2007; LETRAS2.0/UFRJ, 2014). Como o objetivo é entender a opinião de professores em um contexto específico, conduzo um estudo de caso (YIN, 2010) em que utilizo instrumentos etnográficos – notas de campo, entrevistas presenciais e registros dos conteúdos (atividades e recursos) dos AVAs – para a geração de
dados. Ao longo da análise, organizo tais dados em categorias (BAZELY, 2013) e os relaciono com o arcabouço teórico apresentado previamente. Por fim, comento sobre os resultados obtidos. De modo geral, os participantes avaliam positivamente o uso de AVAs, apesar das dificuldades técnicas. Percebe-se, também, que nem todas as atividades e recursos disponibilizados pelo Moodle são utilizados em razão da falta de tempo que os professores têm para explorar a plataforma.

Palavras-chave: ensino híbrido, ambientes virtuais de  aprendizagem, plataforma Moodle, docência, uso de tecnologias digitais.

Abstract

This research aims to understand the perspective of professors of School of Languages and Literatures (Federal University of Rio de Janeiro) on the use of virtual learning environments
(VLE) created inside the learning management system (LMS) Moodle for the hybridization of pedagogical practice. In order to ground my study, I refer to authors who deal with topics
such as distance education (MOORE & KEARSLEY, 2007; GOMES, 2008), hybrid learning (GARRIDO, 2009; GEBRAN, 2009; BACICHI & MORAN, 2015); VLE (BRASILEIRO FILHO & MACHADO, 2002; MOZZAQUATRO & MEDINA, 2008; DILLENBOURG, SCHNEIDER & SYNTEKA, 2002), LMS (BERKING & GALLAGHER, 2013; OLIVEIRA & MENDES, 2009) and Moodle platform (DOUGIAMAS, 2000; CAMPOS, 2006; PEREIRA, SCHMITT & DIAS, 2007; LETRAS2.0/UFRJ, 2014). Since the objective is to understand professors’ opinions within a specific context, I conduct a case study (YIN, 2010)
in which I use ethnographic instruments – field notes, face-to-face interviews and records of content (activities and resources) of VLEs – to generate data. Throughout the analysis, I organize such data into categories (BAZELY, 2013) and relate them to the theoretical foundations previously presented. Finally, I comment on the results obtained. In general, the participants  evaluated positively the use of VLEs, despite some technical difficulties. It is also noticed that some activities and resources available on Moodle are not often used due to the lack of time professors have to explore the platform.

Keywords: hybrid learning, virtual learning environments, Moodle platform, teaching, use of digital technologies.

 

Manoela Tavares Carvalho da Silva

Título: “Vamos voltar para a matéria?” Ideologia Linguística da Neutralidade no ensino de Língua Portuguesa.

Orientador(a): Profa. Dra. Adriana Carvalho Lopes

Páginas: 99

Resumo

Algumas pedagogias de ensino veem a língua como um objeto circunscrito e limitado ao estudo da gramatica normativa, o que remete a um modelo dominante, linear e descontextualizado de língua e, consequentemente, seu ensino. Em direção oposta, numa discussão sobre ideologias linguísticas, adotamos neste trabalho o pressuposto de que a língua é uma performance situada (em trajetória) social e historicamente. Desta maneira, esta dissertação se estabelece numa relação entre linguagem e educação, com a finalidade de compreender como se dá a mobilização – por professora, alunos e pesquisadora – de ideologias linguísticas em trajetórias de socialização e práticas de letramentos ao longo das aulas de Língua Portuguesa, de uma turma do segundo ano do ensino médio, em uma escola pública federal. Para isso, realizamos uma pesquisa de base etnográfica, tendo como fonte de dados: anotações em um diário de campo e transcrição de uma aula que discutia questões do Enem (2018). Os dados indicaram que o entendimento de língua ultrapassava uma visão de código ou sistema de signos, com
mobilização de ideologias sobre língua no desenvolvimento de reflexões sobre literatura, que ocorriam concomitantes a outras ideologias mobilizadas em debates de cunho político social. No entanto, era manifestada a compreensão que tais debates não faziam parte de uma discussão de Língua Portuguesa, sendo entendidos por vezes como desvios da aula, o que em nossa interpretação indica uma ambivalência em termos de ensino, uma vez que se realizava aulas encarando a língua no contexto de seu uso, mas não numa dimensão política. Considerando que não há produções sociais apolíticas – por exemplo, no cerne das aulas observadas, pode não ser coincidência que nossos cânones da literatura sejam predominantemente homens brancos – uma possível contribuição deste trabalho está na reflexão sobre língua e letramento em uma perspectiva social que envolva uma reflexão sobre texto (dos mais diversos) de forma
articulada com a compreensão de mundo, podendo, no cenário atual, favorecer e situar questões políticas (no sentido da não neutralidade) no ambiente escolar e em aulas de Língua Portuguesa.

Palavras-chave: ideologias linguísticas, letramentos, trajetórias de socialização.

Abstract

Some teaching pedagogies see language as a circumscribed object limited to the study of normative grammar, which refers to a dominant, linear and decontextualized model of language and, consequently, its teaching. In the opposite direction, in a discussion of linguistic ideologies, we adopt in this paper the assumption that language is a socially and historically situated (in trajectory) performance. Thus, this dissertation is established in a relationship between language and education, in order to understand how the mobilization – by teacher, students and researcher – of linguistic ideologies in socialization trajectories and literacy practices throughout Portuguese Language classes. , from a sophomore in high school, at a federal public school. For this, we carried out an ethnographic research, having as source of data: annotations in a field diary and transcription of a class that discussed Enem questions (2018). The data indicated that the understanding of language went beyond a vision of code or sign system, with mobilization of ideologies about language in the development of reflections on literature, which occurred concurrently with other ideologies mobilized in debates of social political nature. However, the understanding was expressed that such debates were not part of a discussion of Portuguese Language, being sometimes understood as deviations from the class, which in our interpretation indicates an ambivalence in terms of teaching, since classes were held facing language in the context of its use, but not in a political dimension. Considering that there are no apolitical social productions – for example, at the heart of the observed classes, it may not be coincidence that our canons of literature are predominantly white men – one possible contribution of this work is in the reflection on language and literacy in a social perspective that involves a reflection on text (of the most diverse) in articulation with the understanding of the world, and may, in the current scenario, favor and situate political issues (in the sense of non- neutrality) in the school environment and in Portuguese language classes. 

Keywords: linguistic ideologies, literacies, socialization trajectories.

 

Norma Sueli da Silva

Título: À luz dos nossos segredos: por uma revisão da narrativa canônica de saída do armário dialógica das atividades de leitura 

Orientador(a): Prof.a Dr.a Luciana Marino do Nascimento.

Páginas: 105

Resumo

A proposta desse trabalho é analisar as obras Um passeio pela cidade do Rio de Janeiro e Memorias da Rua do Ouvidor, de Joaquim Manoel de Macedo, e Senhora, de José de Alencar, identificando como a Rua do Ouvidor foi tratada pelo discurso literário do século XIX. O objetivo é verificar como a Rua do Ouvidor se constrói como metáfora do ingresso das elites brasileiras no mundo do progresso e da Modernidade. Para isso, recorremos às teorias da Linguística Aplicada, com Moita Lopes (2006), da Filosofia da Linguagem com Bakhtin (2006) e Foucault (1999), do Discurso Literário, com Maingueneau (2012), além de outras áreas de estudo, como História, Sociologia, Antropologia e Geografia. Por meio desta pesquisa, foi possível repensar como o Brasil, representado pela cidade do Rio de Janeiro, estabeleceu uma política social de exclusão dos indígenas, em um primeiro momento, e, posteriormente, dos negros, no período pós-escravocrata, acarretando na grande desigualdade social que persiste até o século XXI. Para complementar, a pesquisa de imagens e documentos dos séculos XIX e XXI ajuda a compreender o espaço urbano em que se situa a Rua do Ouvidor.

Palavras-chave: Linguística Aplicada; Literatura; História; Memória; José de Alencar; Joaquim Manoel de Macedo.

Abstract

The proposal of this work is to analyze the novels Um passeio pela cidade do Rio de Janeiro and Memorias da Rua do Ouvidor, by Joaquim Manoel de Macedo, and Senhora, by José de Alencar, identifying how Rua do Ouvidor was treated by literary discourse of the century XIX. The objective is to verify how Rua do Ouvidor is constructed as a metaphor for the entrance of the Brazilian elites into the world of progress and Modernity. To that end, we used Applied Linguistics, with Moita Lopes (2006), the Philosophy of Language with Bakhtin (2006) and Foucault (1999), the Literary Discourse with Maingueneau (2012), as well as other areas of study, such as History, Sociology, Anthropology and Geography. Through this research, it was possible to rethink how Brazil, represented by the city of Rio de Janeiro, established a social policy of exclusion of the natives, at first, and later, of the black people, in the post-slavery period, leading in
the great inequality that persists until the 21st century. To complement, the research of images and documents of the XIX and XXI centuries helps to understand the urban space in which the Rua do Ouvidor is located.

Keywords: Applied Linguistics; Literature; History; Memory; José de Alencar; Joaquim Manoel de Macedo.